Books Brasil Books

Novidades

[News] Banda Filarmônica de São Paulo em Música Brasileira: Do Dobrado ao Choro

 Banda Filarmônica de São Paulo em Música Brasileira: Do Dobrado ao Choro

 

Única apresentação no dia 5 de agosto,

sexta-feira, às 21h, no Teatro J. Safra.

 

Repertório

SUÍTE PERNAMBUCANA DE BOLSO – José Urcisino da Silva

SUÍTE MONETTE – José Urcisino da Silva

JUBILEU – Anacleto de Medeiros

BEBÊ- Hermeto Pascoal

ELEGIA – Renato Goulart

DOBRADO BARROCO- Gilson Silva

SUÍTE NORDESTINA – José Urcisino da Silva

TICO-TICO NO FUBÁ – Zequinha de Abre

 



BanFilSP em concerto na Sala São Paulo

 

 

Difundir o repertório sinfônico de banda para a sociedade. Este é o propósito da Banda Filarmônica de São Paulo (BanFilSP), criada em 2019 com o objetivo de promover a troca de experiências entre músicos profissionais e estudantes de instrumentos de sopro e percussão, abrindo portas para novos compositores e regentes. Em apenas dois anos de existência a BanFilSP chegou ao palco de uma das maiores salas de concerto da América Latina, a Sala São Paulo.

 

A Banda Filarmônica de São Paulo é um conjunto formado por instrumentos de sopro e percussão que, em uma formação completa, pode ainda contar com Contrabaixo, Piano e Harpa, podendo chegar a ter entre 60 e 90 músicos. Pela diversidade de sua formação instrumental, a Banda pode ser alterada de acordo com a natureza das obras a serem executadas, transitando por repertórios tradicionais, contemporâneos, arranjos, transcrições, peças populares e concertos temáticos.

Em Música Brasileira: Do Dobrado ao Choro a Banda Filarmônica de São Paulo retorna ao Palco do Teatro J. Safra, para celebrar a diversidade cultural de nosso País.

 

Repertório

SUÍTE PERNAMBUCANA DE BOLSO – José Urcisino da Silva

SUÍTE MONETTE – José Urcisino da Silva

JUBILEU – Anacleto de Medeiros

BEBÊ- Hermeto Pascoal

ELEGIA – Renato Goulart

DOBRADO BARROCO- Gilson Silva

SUÍTE NORDESTINA – José Urcisino da Silva

TICO-TICO NO FUBÁ – Zequinha de Abre

 

A Banda Filarmônica de São Paulo é fruto do sonho do eufonista Phillips Thor e dos maestros Eliezer Nascimento e Renato Ernesto, que compõem a sua diretoria artística.

 

 

cid:image002.png@01D8985D.41E2C230Eliezer Nascimento.  Regente e fundador da Banda Filarmônica de São Paulo, iniciou seus estudos musicais com o professor Fernando Chipoletti, na antiga Universidade Livre de Música, onde em 2014, veio a se formar na classe do professor Gilberto Gianelli. Iniciou seus estudos no campo da regência orquestral com a maestra brasileira Lígia Amadio (Filarmônica de Montevidéu), também participou de seminários de regência de bandas sinfônica no conservatório de Tatuí, sob a coordenação do maestro Dario Sotelo. Atualmente, é bacharelando em música pela Faculdade Mozarteum de São Paulo, e é orientado profissionalmente pelo maestro Marcos Araújo (OCB Filarmônica).

 

cid:image003.png@01D8985D.41E2C230Renato Ernesto.  Natural da cidade de Duque de Caxias, RJ, onde iniciou seus estudos musicais, é bacharel em Trompete pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, licenciado em Educação Musical pela Fundação Instituto Tecnológico de Osasco e Pós-graduado em Regência pela Faculdade Mozarteum de São Paulo. Nos últimos anos tem se dedicado ao fomento do repertório sinfônico de bandas.

 

cid:image004.png@01D8985D.41E2C230Phillips Thor. Formou-se em Eufônio na Escola de Música do Estado de São Paulo em 2017, sob a orientação do professor Wilson Dias. Foi eufonista da Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo e semifinalista do programa Prelúdio, da TV Cultura, em 2018. Participou de master classes com professores renomados, dentre eles, Robbert Vos (HOL), David Childs (ENG), Adam Frey (USA), Bastien Baumet (FRA), Mauro Martins (POR). Atualmente é artista endorse da marca Wessex Tubas e K&G Mouthpieces, cursa Educação Musical na Faculdade Mozarteum de São Paulo e aperfeiçoa-se em Eufônio na Escola Municipal de Música de São Paulo com o Professor Luiz Ricardo Serralheiro.

 

Link para fotos de divulgação

https://drive.google.com/drive/folders/1vcvUKpDhiRMeQvgWZ47gErZ0P92-GkrA

 

Serviço

Banda Filarmônica de São Paulo

Música Brasileira: Do Dobrado ao Choro

 

Direção Geral: Maestro Eliezer Nascimento

Regência: Renato Ernesto

Direção artística: Phillips Thor

Maestro convidado: Ricardo Calderoni

Músico convidado: Cláudio Micheletti.

 

Apresentação

5 de agosto, sexta-feira, às 21h

 

Duração do Espetáculo: 70 minutos

Classificação Indicativa: livre

 

Preços dos ingressos: Plateia Premium: R$ 50,00

Plateia Vip: R$ 40,00

Mezanino: R$ 30,00

Mezanino Visão Parcial: R$ 20,00

 

Horário de funcionamento da bilheteria

Quartas e quintas – 14 às 21h

Sextas, Sábados e Domingos – 14h até o horário dos espetáculos

Vendas online: https://www.eventim.com.br/artist/filarmonicadesaopaulo/?affiliate=JSA

 

Aceita os cartões de débito e crédito: Amex, Dinners, Elo, Mastercard, Visa e Hipercard. 

Não aceita cheques. 

Telefone da bilheteria: (11) 3611-3042

 

Teatro J. Safra

Endereço: Rua Josef Kryss, 318 - Barra Funda - São Paulo – SP 

Telefone: (11) 3611-3042 

Abertura da casa: 2 horas antes de cada horário de espetáculo, com serviço de lounge-bar no saguão do Teatro. 

Capacidade da casa: 627 lugares 

Acessibilidade para deficiente físico 

Estacionamento:

Valet Service (Estacionamento próprio do Teatro) - R$ 30,00 

 

Sobre o Teatro J. Safra

Inaugurado em julho de 2014, o Teatro J. Safra, referência como casa de espetáculo no país, traz em sua programação uma grande variedade de estilos artísticos, como shows, peças, dança, circo, ópera, teatro infantil, humor, música erudita e recitais. Com curadoria do ator Mauricio Machado e do diretor Eduardo Figueiredo, o teatro prioriza o ineditismo dos espetáculos em São Paulo e traz para a cidade apresentações exclusivas com alta qualidade artística. Na retomada de reabertura o espaço segue rigorosamente todas as medidas sanitárias exigidas pelas autoridades de saúde, primando pela segurança do público. Para acompanhar a programação, acesse http://www.teatrojsafra.com.br/

 

 

Texto Cris Fusco

Nenhum comentário