Novidades

[News] Neotribais divulga lançamento de videoclipe do primeiro single “Fluxo Frenético”

São Paulo, abril de 2020 - A banda Neotribais faz sua estreia no audiovisual com o videoclipe da música “Fluxo Frenético”, que traz uma versão estendida do seu primeiro single. Com direção de Ygor de Oliveira e roteiro de Felipe Pauluk, o vídeo conduz o imaginário do espectador a um cenário de ficção científica genuinamente brasileiro. “No enredo, lideranças de povos historicamente oprimidos organizam-se em movimentos rebeldes, fundindo tecnologia e sabedoria ancestral a fim de recuperarem a posse de um objeto sagrado e extremamente poderoso,
 extorquido pela classe política dominante anos atrás, a fim de subjugar os povos originais da Terra”, descreve o diretor. 

A narrativa e a estética futurista do videoclipe propõem uma reflexão sobre os impactos do passado colonial em nosso presente. Algumas das indagações possíveis após assistir o vídeo são: como seria o Brasil se as populações indígenas não tivessem sido dizimadas no passado? Como seriam as relações entre avanços tecnológicos, ancestralidade, espiritualidade e cuidado com a natureza? 

Na sociedade retratada na película, há a figura do homem branco em posição de poder enfrentando a resistência dos povos nativos. Embora sejam apresentados à margem da sociedade, os indígenas apresentados como personagens centrais dominam o conhecimento e a tecnologia.

A personagem principal do videoclipe faz parte do clã Dyroá, os filhos da espuma do trovão, e lidera as ações do front de batalha contra quem é realmente o invasor. Por isso, a banda também fez questão de contar com uma atriz indígena no elenco, Kay Sara, nascida na comunidade de Iauaretê, no estado do Amazonas, filha de pais das etnias Tariano e Tukano. “Quando o Ygor (de Oliveira, diretor do clipe) me convidou e falou do meu personagem, fizemos uma criação conjunta para chegar no resultado esperado. Esses artistas
 são maravilhosos e eu só tenho a agradecer”, conta a atriz, que deu vida a Payall na série “Aruanas”, exibida no Globoplay em 2018 e agora, na Globo (reestreia em 28/04).  

Também estão no clipe, com participações igualmente especiais, o ator e rapper Fernando Macário (filmes “Antônia” e “Ensaio sobre a cegueira”), o rapper Toni Baptiste e os atores Ivan Capúa (“Hebe”, “Os Amigos”, “Carandiru” e “Bruna Surfistinha”) e Weslei Soares. 

A data de lançamento do clipe está prevista para o dia 1º de Maio

Sobre a faixa “Fluxo Frenético”

Vale
 lembrar que “Fluxo Frenético” possui um estilo definido pelo grupo como “industribal”, que na descrição do vocalista Bruno Souri, “concilia o tribal e o contemporâneo, resgatando a sabedoria ancestral como forma de lidar com o ritmo da vida moderna e seus percalços”. Um destaque da faixa está na fusão entre a ancestralidade presente no Opanijé, ritmo sagrado da cultura afro, e a textura futurista do Drum‘n’Bass e Trap, que traz um contraste moderno para a faixa.
A letra apresenta uma crítica ao ritmo da vida cotidiana na sociedade moderna, abordando temas como ansiedade, consciência, alienação e liberdade.
A música foi produzida por Dudu Marote, que já trabalhou com muitas bandas de sucesso do cenário nacional, e lançada em 13 de março de 2020.

Sobre os Neotribais

Fundada por Bruno Souri, Gonçalo Santana e Miguel Freitas, Neotribais é uma banda de música popular brasileira que mescla estilos e conta sobre o cotidiano urbano em suas letras. Com referência em todos os gêneros nacionais, o grupo bebe de diversas fontes, utilizando
 a raiz percussiva afro-baiana, com beats eletrônicos e guitarras rock, fazendo a tradição ancestral e indígena comunicar-se com novas linguagens da música contemporânea, imprimindo assim uma nova identidade rítmica para a contracultura brasileira


Nenhum comentário