Books Brasil Books

Novidades

[News] "A oitava esposa do Barba Azul", "Viva Belarus" e a série britânica "Yes, prime minister" estão entre as estreias do À LA CARTE

 

Na quinta-feira, 3 de março, os assinantes podem assistir "Viva Belarus" (2013), baseado na história verídica de Franak Viačorka, ativista da oposição bielorrussa, o longa é uma coprodução entre Polônia e Bielorrússia que aborda a juventude bielorrussa e sua luta pela democracia; também chega um clássico dos anos 1930 "A oitava esposa do Barba Azul", uma comédia dirigida por Ernst Lubitsch, e escrita por Billy Wilder e Charles Brackett, sendo esta a primeira colaboração da dupla; o longa nacional da semana é "Aleluia Gretchen", de Sylvio Back, diretor homenageado pelo À LA CARTE com a exibição de 12 de seus filmes que chegam à plataforma nos próximos meses. O filme aborda a história de uma família alemã que se muda para uma pequena cidade no interior do estado do Paraná, e compra um hotel que logo se torna uma espécie de ponto de encontro de simpatizantes do nazismo.

Completam a programação "Onde Passaremos as Férias?" comédia italiana dividida em três episódios e dirigida por Mauro Bolognini, Luciano Salce e Alberto Sordi, com e Ugo Tognazzi no elenco; e para fechar, "Pânico em Hollywood", de Barry Levinson, comédia dramática com Robert De Niro que retrata Hollywood e é inspirado na vida de real de Art Linson (produtor de filmes como Os Intocáveis, Fogo Contra Fogo e Grandes Esperanças - todos os três com participações de De Niro).

Já na segunda, 7 de março, os assinantes podem se deliciar com mais uma comédia da BBC Studios , a primeira temporada da série "Yes, prime minister", sequência da sitcom "Yes, Minister".

Confira abaixo as sinopses do filme e da série "Yes, prime minister".

Viva Belarus (Zyvie Belarus)

Polônia | Bielorrússia, 2013, Biografia, 102 min

Direção: Krzysztof Lukaszewicz

Elenco: Dzmitry Vinsent Papko, Karolina Gruszka e Anatoliy Kot

Sinopse: A Bielorrússia está sob a ditadura de Lukashenko há 15 anos. Miron, de 23, não se interessa por política. No entanto, o próximo show de sua banda de rock "apolítica" desencadeia uma manifestação anti-regime. Miron é alistado no exército como punição por "fomentar a agitação política entre os jovens". E isso é só o começo. Um filme inspirado na história de Frank Viachorka, ativista da oposição bielorrussa.

Curiosidades: Participou de 17 festivais internacionais e ganhou o prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Bruxelas. Segundo longa-metragem dirigido pelo polonês Krzysztof Lukaszewicz. Dzmitry Vinsent Papko, o protagonista, é um cantor, artista de hip-hop e ator bielorrusso.

A oitava esposa do Barba azul

(Bluebeard's Eighth Wife)

EUA, 1938, Comédia, 85 min, 14 anos

Direção: Ernst Lubitsch

Elenco: Claudette Colbert, Gary Cooper, David Niven e Edward Everett Horton

Sinopse: Depois de saber que seu noivo multimilionário já foi casado sete vezes, a filha de um marquês sem um tostão decide domá-lo.

Curiosidades: Este foi o último filme do diretor Ernst Lubitsch na Paramount Pictures. O roteiro, baseado na peça "La Huitième Femme de Barbe-Bleue", de Alfred Savoir, foi escrito por Billy Wilder e Charles Brackett, tendo sido esta a primeira vez em que os dois trabalharam juntos. A peça, cujo título faz referência ao personagem de conto infantil "Barba Azul", havia já havia sido filmada pela própria Paramount, em 1923, com elenco encabeçado por Gloria Swanson.

Onde Passaremos as Férias? (Dove Vai In Vacanza)

Itália, 1978, Comédia, 115 min, 14 anos

Direção: Mauro Bolognini, Luciano Salce e Alberto Sordi

Elenco: Ugo Tognazzi, Stefania Sandrelli e Pietro Brambilla

Sinopse: Comédia em três episódios: em "Serei Toda Tua", um homem vive tórridas aventuras amorosas; em "Sim, Bwana", um dentista passa as férias com a ex-esposa na África; e em "Férias Inteligentes", um casal simplório é induzido pelos filhos intelectuais a fazer uma viagem cultural.

