Novidades

[News]Livro 'JIMMY PAGE no BRASIL', de Leandro Souto Maior - Campanha de crowdfunding entra na reta final com sorteio de craviola e live

 

Livro 'JIMMY PAGE no BRASIL', de Leandro Souto Maior
Campanha de crowdfunding entra na reta final com sorteio de craviola e live

A campanha de financiamento coletivo do livro que conta a história de amor do guitarrista do Led Zeppelin com o Brasil entra na reta final com uma grande novidade: o apoio da Giannini. Nesta segunda-feira (23 de novembro), a editora Garota FM e o autor do livro Jimmy Page no Brasil iniciarão através de suas redes sociais a venda de cotas para quem quiser participar do sorteio de uma Craviola de 6 cordas de aço, doada pela marca brasileira de instrumentos. Encerra-se no dia 30 de novembro a possibilidade de os fãs de Page comprarem o livro e cravarem seus nomes na lista de apoiadores do projeto, e também de garantir seu número para participar do sorteio. No dia 01 de dezembro, o músico e jornalista Leandro Souto Maior comandará uma live em homenagem ao Led Zeppelin e, nela, sorteará o nome do felizardo que receberá a craviola em casa (entrega somente no Brasil). Na live, o autor anunciará a pré-venda de mais uma cota de livros, mas sem as recompensas disponíveis no site do Catarse até dia 30:  

https://www.catarse.me/jimmypagenobrasil

Jimmy Page no Brasil tem um capítulo inteiro dedicado à relação do herói da guitarra com a craviola. O Violão Craviola 36" Aço Eletroacústico foi desenhado pelo saudoso violonista Paulinho Nogueira junto com a Giannini em 1969 e fabricado pela marca brasileira de instrumentos que, em 2020, celebra 120 anos de atividade no mercado da música. Jimmy Page teve nada menos que três craviolas, duas nos anos 1970 e uma presenteada pela Giannini em um dos eventos de caridade que ele ajudou a promover no Rio de Janeiro, em 2009.  De acordo com o site oficial da craviola Giannini, Paulinho só notou que o som era único após tocar o primeiro modelo: "Eu só fui ter essa noção mesmo depois que ela ficou pronta. Como parecia um pouco do som de cravo e um pouco de viola, nasceu o nome evidente." A craviola já foi flagrada nos braços de outros nomes da música internacional: Bill Withers, Robert Plant, Linda Perry e Andy Summers. A Giannini apoia grandes artistas brasileiros, entre eles alguns que contaram suas histórias com Jimmy Page a Leandro: Frejat, Evandro Mesquita e Fernando Magalhães (Barão Vermelho).

Na live do dia 01 de dezembro, a ser transmitida pelo Facebook da editora Garota FM e pelo Instagram de Leandro Souto Maior, além de sortear o nome do dono da craviola, Leandro Souto Maior, que também é guitarrista, vai soltar singles gravados por ele e por parceiros (entre eles, bandas Fuzzcas e Os Trutas e João Pedro Bonfá, filho do baterista da Legião Urbana Marcelo Bonfá) e adiantar histórias que estão no livro. Autor e editora prometem mais novidades para esta noite, já que outros apoiadores seguem manifestando o desejo de entrar nessa parceria. Para participar do sorteio, basta ficar atento ao post de segunda-feira, 23 de novembro, nas redes sociais do autor e da editora e seguir as instruções.

Sobre a craviola

CRA36S CEQ NS - Violão Craviola 36" Aço Eletroacústico
Tampo: Sitka Spruce maciço
Faixa e fundo: Gonçalo Alves
Braço: Cedro
Escala: Pau-ferro (com junção braço-corpo no 12° traste)
Cavalete: Pau-ferro
Pestana: plástico, 44mm
Rastilho: plástico
Captador: Piezo Standard
Cordas: Giannini Cobra GEEFLKS (012")
Acabamento: Verniz fosco
Cor: NS (Natural Satin)
Mais sobre a craviola:
https://www.craviola.com.br/home

Sobre o livro

Jimmy Page é um dos guitarristas mais influentes de todos os tempos e um dos mais importantes compositores do rock no mundo todo. E a relação de Page com o Brasil é antiga: além de ter protagonizado muitos encontros com estrelas da música nacional, o guitarrista do Led Zeppelin passou temporadas na Bahia e inaugurou a Casa Jimmy para abrigar jovens sem lar na capital fluminense - o que lhe rendeu o título de Cidadão Honorário do Rio de Janeiro. Essa história para lá de intensa é o tema de Jimmy Page no Brasil, livro bilíngue (Português / Inglês) do jornalista e músico Leandro Souto Maior, editado pela Garota FM Books.

