Novidades

[Programação] Filmes em Destaque no Canal Brasil – 27 de janeiro à 02 de fevereiro de 2020

HENFIL (2019) (74’) 
 

Horário: Segunda, dia 27, às 20h15
Direção: Angela Zoé
Classificação: 12 anos

Sinopse: Angela Zoé assinou a produção executiva de Betinho, a Esperança Equilibrista (2016), documentário sobre o sociólogo Herbert de Souza. Encantada com a história da família, decidiu dissecar, em seu mais recente documentário, a biografia do irmão do ativista pelos direitos humanos, figura de semelhante genialidade, mas de personalidade completamente diferente. Cartunista, jornalista e quadrinista, Henrique de Souza – mais conhecido como Henfil – tem sua trajetória narrada nesta coprodução entre o Canal Brasil e a Documenta Produções premiada como melhor filme, direção, roteiro e montagem no Cine PE em 2018.

O PÂNTANO (2001) (103’) 
 

Horário: Terça, dia 28, às 22h

INÉDITO

Direção:
Lucrecia Martel
Classificação: 14 anos

Sinopse: La Ciénaga, cidade que dá nome ao título original do filme, é conhecida pelas extensões de terra que se alagam com as chuvas repentinas e fortes, formando pântanos que são armadilhas mortais para os animais da região. Lá é localizado o sítio La Mandrágora, a residência de veraneio de duas famílias decadentes da burguesia do nosso vizinho sul-americano. A primeira é liderada por Mecha (Graciela Borges), uma mulher em torno de 50 anos, mãe de quatro filhos, entediada no casamento e cada vez mais afundada no alcoolismo após um acidente. A segunda, capitaneada por Tali (Mercedes Morán), sua prima, é o oposto; feliz na maternidade e no matrimônio. Em um verão de altíssimas temperaturas, a tensão entre ambas vai subir em um conflito iminente. 

NO INTENSO AGORA (2017) (127’) 
 

Horário: Quarta, dia 29, às 20h
Direção: João Moreira Salles
Classificação: 12 anos

Sinopse: Feito a partir da descoberta de filmes caseiros rodados na China em 1966, durante a fase inicial da Revolução Cultural, No Intenso Agora investiga a natureza de registros audiovisuais gravados em momentos de grande intensidade. Às cenas da China somam-se imagens dos eventos de 1968 na França, na Tchecoslováquia e, em menor quantidade, no Brasil. As imagens, todas elas de arquivo, revelam o estado de espírito das pessoas filmadas e também a relação entre registro e circunstância política. O ponto de partida do filme foram imagens captadas pela mãe do diretor, Elisa Moreira Salles, encontradas por ele em 2007.

TINTA BRUTA (2018) (118’) 



Horário: Quinta, dia 30, às 22h
Direção: Filipe Matzembacher e Marcio Reolon
Classificação: 18 anos

Sinopse: Pedro (Shico Menegat) passa por uma fase conturbada na vida. O jovem gaúcho enfrenta um processo criminal por agredir um homem e se vê obrigado a lidar com a despedida iminente da irmã, Luiza (Guega Pacheco), sua única amiga. O rapaz abandonou a faculdade de Química e passou a ganhar dinheiro fazendo shows eróticos no seu próprio quarto, sob o codinome Garoto Neon, dançando em frente à câmera com o corpo coberto apenas por uma tinta fluorescente. O apelo com seu público cativo, no entanto, vem diminuindo depois do surgimento de Leo (Bruno Fernandes), um dançarino que também executa performances com pigmentos cintilantes, complicando ainda mais a vida do protagonista.

FERRUGEM (2018) (99’) 
 
 
Horário: Sexta, dia 31, às 23h10
Direção: Aly Muritiba
Classificação: 12 anos

Sinopse: Tati (Tifanny Dopke) é uma adolescente comum e, assim como as demais amigas de sua idade, adora compartilhar sua rotina nas redes sociais. Em uma viagem com os colegas da classe, ela começa um flerte com Renet (Giovanni de Lorenzi), um menino reservado, filho de Davi (Enrique Diaz), um dos professores do colégio em que estuda. Após o primeiro e esperado beijo com o rapaz, a jovem percebe ter perdido o celular e, mesmo após esforços coletivos, não o recupera. Alguém, no entanto, encontrou o aparelho e divulgou um vídeo íntimo da jovem gravado com o ex-namorado. Rapidamente, sem qualquer pista de como tudo ocorreu, a protagonista percebe que todos os discentes do lugar assistiram à filmagem, começando uma onda de bullying.
 
QUE HORAS ELA VOLTA? (2015) (113’) 
 

Horário: Sábado, dia 01, às 23h10
Direção: Anna Muylaert
Classificação: 12 anos

Sinopse: Val (Regina Casé) é a empregada doméstica de uma mansão no nobre bairro do Morumbi, zona oeste da capital paulista. Nordestina emigrada para a maior cidade do país em busca de uma melhor condição de vida, encontrou trabalho cuidando dos afazeres da casa de Carlos (Lourenço Mutarelli) e Bárbara (Karine Teles). A empregada é tratada com carinho por ter cuidado do jovem Fabinho (Michel Joelsas), filho dos donos do casarão, como se fosse seu. A vida de Val muda radicalmente com a chegada de sua filha Jéssica (Camila Márdila), de mudança para São Paulo em busca de uma vaga na concorrida Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP). Sua presença é o início de uma guerra entre classes no lugar. A moça não entende o motivo de a mãe aceitar situações embaraçosas como não poder comer a mesma comida, ser proibida de sentar-se à mesa dos patrões e dormir em um cubículo apertado e sem ventilação enquanto há um confortável quarto de hóspedes disponível.
 
MELHORES AMIGOS (2017) (85’) 
 
 
Horário: Domingo, dia 02, às 23h10

INÉDITO E EXCLUSIVO

Direção:
Ira Sachs
Classificação: 10 anos

Sinopse: Jake (Theo Taplitz) é um introvertido menino de 13 anos obrigado a se mudar com o pai, Brian (Greg Kinnear), e a mãe, Kathy (Jennifer Ehle), de Manhattan para um apartamento no Brooklyn deixado pelo avô recém-falecido. O rapaz rapidamente constrói uma amizade inseparável com Joey (Anthony A. Flamminio), filho da costureira Leonor (Paulina Garcia), que aluga a loja no térreo do edifício para vender suas confecções. A amizade dos jovens começa a enfrentar problemas quando Brian descobre que o preço pago por Leonor para manter seu negócio está bem abaixo do valor de mercado praticado na região. O ator quer mais dinheiro pela locação, mas a estilista não aceita o reajuste, e o impasse dos adultos logo torna-se problema para as crianças. 
 
 



Nenhum comentário