Novidades

[News] O carioca Qinhones divulga “Parafuso”, mais uma faixa do EP que sai em novembro, via LAB 344

 O carioca Qinhones divulga “Parafuso”, mais uma faixa do EP que sai em novembro, via LAB 344


Enquanto começa Tudo passa num segundo Nossos olhos acesos Estilhaços lá fora E aqui Antenas atentas Traçam num gesto discreto Espalhar as conversas E a cidade com pressa Pra tudo Quem sabe completa Outra volta no parafuso Ter cabeça aberta ajuda Revirar certezas pode parecer confuso Sei que você pode se jogar na brincadeira O paraíso é para isso Não há quem não queira acreditar com os pés na terra Que é do corpo quando teima

 

https://qinhones.lnk.to/parafuso/SPOTIFY



  

Parafuso é canção-bálsamo. É música para se deixar levar, para desconectar das agruras dos tempos pandêmicos. Não à toa gravado antes do mundo mudar, no início de 2020, o novo single de Qinhones (ex-Qinho) é alento em forma de som. Ao cantar a efemeridade do mundo contemporâneo e seus “estilhaços lá fora”, o artista faz o convite: “sei que você pode se jogar na brincadeira, o paraíso é para isso”. 

Composta por Rodrigo Cascardo e Gabriel Pondé, Parafuso traz sopros, cordas e samples formatando o ambiente sonoro arregimentado pelo produtor Lourenço Rebetez, que parece nos atrair a um mundo onde tudo é menos pesado. Qinhones traz sua entonação mais suave para guiar o percurso até o refrão, onde dobras vocais reafirmam o chamado à brincadeira. A mixagem traz assinatura de Russel Elevado (D’Angelo, Erykah Badu, Alicia Keys), que imprimiu sua textura analógica, reforçando assim a sonoridade acolhedora da faixa.

Após o elogiado álbum de releituras espertas do repertório de Marina Lima, o cantor e compositor lança em novembro um EP de inéditas com produção musical de Diogo Strausz e Lourenço Rebetez. Garota Mangáhttps://qinhones.lnk.to/garotamanga música de Qinhones e Arthur Kunz (Strobo), saiu em abril, e na sequência ganhou releitura acústica https://qinhones.lnk.to/GarotaMangaAcoustic com naipe de cordas.  

Qinhones já lançou 5 álbuns de estúdio e colaborou com nomes como Fernanda Abreu, Mahmundi, Mart’nália, Elba Ramalho e o saudoso Luiz Melodia.


A arte da capa é assinada por Lê Almeida. Confira a ficha técnica abaixo: 

 

Produção musical, arranjo, beats, samples: Lourenço Rebetez

Violino, viola: Guilherme Bomfim

Violoncelo: Jonatas Pereira

Baixo: Bruno Migotto

Piano rhodes, moog: Tiago Costa

Bateria: Big Rabello

Sax tenor, clarone, flauta: Zafe Costa

Vozes, violão: Qinhones

 

Gravado no estúdio Da Pá Virada por Big Rabello e Fred Pacheco. 

Edições adicionais por Victor Rice. 

Mixado por Russel Elevado. 

Masterizado por Alex DeTurk.

 

 


INSTAGRAM

Nenhum comentário