Curiosidades: O italiano Luciano Salce (1922–1989), diretor de um dos episódios de "Onde Passaremos as Férias?", fez sua estreia como diretor no cinema brasileiro, com os filmes "Uma Pulga na Balança" (1953) e "Floradas na Serra" (1954), realizados no estúdios da Vera Cruz. O roteiro teve argumento de Roberto Gianviti, o mesmo de outras comédias italianas de sucesso, como "Quanto Mais Frio Melhor" (1960) e "Psicosissimo" (1961), dirigidas por Steno. Ricky Tognazzi, filho do ator Ugo Tognazzi, um dos protagonistas de "Onde Passaremos as Férias?", também participa do elenco.

Pânico em Hollywood  (What just happened)

EUA, 2008, Comédia, 104 min

Direção: Barry Levinson

Elenco: Robert De Niro; John Turturro; Stanley Tucci

Sinopse: Duas semanas na vida de um produtor decadente de Hollywood que está passando por momentos difíceis tentando fazer seu novo filme.

Aleluia Gretchen

Brasil, 1976, Drama, 118 min, 16 anos

Direção: Sylvio Back

Elenco: Selma Egrei, Lilian Lemmertz, Carlos Vereza, Míriam Pires, Kate Hansen e Sérgio Hingst

Sinopse: Uma família alemã muda-se para uma pequena cidade no interior do estado do Paraná, e compra um hotel lá, que logo se torna uma espécie de ponto de encontro de simpatizantes do nazismo.

Curiosidades: Vencedor dos prêmios de Melhor Ator Coadjuvante (José Maria Santos) e Melhor Direção de Fotografia no Festival de Gramado 1976, e do prêmio APCA 1978 (Associação Paulista de Críticos de Arte) de Melhor Ator (Sérgio Hingst), Melhor Roteiro e Melhor Cenografia. O tema de abertura é "A Cavalgada das Valquírias" de Wagner, utilizada como um hino nazista e com arranjos distorcidos na interpretação do grupo "O Terço", que lembra o hino norte-americano tocado por Jimi Hendrix. O certificado de Censura Federal, publicado em 16 de agosto de 1976, classificou o filme como "proibido para menores de 18 anos".

SÉRIES da BBC Studio

Yes, Prime Minister - Estreia 7 de março

Reino Unido, 1986, Comédia, 8 episódios

Direção: Sydney Lotterby

Elenco: Paul Eddington, Nigel Hawthorne e Derek Fowlds

Sinopse: Sequência da sitcom de "Yes, Minister", com foco na elevação de Jim Hacker para 10 Downing Street e Sir Humphrey tendo que contornar crises ainda maiores.

Curiosidades: A primeira-ministra britânica Margaret Thatcher era uma grande fã da série. Nigel Hawthorne (1929–2001), amplamente considerado como um dos maiores atores de teatro e cinema no Reino Unido, teve a sua interpretação na série "Yes Minister" aclamada internacionalmente na década de 1980. Ele também foi indicado ao Oscar de Melhor Ator pela sua brilhante atuação no filme "As Loucuras do Rei George" (1994).

 

Serviço:


Planos de assinatura com acesso a todos os filmes do catálogo em 2 dispositivos simultaneamente.


Valor assinatura mensal: R$ 9,90 | Valor assinatura anual: R$ 108,90


Super Lançamentos: Com valores variados, a sessão ‘super lançamentos’ traz os filmes disponíveis no cardápio para aluguel por 72hs.


Para se cadastrar acesse: www.belasartesalacarte.com.br e clique em ASSINE.


Ou vá direto para a página de cadastro:


https://www.belasartesalacarte.com.br/checkout/subscribe/signup


Aplicativos disponíveis para Android, Android TV, IPhone, Apple TV e Roku. Baixe Belas Artes À LA CARTE na Google Play ou App Store.


Sobre o À LA CARTE 

O À LA CARTE é um streaming de filmes pensado para quem ama cinema de verdade. Seu catálogo, que já conta com cerca de 400 títulos,e inclui filmes de todos os cantos do mundo e de todas as épocas: contemporâneos, clássicos, cults, obras de grandes diretores, super premiados e principalmente aqueles que merecem ser revistos e que tocam o coração dos cinéfilos. Além de pelo menos quatro novos filmes que entram semanalmente no catálogo, há também a possibilidade do aluguel unitário, que são os Super Lançamentos: um espaço para filmes que estreiam antes dos cinemas; simultâneos ao cinema; filmes inéditos no Brasil, entre outras modalidades. Outro diferencial são as mostras de cinema, recentemente o À LA CARTE trouxe especiais dedicados à cinematografia francesa, italiana, coreana e espanhola. O À LA CARTE foi criado no final de 2019 e integra o Belas Artes Grupo, que inclui também a Pandora Filmes e o Cine Petra Belas Artes, um dos mais tradicionais e queridos cinemas de rua de São Paulo.




Nenhum comentário