Books Brasil Books

Novidades

[Crítica] Sonic 2

 

Sinopse:

Quando o maníaco Dr. Robotnik retorna à Terra com um novo aliado, Knuckles the Echidna, Sonic e seu novo amigo Tails são tudo o que se interpõe em seu caminho.



        O quê eu achei?

O primeiro filme da franquia, lançado em fevereiro de 2020,logo antes da quarentena do começo da pandemia começar, dirigido por Jeff Fowler(assim como esse)foi uma das maiores bilheterias do ano e agradou os fãs do personagem. Pois trago uma boa notícia: esse conseguiu superar o antecessor! 

Tudo começa com o Dr.Robotnik (Jim Carrey,não consigo imaginar ninguém mais adequado para o papel,é bem o tipo de personagem dele, extravagante e excêntrico)está isolado no Planeta Cogumelo quando a energia do único espinho que ele tinha conseguido arrancar do Sonic atrai a equidna Knuckles (voz de Idris Elba no original), que vem de um portal. Eles fazem um acordo: Knuckles irá libertá-lo de sua prisão e em troca ele o levará até o dono.

Tails (voz de Colleen Colleen O'Shaughnessey) é uma raposa inventora que vai ajudar o Sonic-que estava sozinho em casa com o cachorro Ozzy após o Tommy (James Marsden) ir a um casamento no Havaí com a esposa.

Eles descobrem que Robotnik e Knuckles estão atrás da Esmeralda Mestre, um artefato que fora escondido na Terra pela coruja Garra Longa (quem criou o ouriço) capaz de tornar pensamentos em realidade.

Super divertido e cheio de referências à cultura pop!

Tem uma cena no começo dos créditos-não deixem de ver, pois ela apresenta um personagem super importante para a franquia!

A dublagem brasileira está caprichada! Depois verei a original com a voz do Idris Elba.

Curiosidade:A dubladora do Tails,Colleen O'Shaughnessey, é a mesma dubladora americana de Sora do anime Digimon, de Ino do anime Naruto e da Vespa do MCU.


                            Trailer:




Nenhum comentário