02 novembro 2018

[Resenha] Princesa das Cinzas

Sinopse: A jovem Theodosia tem seu destino alterado para sempre depois que seu país é invadido e sua mãe, a Rainha do Fogo, assassinada. Aos 6 anos, a princesa de Astrea perde tudo, inclusive o próprio nome, e passa a ser conhecida como Princesa das Cinzas.
A coroa de cinzas que o kaiser que governa seu povo a obriga a usar torna-se um cruel lembrete de que seu reino será sempre uma sombra daquilo que foi um dia. Para sobreviver a essa nova realidade, sua única opção é enterrar fundo sua antiga identidade e seus sentimentos.
Agora, aos 16 anos, Theo vive como prisioneira, sofrendo abusos e humilhações. Até que um dia é forçada pelo kaiser a fazer o impensável. Com sangue nas mãos, sem pátria e sem ter a quem recorrer, ela percebe que apenas sobreviver não é mais suficiente.
Mas a princesa tem uma arma: sua mente é mais afiada que qualquer espada. E o poder nem sempre é conquistado no campo de batalha.

O que eu achei?
Theodosia é uma princesa, mas ela está longe de viver algo perto de um cont de fadas. Sua vida estava destinada a ser uma grande rainha do trono de Astrea, porém , há anos atrás o reino foi invadido por um grupo de bárbaros e sua mãe, a Rainha do Fogo é assassinada. 

Com o trono usurpado, o novo kaiser não se contenta em apenas retirar tudo o que era de Theodosia por herança, mas também vai tornar sua vida um inferno, a tornando uma refém desse reino e  usando qualquer oportunidade para humilhar a jovem e uma das mais marcantes é fazê-la usar uma coroa feita de cinzas em ocasiões especiais, como bailes e etc. Visto que ao decorrer do dia a coroa tende a se dissolver com isso deixá-la toda suja e torná-la ainda mais motivo de chacota. 

Certo dia seus dias vão mudar, pois o kaiser a força a cometer algo muito bárbaro e que vai mudar muita coisa em sua concepção de vida. Como um marco para tudo o que ela sofreu, ela vai perceber que não há mais como viver sendo apenas uma sobrevivente do seu outrora reino e que agora ela vai ter que explorar seus pontos fortes para encontrar de vez a sua liberdade.

O livro é narrado em primeira pessoa e então veremos os pensamentos de Theodosia - agora sendo chamada de Thora - e ela carrega muitos traumas, desde o próprio assassinato de sua mãe, como outras situações que serão apresentadas no livro que vão ocupar um espaço em seu psicológico e é de fato um pouco pesado vÊ-la tendo que lidar com isso tudo. 

A história é uma trilogia, sua sequencia já saiu nos Estados Unidos e ao final desse livro você ficará bem ansioso para o que vai acontecer no próximo. A autora Lauren Sebastian consegue trabalhar muito bem seu desenvolvimento, a leitura é muito fluida e embora a história não tenha nada de surpreendente no gênero, a personalidade de Theo é um tanto peculiar, pois de fato ela tem o seu lado bem sofrida Sansa Stark, mas também ela tomas algumas decisões que você fica furioso com a mesma e foi um bom aspecto do livro dar uma surpreendida nesse ponto.

Princesa das Cinzas já está disponível nas melhores livrarias,e  eu recomendo que você dê uma conferida nessa história se você curte outras nessa mesma pegada. 

Por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário