Novidades

[News]Dando sequencia aos lançamentos celebrativos dos 250 anos de nascimento de Beethoven, JS O Mão de Ouro, estreia novo remix

CLIQUE E OUÇA AGORA "9ª SINFONIA DE BEETHOVEN (REMIX)"!

 https://lnk.to/9SinfoniaDeBeethovenRemix

 

DANDO SEQUÊNCIA AOS LANÇAMENTOS CELEBRATIVOS DOS 250 ANOS DE NASCIMENTO DE BEETHOVEN, JS O MÃO DE OURO ESTREIA NOVO REMIX
 
Seguindo a trilha de sucesso com a repercussão do mashup da “5ª Sinfonia”, pernambucano libera, em todas as plataformas digitais, remix inédito para a “9ª Sinfonia”

 

 

Depois de estrear o remix inédito da “5ª Sinfonia” de BeethovenJS O Mão de Ouro segue a trilha de homenagens ao compositor alemão com o lançamento de mais uma versão brega funk, agora da “9ª Sinfonia”. A nova faixa, que tem como objetivo levar a música clássica para o novo público, ouvintes mais jovens e populares, faz parte das comemorações da Warner Music Brasil aos 250 anos de Ludwing van Beethoven (1770-1827), data celebrada em 2020 com inúmeros lançamentos, festivais e concertos – mesmo que, por ora, à distância, em respeito ao isolamento social, devido à pandemia do COVID-19.
 
Considerado um dos pilares da música ocidental, pelo incontestável desenvolvimento, tanto da linguaguem, como do conteúdo musical demostrado nas obras publicadas, Beethoven, com atuação no período de transição entre o Classicismo (século XVIII) e Romantismo (século XIX), permanece como um dos compositores mais respeitados e influentes de todos os tempos. A obra mais renomada do alemão são as “9 Sinfonias”, dentre elas, a “5ª e 9ª Sinfonias” foram retratadas em inúmeros filmes e anúnicos publicitários. “Minha Amada Imortal”, longametragem de ficcção, lançado em 1994, retrata a vida do compositor, que fez e publicou grande parte da sua obra completamente surto.
 
Trazendo modernidade, atualidade e jovialidade às mais celebradas obras do compositor, “5ª e 9ª Sinfonias”, Jhonatan Ramos dos Santos, poupularmente conhecido como JS O Mão de Ouro, inova nos remixes feitos especialmente para esta celebração. Nascido no bairro Jardim Paulista Baixo, em Pernambuco, Recife, o artista autodidata começou a brincar de produzir em casa, juntando alguns sons do quintal, vozes dos amigos do colégio, latidos de cachorro e até o barulho estridente da panela da avó. Levava o laptop para a escola para soltar as batidas que fazia e os amigos rimarem por cima. A brincadeira virou trabalho, e JS passou a produzir MCs da região, iniciando um movimento local que culminaria no famoso brega funk de hoje. O DJ e produtor musical, que coloca o som da panela da avó em todas as músicas que produz (“Sentadão”, “Hit Contagiante”, “Surtada” e “Tudo OK”, para citar algumas), criou um novo gênero e um novo jeito de dançar. Assim, tornou-se o JS O Mão de Ouro.

 

Nenhum comentário