Novidades

[Crítica] O Charlatão

 

Sinopse:

 A vida de Jan Mikolášek, um curandeiro tcheco conhecido e bem-sucedido, que diagnosticou e curou pessoas usando sua intuição e sua familiaridade com as plantas. Seus remédios e prescrições, embora principalmente à base de plantas, incluíam mudanças no estilo de vida e na dieta alimentar. Ele curou não apenas pessoas pobres das aldeias, mas também muitas pessoas conhecidas, incluindo o presidente da Checoslováquia, Antonin Zápotocký. Os métodos de diagnóstico e cura notórios de Mikolášek chamaram a atenção do regime comunista tcheco. Ele foi finalmente preso depois que estricnina foi encontrada nos corpos de dois homens que ele havia tratado. DESTAQUE NA PROGRAMAÇÃO DA 44ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA DE SÃO PAULO


                           O quê eu achei?

À essa altura do campeonato,todo mundos sabe que curto filmes fora do circuito mainstream e se forem em uma língua não tão comum, melhor ainda! Quando soube desse filme tcheco, sabia que precisava conferir.

Nunca tinha ouvido falar do Jan Mikolášek mas ele realmente existiufoi um fitoterapeuta e herbarista conhecido na Tchecoslováquia(o país que teve o território dividido nas atuais República Tcheca e Eslováquia)por suas habilidades de diagnosticar e curar.Apenas olhando uma amostra de urina ele conseguia identificar o que estava de errado com cada paciente.Alguns alegavam que ele era uma farsa e o chamavam de charlatão mas no filme ele é retratado como um homem bondoso que só queria ajudar os outros.

Os maiores empecilhos na vida de Mikolášek eram o regime fascista e o fato de ter que esconder que era gay.O filme da diretora polonesa Agnieszka Holland (da versão dos anos 90 de O Jardim Secreto) baseia-se em suposições como o fato de que ele mantinha um relacionamento secreto com seu assistente Frantisek Palko.

No início ele recebia apoio do governo mas quando a Gestapo entra em cena,Mikolášek tem que fugir mas acaba sendo julgado quando é encontrado traços de estricnina em dois de seus pacientes.

Sob o meu ponto de vista, não ficou claro qual realmente era a índole de Mikolášek: no início do filme,presenciamos ele cometendo algo terrível-pequeno spoiler: em sua juventude,ele mata um saco contendo gatinhos recém-nascidos a pancadas-e depois o vemos anos depois ajudando pessoas sem cobrar.

Eu não duvido do poder medicinal de plantas e ervas.já experimentei alguns remédios feitos de métodos naturais mas duvido que seja possível diagnosticar uma doença ou condição apenas olhando uma amostra da urina.Nós estamos passando por uma época de negacionismo científico e o filme aparenta apoiar métodos não comprovados.Fiquei me indagando:será que Jan seria um coach quântico se vivesse na atualidade?

Não chega a ser fraco mas é importante que essas questões sejam levantadas.No final é mostrado o julgamento e o que aconteceu com ele.

                       Trailer:





Nenhum comentário