Novidades

[News]Nallua apresenta o novo single E Aí, Cê Volta?

Nallua apresenta o novo single E Aí, Cê Volta?

A inédita chega nesta quarta-feira, 31, em todas as plataformas digitais 



Uma das duplas que vem ganhando destaque no rap acústico, Nallua – formada por Larissa e Luna, acaba de anunciar a chegada do novo trabalho E Aí, Cê Volta?. A canção chega nesta quarta-feira, 31, em todas as plataformas digitais juntamente com um clipe que estará disponível no canal oficial da dupla, no YouTube.  

Misturando as batidas do rap acústico com os elementos do pop, E Aí, Cê Volta? fala sobre saudades, amor e a ida da pessoa amada, mas que no fim, dá tudo certo. Composição de Larissa Mesquita, a música traz na letra a decisão de deixar o amor ir, e o vazio deixado, assim como algumas promessas, como diz no trecho. “Te prometi o mundo, e te levar daqui, mas eu te deixo ir, mas eu te quero aqui”.  

O novo trabalho também contará com um clipe. O vídeo foi gravado em Teresina (PI), cidade onde a dupla reside, e mostra cenas bem intimistas, em casa, e até mesmo no banho, momentos que representam fielmente a dor da ausência, mas com a volta da pessoa ideal, depois de um abraço verdadeiro, tudo fica bem.  

Faça a pré-save pelo link:  
https://ps.onerpm.com/eaicevolta


Saiba mais sobre Nallua: 

Nallua: Dupla formada por Luna e Larissa é a nova aposta do rap acústico 

Luna e Larissa são as novas vozes do rap acústico. A dupla que reside em Teresina, PI, vem ganhando destaque em diversas regiões do Brasil com o jeito leve que elas levam nas canções.  

A história oficial de “Nallua” tem um pouco mais de seis meses, mas antes de Luna e Larissa virarem parceiras de palco, o destino fez o caminho das duas se cruzarem quando Larissa ainda fazia parte de um duo em Teresina. Nessa época, a jovem que estava construindo uma base de carreira recebeu Luna para uma gravação, e desde então, não tiveram mais contato.  

Tempos depois, quando o duo já tinha declarado que não iria mais continuar, o destino uniu o caminho das duas novamente. Um dia em uma roda de amigos, Luna e Larissa se reencontraram e entraram em uma brincadeira de fazer um dueto, os amigos gostaram bastante do que viram e presenciaram, que logo apoiaram a ideia das duas formarem uma dupla e ganhar o mundo.  

Larissa que tinha acabado de sair de uma banda, estava meio receosa para dar esse primeiro passo, mas a artista logo viu uma nova oportunidade de seguir fazendo o que ama e aceitou a parceria com Luna.  

As amigas precisavam de um nome para a dupla, e como sempre mantendo o jeito leve com o trabalho, Larissa comentou, “Vamos cantar na lua” – referindo-se em uma apresentação livre, embaixo do céu, e imediatamente Luna repetiu a seguinte frase “Nallua”, gostando de como soou. Então assim nasceu o nome da dupla.  

“Preta”, composição de Larissa, foi o primeiro trabalho oficialmente lançado por “Nallua”. O single além de marcar esse primeiro passo da dupla, ganhou destaque no mercado musical, atualmente a canção soma mais de 30 mil reproduções em apenas uma plataforma de streaming (spotify). No YouTube, a faixa conta com uma produção visual conceitual que pode ser conferido no canal oficial da dupla.  

O segundo trabalho lançado por Larissa e Luna foi “Feito Braille” que está disponível em uma versão acústica, seguido por “Te Prometo Feliz” que veio na pandemia como uma súplica por dias melhores.  

“Te Prometo Feliz” é uma faixa que também é assinada por Larissa, essa música nasceu como uma forma de expressar todo sentimento que a cantora estava passando e sentindo, e em um dos trechos é possível ver o apelo da compositora para que o mundo volte ao normal e de que o sol volte a brilhar.  

Com todos esses trabalhos, é possível notar a autenticidade e a singularidade que “Nallua” oferece para o público e com isso, a dupla considera transitar entre os seguintes gêneros: rap acústico, RNB, TRAP com rap e rap.  

