Books Brasil Books

Novidades

[News]A 8° edição do Mulheres à Obra acontece de 12 de março à 16 de abril

 A 8° edição do Mulheres à Obra acontece de 12 de março à 16 de abril



Criado pela Palácio da Ferramenta, o projeto Mulheres à Obra, chega a sua 8° edição, rompendo fronteiras: novas turmas e novos cursos.

Com objetivo de ensinar mulheres a utilizarem ferramentas elétricas, assim como solucionarem pequenos reparos domésticos do cotidiano, o projeto “Mulheres à Obra” dá uma forcinha ao empoderamento feminino, inserindo as mulheres nessa área do mercado de trabalho, com mais autonomia e capacitação. Desde de seu início em 2017 o projeto já capacitou mais de 1000 mulheres.

Sobre as novidades, os cursos passaram de 5 para 6 aulas e um novo curso foi criado para atender a demanda delas. Uma enquete realizada nas redes sociais para saber qual curso elas queriam e o grande vencedor foi o de Encanamento e Tubulações, na área de hidráulica.

Os cursos acontecem sempre aos sábados e são ministrados também por uma mulher, Emanuela Fidelis, com início no dia 12 de março até o dia 16 de abril.

Segue a programação:

- Dia 12 de Março – Ferramentas Elétricas + Dicas de Marcenaria (Makita);

- Dia 19 de Março – Elétrica e iluminação (Taschibra);

- Dia 26 de Março – Hidráulica (Tigre);

- Dia 02 de Abril – Tintas (coral);

- Dia 09 de Abril – Rejuntes e impermeabilização (Quartzolit), e;

- Dia 16 de Abril – Ferramentas elétricas + Dremel (gravação em vidro) (Bosch).

 

 

“Mulheres à Obra traz esse conceito à tona: do novo normal para mulheres, agora mais autônomas e envolvidas em todos os processos. Em sua 8ª edição, a Makita do Brasil continua, assim como nas edições anteriores, buscando o aperfeiçoamento e treinamento na execução de projetos que gerem versatilidade, usabilidade das ferramentas e acessórios pertinentes. É através deste processo de ‘faça você mesmo’ que se gera um senso de realização para as alunas do curso”, concluiu Danielberquer Chaves coordenador regional da Makita que está no projeto desde seu início.

Onde tudo começou – À frente do projeto está Isabel Gomes, Diretora de Marketing do Palácio da Ferramenta, que queria algo novo na movimentada loja. Aliás, o modelo hibrido é adotado há anos no atendimento, e não é que elas entendem das ferramentas? Ajudam os clientes com indicação de quais peças usar e como utilizar. E esse cenário despertou em Isabel, algo maior, nasceu assim o “Mulheres à Obra”, ganhando imediatamente a adesão de parceiros como Makita, Bosch, Lorenzetti, Suvinil e Legrand. E eles também apostam nessa demanda: no mercado já é possível encontrar ferramentas leves, práticas e até parafusadeira/furadeira e furadeira de impacto cor de rosa.

Segundo Isabel Gomes, “Após 2 anos de pausa por causa da COVID, o Mulheres à Obra está regressando com a força total! Regressa não só com os temas que já existiam, mas com um novo, que estamos criando com a ajuda e participação do público que nos acompanha nas redes sociais.

Além de ir ao encontro das expectativas das nossas alunas, o desenvolvimento da oitava edição do Mulheres à Obra continua super relevante para a nossa empresa. Desde 2017, que nos percebemos que havia uma falha de mercado e um público que vinha sendo menospreado ao longo dos tempos. Decidimos que não encolheríamos os ombros. Muito pelo contrário! Foi assim que esta iniciativa nasceu: para capacitar mulheres, dar-lhes oportunidades que a maioria nunca teve e desenvolver um relacionamento próximo com um público cheio de potencial.”

A 1ª edição foi em março de 2017, o mês escolhido foi de propósito, surgiu para homenagear as mulheres no mês delas, alusivo ao Dia Internacional da Mulher, que é celebrado em 8 de março. Bom, fez tanto sucesso que logo se programou a 2ª edição, realizado em setembro, e hoje, contabilizam mais de 250 participantes.

“Saí de lá com autoestima elevada”, atestou Kátia Vargas Barbosa, 56 anos (participante).

“Gostei muito do curso, estou sempre à procura de conhecimentos em pequenos reparos vejo, vídeos no Youtube e o curso foi de grande valia pois sou eu quem faço sempre alguns reparos em minha casa e não sabia usar a furadeira, agora não gasto dinheiro à toa com pequenos reparos”, Elane de Souza Ramos, 38 anos (aluna da primeira edição).

Palácio da Ferramenta - Com 50 anos, funcionado em três endereços no Centro da cidade, fornecendo o que há de melhor no ramo, o Palácio da Ferramenta vem, há anos, sempre com as melhores marcas e preços. A empresa, é considerada como a mais completa, com diversificados produtos, com uma grande variedade de máquinas, fechaduras, material elétrico, ferro fundido, parafusos, dobradiças, tintas, pisos, azulejos, metais e muito mais!

“O Mulheres à Obra é o jeito que o Palácio da Ferramenta encontrou para homenagear mulheres no seu dia internacional, empoderando-as e transformando as suas vidas”, contextualiza Isabel Gomes.

Ah! tudo foi pensado, para despertar o interesse, a logomarca é uma mulher com uma bandana vermelha, o braço em pose de força e os dizeres “O lugar de mulher é onde ela quiser” – E essa mensagem vem inspirada na musa feminista Naomi Parker Fraley, falecida em janeiro de 2018 (ela foi um marco na segunda guerra mundial e na história do feminismo).      

As inscrições já estão abertas, com 40 vagas. Com o valor simbólico de R$ 100,00 (cada curso). Na verdade, 50,00 desse valor vira um voucher para utilizar na loja. Um dia todo só para mulheres, com aula prática e teórica, dicas e orientações para utilizar diversas ferramentas. Elas ganham alguns mimos como material didático, camiseta, bandana (laço), coffee break, e com direito a sorteio de ferramentas. 

Local: Escola Técnica Centro Rio

Rua Camerino, 130 / Centro

Mulheres à Obra - 8ª edição

Inscrições no site: www.palacio.com.br

Tel.: 21 97008-3103

Nenhum comentário