"A relação do guitarrista com o Brasil é antiga e pra lá de intensa. Essa história é pouco contada nas biografias e livros sobre Led Zeppelin lançados mundialmente. Pouquíssimas linhas são dedicadas ao assunto. Jimmy Page no Brasil, portanto, vai completar uma lacuna importante na história do Jimmy Page", afirma Leandro.

Jimmy Page no Brasil não é uma biografia tradicional do líder do Led Zeppelin, mas um relato histórico através de depoimentos de músicos, jornalistas, amigos e fãs em geral sobre os episódios protagonizados por Jimmy Page quando esteve em solo brasileiro. O livro tem prefácio de Ed Motta, um dos maiores colecionadores e conhecedores da obra do Led Zeppelin, e posfácio do guitarrista Sebastião Reis, o filho de Nando Reis, confirmando que a banda atravessou gerações. A diagramação e a capa levam a assinatura de Tomás Paoni, diretor artístico do projeto. A foto da capa é de Marcos Hermes, grande fotógrafo do mercado da música.

Foram entrevistados: Aninha Capaldi, Armandinho Macedo, Canisso (Raimundos), Carlos Albuquerque (Calbuque), Carlos Coelho (Biquini Cavadão), Charles Gavin, Daniela Mercury, Ed Motta, Fabio Massari, Fernando Magalhães (Barão Vermelho), Fernando Nunes (Cássia Eller), George Israel, Gilberto Gil, Herbert Vianna, Ivo Meirelles, Liminha, Luiz Henrique Romanholli, Luiz Claudio Rocha (Lula Zeppeliano), Marcelo Costa Santos, Marcos Maynard, Margareth Menezes, Mauricio Valladares, Nando Reis, Paulo Ricardo (RPM), Pepeu Gomes, Raíssa de Oliveira, Roberto Frejat, Tony Bellotto (Titãs) e Zé da Gaita, entre muitos outros.

Jimmy Page ama o Brasil e especialmente a Bahia e o Rio de Janeiro: "É que tenho ótimas lembranças do Rio", derreteu-se o guitarrista em entrevista ao jornal O Globo. "Visitei a cidade nos anos 1970 e voltei diversas vezes. Toquei no Hollywood Rock com Robert Plant e posso dizer que a plateia do Rio é a melhor do mundo. O sonho de todo músico é tocar no Rio".

Sobre o autor

Leandro Souto Maior é músico e jornalista. Trabalhou nas rádios BandNews, Fluminense FM e Cidade, e nos jornais cariocas Jornal do Brasil e O Dia. Em 2014, lançou o livro Heróis da guitarra brasileira (Ed. Irmãos Vitale) com o também jornalista Ricardo Schott. Além de escrever e tocar - é guitarrista nas bandas Fuzzcas e Os Trutas - é sócio e curador da Casa Beatles, um bar-museu beatlemaníaco em Visconde de Mauá (RJ).

Sobre a Garota FM Books

O primeiro lançamento, Discobiografia Mutante: Álbuns que revolucionaram a música brasileira, conquistou para a diretora e autora - a jornalista e idealizadora da Garota FM Chris Fuscaldo - o Prêmio Profissionais da Música (PPM), em 2019, na categoria Livros Musicais: foi a primeira vez que esta categoria foi contemplada em uma premiação de música no Brasil, rendendo muita exposição na mídia para a editora e os trabalhos de Chris Fuscaldo, também autora de Discobiografia Legionária (lançado pela Editora LeYa em 2016, mas com os direitos adquiridos pela Garota FM Books em 2019). 

PR/Romeiro

Nenhum comentário