Para 2021 os projetos são vários, a dupla garante que tem muita coisa boa chegando. “Estamos desembarcando em São Paulo e vamos começar o período de gravações e preparações para o lançamento de três singles”, confessaram as artistas. “Vamos gravar nossos clipes e em breve, assim que acalmar a pandemia, queremos iniciar nossa turnê”, completou Larissa.  

Sobre as integrantes 

Luna 


Luna de Castro Rêgo Kronenberer Soares, mais conhecida apenas como Luna, nasceu no mês de março do ano 2000, em Teresina, Piauí, é uma das primeiras da família a seguir no mercado musical.  

Filha de Simone Rêgo (arquiteta) e de Alcide Soares (apresentador de TV), Luna teve o primeiro contato com a vida musical aos nove anos de idade, quando ganhou o primeiro violão. De forma curiosa, a pequena começou a pesquisar na internet meios para aprender a manusear o novo instrumento, e com a ajuda de um primo, os primeiros acordes começaram a ganhar vida.  

Depois desse presente, a música virou paixão, e consequentemente, dentro de si as emoções pulsavam de uma forma tão intensa que a jovem sempre dizia que se cantar não virasse profissão, Luna sempre levaria a música para a vida como hobby.  

Como acontece com grande parte dos músicos, as primeiras plateias sempre são as famílias, e no caso de Luna não foi diferente, os pais e irmãos sempre incentivavam e admiravam o talento da jovem que mesmo com muita vocação, era muito tímida e adorava usar o banheiro como estúdio para soltar a voz.  

Em 2018, em uma gincana escolar, Luna se apresentou pela primeira vez para um público maior, o resultado foi tão positivo que os que estavam presentes se impressionaram e o número e conquistou o prêmio da festa. Depois desse evento, Luna foi convidada para o show de um amigo e tempos depois já estava nos palcos como integrante de “Nallua”.  

Compor também é uma das paixões de Luna. A dupla de Larissa, já chegou a escrever várias histórias próprias e até mesmo de um amor na época da escola, mas não chegou a publicar por não se identificar com o estilo. 

Cynthia Luz, Budah, Xamã, Orochi, Hyperanhas, Papatinho e Haikaiss são os artistas que mais inspiram Luna para trazer ideias inovadoras para “Nallua”.  

Larissa

Larissa Mesquita da Silva, ou simplesmente Larissa, como os fãs e amigos costumam chamar, nasceu na cidade de São Mateus, Maranhão, em 1997. 

Herdando a música na alma, Larissa teve o primeiro contato com a música logo aos três anos de idade, ao cantar para o público da igreja na cidade onde morava. Após a apresentação, a mãe Zilza, que já tinha conhecimento musical e tocava teclado, teve a ideia de colocar a Larissa e os irmãos em uma escola de música e torná-los mais preparados.  

A família rapidamente virou uma banda que assumiu por um bom tempo o musical da igreja onde frequentava, no Maranhão, e nos tempos livres, Larissa e os irmãos se apresentavam em aniversários e eventos religiosos.  

Aos 13 anos, Larissa já dominava diversos instrumentos e nos shows, já ousava em tocar de forma profissional. “Eu tocava um contrabaixo maior que eu, e isso fazia com que as pessoas ficassem admiradas”, se diverte a artista.  

Compor também é uma arte que Larissa domina com excelência e com amor, e com a intimidade em escrever o que sente e o que está passando, a artista é a compositora oficial do “Nallua”. “As cinco músicas lançadas em todas as plataformas são de autoria minha e essas faixas dizem muito sobre o que estamos passando, mas compor é isso, é expressar os seus sentimentos com amor”, completa a dupla de Luna.  

Estudante do nono ano de Arquitetura e Urbanismo, o maior sonho de Larissa é formar no curso escolhido por paixão, mas trilhar os caminhos do sucesso com a música.  

Acompanhe “Nallua” nas redes sociais 

Instagram: @nalluaoficial
YouTube: NalluaOficial

PR/Daya

Nenhum comentário