29 outubro 2018

[News] Festival Domingos clássicos-atração do dia 4 de novembro


O Rio de Janeiro recebe desde setembro até dezembro o Festival Domingos Clássicos, que reúne, na Sala Baden Powell – Casa da Bossa, em Copacabana, uma sequência de 16 espetáculos de música clássica com intérpretes, artistas de diferentes orientações musicais e com diferentes organizações instrumentais e/ou vocais. O Festival, com a pianista Fernanda Chaves Canaud, é um espaço aberto para novos compositores contemporâneos, bem como para grupos de câmera nacionais e estrangeiros, orquestras, coros, minióperas e solistas da música de concerto, sempre com cunho didático e de formação de plateia para todas as idades. A iniciativa é apresentada pelo Ministério da Cultura e Instituto CCR, por meio da Lei Rouanet.
Os concertos semanais nas tardes de domingo têm como objetivo proporcionar uma experiência ímpar para o público, que nem sempre conta com possibilidade de acesso à música clássica tocada ao vivo. E a oportunidade de um contato estreito com os músicos.
No domingo dia 4, às 15h, a apresentação será do Quinteto Lorenzo Fernandez que tem como principal missão apresentar música brasileira para quinteto de sopros. Formado pelos jovens músicos Rômulo José (flauta); Juliana Bravim (oboé); César Bonan (clarineta); Alessandro Jeremias (trompa) e Jeferson Souza (fagote), o quinteto acumula prêmios importantes, como o Festival de Música Rádios MEC e Nacional (2016).
O Quinteto de Sopros Lorenzo Fernandez se formou em 2011 e tem como principal objetivo apresentar música brasileira para quinteto de sopros, sempre com humor e virtuosismo, celebrando assim ‘carioquices’de todos os tempos e dos mais jovens, como Azael Neto e Rodrigo Marconi. Os dois compuseram peças especialmente para o grupo, à tradição de Lorenzo Fernandez, patrono do quinteto. Com Rômulo José (flauta); a niteroiense Juliana Bravim (oboé); César Bonan (clarineta); Alessandro Jeremias (trompa) e Jeferson Souza (fagote),  o quinteto de sopros já acumula prêmios importantes, como o Festival de Música Rádios MEC e Nacional (2016), como “Melhor Intérprete Música Instrumental” com a “Maxixando na Pracinha” e concorre novamente neste ano; Grupo Revelação Rádio MEC FM Sala de Concerto de Gala (2013); segundo lugar no II Concurso de Música de Câmara do V Furnas Geração Musical e 50° Festival Villa-Lobos, ambos em 2012, entre outros prêmios. No currículo: o CD  “Música Carioca de Concerto – Quintetos de Sopro”, que reúne obras de Ricardo Tacuchian, Thiago Sias, Rudi Garrido, Azael Neto, Rodrigo Marconi e Sergio Roberto de Oliveira.

REPERTÓRIO:

Melodia Sentimental - Heitor Villa-Lobos 3'30''

Serenata a cinco - Edino Krieger 8'

Suíte Hermética - Liduino Pitombeira 12'

Fantasia Asa Branca - Antonio Rocha

Mestre Pixinga - Antonio Rocha

Três Impressões Afro-Brasileiras -  Edmundo Villani-Cortes

Pedacinho do Céu - Waldir Azevedo (Arr. Mestre Duda) 3'45''

Odeon - Ernesto Nazareth (Arr. Isaias Ferreira) 3'

Valsa de Uma Cidade/Conversa de Botequim - Noel Rosa, Antonio Maria e Ismael Silva (Arr. Isaias Ferreira) 5'

Viola Fora de Moda - Edu Lobo e Capinam (Arr. Isaias Ferreira) 4'

A Sala Baden Powell, onde acontece o Festival, disponibiliza a venda antecipada dos ingressos a preços populares (20% ingressos para o público em geral) e cobra valores convidativos na bilheteria da sala (50% dos ingressos por meio da bilheteria do teatro).

Acessibilidade
Quanto à acessibilidade física, a sala Baden Powell dispõe de elevador de acesso do 1º piso à sala e atende aos critérios de acessibilidade para facilitação de livre acesso a cadeirantes e pessoas idosas, oriundos de programas especiais de incentivo à cultura.

Democratização de Acesso

Para fins de formação de plateia aos alunos de escolas públicas de música e de Ongs parceiras da sala Baden Powell, será feita a divulgação dos concertos para o público interessado, na imprensa e nas mídias sociais, além de articular com as escolas de música para disponibilização de, no mínimo, 5% dos ingressos para seus alunos, em caso de lotação de sala. De acordo com a IN no.5 art 20 do MINC, acontecerá a distribuição gratuita dos ingressos para os alunos de escolas públicas de música e para ONGs locais para os assentos vagos e restantes, até 10 minutos antes da apresentação, mediante comprovação.

Sobre o Instituto CCR: O Instituto CCR, uma entidade privada sem fins lucrativos, nasceu em 2014 com o objetivo de estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pelo Grupo CCR. Por meio do Instituto CCR são viabilizados projetos, com recursos próprios da companhia e oriundos de leis de incentivo, com foco prioritário em quatro áreas: Saúde e Qualidade de Vida; Educação e Cidadania; Cultura e Esporte; Meio Ambiente e Segurança Viária. Comprometido com o desenvolvimento sustentável, socioeconômico e cultural nas regiões onde atua, o Grupo CCR se orgulha de ter levado mais de 500 projetos para 130 cidades que, desde 2003, já beneficiaram cerca de 8 milhões de pessoas com investimentos de R$ 261 milhões em projetos estruturados.

Serviço: 
Festival Domingos Clássicos

Quinteto de Sopros Lorenzo Fernandez

Sala Baden Powell

Av. Nossa Sra. de Copacabana, 360 - Copacabana, Rio de Janeiro

Data
Domingo, 4 de novembro, às 15h
Ingressos
R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)
Classificação
Livre


Nenhum comentário

Postar um comentário