Novidades

[News]O rapper Bugzy Malone divulga o álbum "The Ressurrection", o quinto da carreira

O RAPPER BUGZY MALONE DIVULGA O ÁLBUM "THE RESURRECTION", O QUINTO DA CARREIRA

 



 

Depois de muita espera, os fãs do rapper britânico Bugzy Malone podem finalmente comemorar. "The Resurrection", o novo álbum do cantor, já está disponível em todas as plataformas digitais. Ouça e baixe aqui: https://umusicbrazil.lnk.to/TheResurrectionPR . Com 15 faixas, o compilado é o quinto projeto da carreira do artista, de 30 anos. O disco, anunciado para o público em novembro do ano passado, fala sobre Bugzy quase ter perdido a vida em um acidente de trânsito. Além de ter apresentado "The Resurrection", ele também divulgou o videoclipe de "Ride Out". Confira: https://youtu.be/GPqEcJ2vVJs . 



 

No repertório do álbum, está a já lançada "M.E.N III", na qual ele aborda mais detalhes de seu dramático acidente, ocorrido em março de 2020. A moto que o artista pilotava se chocou contra um carro nas ruas de Manchester, na Inglaterra, e o deixou seriamente machucado. "The Resurrection" é um divisor de águas na carreira do rapper britânico e marca o seu crescimento tanto no lado profissional quanto no pessoal.

 

Gravado em sua grande parte enquanto se recuperava do acidente, o novo disco do cantor consegue usar o incidente como um trampolim para o crescimento. O álbum já é considerado um dos projetos mais completos do artista, entregando para o público e para a crítica profundas reflexões. O álbum é dividido em quatro partes: o crash, a seção de artistas, a seção de festas e a seção imortal, todos com sons e energias diferentes que se unem neste novo trabalho do rapper, que leva no título um versículo bíblico.

 

Das 15 faixas presentes no disco, Bugzy já havia lançado sete singles, entre eles "M.EN. III", "Don't Cry", "Cold Night In The 61", "Notorious", "Welcome To The Hood", "Salvador" e "Skeletons". Nesta última, o público pode sentir todo o pesado impacto de Bugzy ao falar das decisões da vida, turbulências e experiências passadas em meio a uma forte batida tão característica de Blinkie, seu colaborador de longa data. Assista ao clipe: https://youtu.be/eL6TpnMkFVo . Já em "Welcome to the Hood", sua parceria com Emeli Sandé, é um verdadeiro registro de proporções bíblicas que narra, com detalhes inabaláveis, a jornada desafiadora de autodescoberta do rapper. Confira: https://youtu.be/PIRr1SD_TL0 . 



 

A emocionante "Don't Cry" conta a história do momento em que Bugzy estava deitado no chão, após seu acidente, e é narrada pelos vocais profundos do cantor irlandês Dermot Kennedy. A canção ganhou um clipe épico, dirigido por Myles Whittingham, e conta essa história através da paixão de Bugzy pelo boxe. A batalha no ringue é uma representação visual da experiência que ele passou enquanto estava no chão e o vê se levantar e se tornar campeão. Confira: https://youtu.be/RwrUW102p_Y 


 . 

 

Em "Notorious", o britânico surpreendeu os fãs ao trazer como colaborador da faixa o rapper Chip, com quem Bugzy cultivava uma inimizade e rivalidade desde 2015. Agora, a dupla fez as pazes e a música é uma das preferidas do grande público, com mais de dois milhões de views no clipe: https://youtu.be/L4N4ZpC0XBA . 



 

Apesar do susto por conta do acidente, Bugzy Malone divulga "The Resurrection" em sua melhor fase e momento, apresentando um trabalho cheio de sabedoria conquistada duramente e toda sua entrega à cultura de rua. É, sobretudo, um trabalho cujo tema permeia as superações do artista.

 

Com mais de 12 milhões de ouvintes mensais no Spotify e mais de 290 milhões de visualizações totais em seu canal no YouTube, Bugzy Malone é um dos grandes nomes de sucesso da nova cena do hip-hop britânico. "The Resurrection" evidencia o dom de Bugzy como um dos maiores contadores de histórias do Reino Unido.

PR/LB

Nenhum comentário