Novidades

[News]"Pra Todo Mundo - Comida para 10 bilhões" retorna em tour virtual no Museu do Amanhã

Exposição Principal

Premiada com o Grand Prix de bronze na categoria Exposição temporária e com a marca de mais de 250 mil visitantes, Pratodomundo – Comida para 10 bilhões, que ficou em cartaz no Museu do Amanhã de 12 de abril a 27 de outubro de 2019, volta agora em ambiente online. A iniciativa integra a extensa programação do #museuemcasa, promovida em nossas redes sociais durante a quarentena do coronavírus, e tem o patrocínio do Carrefour
ACESSE O TOUR VIRTUAL -  https://www.museudoamanha.org.br
A exposição parte do desafio de como alimentar 10 bilhões de pessoas, o número estimado da população mundial na década de 2050, com diversidade na produção, respeito ao meio ambiente e qualidade nutricional. Também pretende refletir sobre como devemos enfrentar os desafios das mudanças climáticas, a redução da biodiversidade, extremos como a fome e a obesidade e a distribuição desigual dos alimentos. Na mostra, o público conhece algumas alternativas, como o cultivo em regiões pouco exploradas (tundra, oceanos e desertos), além do consumo de alimentos como algas, insetos e plantas comestíveis não convencionais."

 “Esse é um projeto que dá continuidade à missão de ‘Pratodomundo’ de propor a reflexão sobre como podemos ter uma alimentação com qualidade nutricional, respeito aos limites ambientais da sustentabilidade e também a diversidade de produção. O tour virtual é uma chance de levar esse conteúdo para além do Rio de Janeiro, para o Brasil e pra quem mais tiver interesse nesse conteúdo em português. Ele é um teaser da exposição e também se torna uma ferramenta para que todo Pratodomundo possa gerar interesse de novas instituições em poder receber essa exposição, que já está preparada para itinerância para outros museus, centros culturais e de ciência no Brasil e no mundo”, explica Leo Menezes, gerente de conteúdo do Museu do Amanhã.

A exposição é dividida em cinco grandes áreas: “A cultura do comer”, que vai mostrar como nossos hábitos de alimentação estão se globalizando, com fluxos intensos, enquanto a pressão dos mercados está padronizando certos tipos de alimento, gerando perda de agrobiodiversidade; “Novas fronteiras agrícolas”, que destaca locais alternativos que já produzem alimentos mas que terão de intensificar essa produção; “Tecnologias”, sobre técnicas para aprimorar a genética e os nutrientes dos alimentos e sua maior resiliência às mudanças climáticas; “Saúde e sociedade”, que aborda a qualidade das dietas globais, a importância de se aproveitar os alimentos integralmente e as alternativas no consumo de proteínas, como insetos, fungos e algas; e, por fim, “Comida para o amanhã”, onde  o visitante se torna o protagonista para resolver alguns desafios para a alimentação de um planeta superpopuloso.
 
A exposição Pratodomundo é uma realização do Museu do Amanhã, sob a gestão do Instituto de Desenvolvimento e Gestão. Tem patrocínio do Carrefour e apoio da IBM, ambos por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Apoio de Comida Invisível e Isla Sementes e parceiros de conteúdo a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), Embrapa e Agência France Presse.
Paula Ramagem

Nenhum comentário