Novidades

[News] Biquíni Cavadão inova ao unir setor de entretenimento e hoteleiro em show em Fortaleza.


O Biquíni Cavadão realizou seu primeiro show após quase seis meses de quarentena. Durante este período, Bruno Gouveia deu entrevistas, leu seu livro para os fãs, Coelho tocou algumas músicas ao vivo, mas a banda não se reuniu para lives. Esperaram o nascimento do filho de Bruno, Leonardo, no fim de julho, para retornarem aos palcos`.

A cidade escolhida para esta volta foi Fortaleza. A capital cearense, palco de seu primeiro DVD há quinze anos, os recebeu para um projeto-conceito inovador. Unindo diversão e segurança, o hotel Marina Park tornou os quartos em camarotes para o projeto “Marina Al Mare”. Com um palco flutuante, ancorado na marina do hotel, imagens transmitidas em telões e no sistema interno de TV, o Biquíni, precisamente às 21h, retomou sua tournée Ilustre Guerreiro, com sucessos da banda e homenagens a Herbert Vianna, num show cantado do início ao fim, por todos que assistiram das janelas do hotel.

O conceito de um show como este cai como uma luva no reaquecimento de dois setores profundamente prejudicados pela pandemia: o de entretenimento e o hoteleiro. Os quartos, com ocupação entre duas a seis pessoas, serviram como opção de uma experiência única, aliando a qualidade de um hotel cinco estrelas e espetáculos artísticos especiais. O grupo Cidade de Comunicação, responsável pelo projeto Marina Al Mare, abriu um novo viés para artistas, hotéis e o próprio público.

Este projeto pioneiro oferece uma nova perspectiva para diversos hotéis, resorts e spas, bem como artistas e bandas. O Biquíni Cavadão, sempre pioneiro em seus projetos, abraçou o Marina Al Mare com um show impecável, oferecendo a todos diversão, conforto, qualidade sonora e distanciamento social na medida certa.

Que este projeto seja o primeiro de muitos. São mais de 15 mil hotéis espalhados pelo Brasil, muitos com um padrão arquitetônico compatível com este projeto. Como diz a letra de Vou Te Levar Comigo, do próprio Biquíni Cavadão, “Tanta coisa nos espera, me espera na janela…” 
 
 
 

Nenhum comentário