Novidades

[News] Pianista Nelson Freire é tema de documentário de João Moreira Salles

A trajetória de um menino-prodígio do interior de Minas Gerais que se tornou um dos maiores pianistas do mundo é retratada no documentário de longa-metragem que leva o seu nome: “Nelson Freire”. A rotina do artista em concertos e recitais é acompanhada de perto pela equipe de filmagem, e o resultado deste trabalho, sob direção de João Moreira Salles, poderá ser visto no Curta!. 

O documentário fragmenta a narrativa em uma linha do tempo contínua entre a infância, os primeiros contatos com o piano e a maturidade de Nelson. O diretor abriu mão dos clássicos depoimentos de familiares, críticos e especialistas, que poderiam falar sobre o artista. A exceção está na presença de Martha Argerich, renomada pianista argentina e amiga de Nelson há mais de 40 anos.

Ao aproximar-se do protagonista, o filme revela seu temperamento introspectivo e sua notável capacidade criativa. “Nelson Freire” foi filmado no Rio de Janeiro, em São Paulo, na França, na Bélgica e na Rússia, entre maio de 2000 e agosto de 2001. A exibição é na Segunda da Música, 06/07, às 22h.

‘O Sal da Terra' narra a trajetória do fotógrafo Sebastião Salgado

O documentário franco-ítalo-brasileiro “O Sal da Terra” é uma obra dos diretores Wim Wenders e Juliano Salgado sobre a vida e a carreira do fotógrafo mineiro Sebastião Salgado. A abordagem de Wenders, cineasta consagrado, mescla-se com o olhar afetivo de Juliano, filho de Sebastião, diante do desafio de retratar o renomado fotógrafo e contar a sua história.  

O filme retoma os primeiros trabalhos de Sebastião em Serra Pelada, além de seus registros da miséria na África e no Nordeste do Brasil. Também fala do que é considerada a obra-prima do fotógrafo, o livro “Gênesis”, composto por mais de 500 páginas com imagens da natureza em diversas tonalidades de preto e branco.  A exibição é na Terça das Artes, 07/07, às 22h.

Segunda da Música – 06/07

22h – "Nelson Freire” (Documentário)

Documentário de longa-metragem sobre a vida do pianista brasileiro Nelson Freire, com direção de João Moreira Salles. O filme acompanha a rotina de Nelson em concertos ou recitais, desde o primeiro contato com o piano até a recepção dos admiradores no camarim. Duração: 107 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 07 de julho, terça-feira, às 02h e às 16h; 08 de julho, quarta-feira, às 10h; 11 de julho, sábado, às 13h30; 12 de julho, domingo, às 22h.


Terça das Artes – 07/07

22h – "O Sal da Terra” (Documentário) 

Conheça a trajetória do renomado fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, desde seus primeiros trabalhos em Serra Pelada e o registro da miséria na África e no Nordeste do Brasil até sua obra-prima, "Gênesis".  Diretora: Juliano Salgado e Wim Wenders. Duração: 111min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 08 de julho, quarta-feira, às 02h e às 16h; 09 de julho, quinta-feira, às 10h; 11 de julho, sábado, às 09h50; 12 de julho, domingo, às 18h15.

Quarta de Cinema – 08/07

22h20 – “Cinema Novo” (Documentário)

Um ensaio poético, um olhar aprofundado e um retrato íntimo sobre o Cinema Novo, movimento que colocou o Brasil no mapa cinematográfico mundial, lançou grandes diretores (como Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos e Cacá Diegues) e criou uma estética única, essencial e visceral. Diretor: Eryk Rocha. Duração: 93 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 09 de julho, quinta-feira, às 02h20 e 16h20; 10 de julho, sexta-feira, às 10h20; 11 de julho, sábado, às 11h50 e 12 de julho, domingo, às 20h20. 

Quinta do Pensamento – 09/07

23h30 – “Incertezas Críticas” (Série) – Episódio “Alberto Manguel”

A série traz uma reflexão sobre o mundo contemporâneo na visão de alguns dos mais importantes intelectuais do presente. Cada episódio destaca um pensador, numa entrevista exclusiva em sua casa ou escritório. O escritor Alberto Manguel fala sobre o lugar da arte no mundo de hoje e sobre a crise do livro impresso. Diretor: Daniel Augusto. Duração: 26 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 10 de julho, sexta-feira, às 3h30 e 17h30, 11 de julho, sábado, às 19h10; 12 de julho, domingo, às 10h10; 13 de julho, segunda, às 11h30.

Sexta da Sociedade – 10/07

23h – “Martin Luther King: um homem marcado” (Documentário)

Martin Luther King Jr. impulsionou mudanças nos Estados Unidos em face a uma amarga oposição. Foi um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros no mundo, com um discurso de não violência e de amor ao próximo. King foi submetido a uma feroz campanha de intimidação pelo FBI de J. Edgar Hoover, tão extrema que gerou suspeitas de envolvimento do governo no assassinato do líder.  Diretor: Edward Cotterill. Duração: 60min. Classificação: 12 anos. Horários alternativos: 11 de julho, sábado, às 03h5; 12 de julho, domingo, às 15h45; 13 de julho, segunda-feira, às 17h; 14 de julho, terça-feira, às 11h.

Sábado – 11/07

20h20 – “Ensaios Contemporâneos” (Série) – Episódio “Focus Cia. De Dança”

Focus Cia de Dança, um projeto inicialmente despretensioso de um grupo de amigos estudantes de dança,  acabou se transformando em uma companhia com quase duas décadas de existência, mais de 15 espetáculos dançados em mais de 80 cidades do Brasil e países como Estados Unidos, Portugal, Itália, Alemanha e Panamá. Liderada pelo coreógrafo Alex Neoral, a Focus consegue se destacar na cena carioca como uma das companhias com maior sucesso de público em suas apresentações. O episódio explora aspectos da rotina e do processo criativo do grupo, enquanto relembra alguns dos espetáculos que representaram pontos de virada na sua carreira.  Diretor: Eduardo Hunter Moura. Duração: 52min. Classificação: 16 anos. Horários alternativos: 12 de julho, domingo, às 11h20.

Domingo – 12/07

14h10 – “O Muro” (Documentário)

Realizado em meio à maior crise política da história do Brasil, durante o impeachment da presidente Dilma Rousseff, este documentário investiga a polarização que inflamou de forma inédita um país em que a miscigenação e a cordialidade são tidos como mitos fundadores. Diretor: Lula Buarque de Hollanda. Duração: 87 min. Classificação: Livre. 

Sobre o Curta!

Dedicado às artes, à cultura e às humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, o canal pauta a sua programação pelos seguintes temas: música, dança, teatro, artes visuais, arquitetura, metacinema, filosofia, literatura, história política e sociedade.


O Curta! pode ser visto nos canais 56 e 556 da NET e da Claro TV, no canal 75 da Oi TV e no canal 664 da Vivo, oferecido à la carte pela operadora. Siga o Curta! nas redes sociais: www.facebook.com/CanalCurta, https://twitter.com/canalcurta e www.youtube.com/user/canalcurta. Saiba mais em http://www.canalcurta.tv.br.



Nenhum comentário