Novidades

[News] Atriz Bia Borinn, da série “Experimentos Extraordinários”, é embaixadora de iniciativa que promove a Língua Portuguesa e Cultura Brasileira nos EUA

Longe das telinhas, onde atualmente vive a vilã Úrsula da série “Experimentos Extraordinários”, exibida na TV Cultura, a atriz Bia Borinn também mexe na vida real com o imaginário de muitas crianças. Vivendo nos Estados Unidos desde 2014, ela resolveu ensinar português e cultura para crianças brasileiras que também moram por lá. Além disso, ao lado do marido – o também ator Eduardo Munniz -, ela criou o podcast infantil “História de Boca”, projeto que traz histórias narradas para o público infantil e que já conquistou crianças de 39 países.

“Quando me mudei para Nova York, queria muito fazer algo com a comunidade brasileira, mas como atriz. Já tinha um canal no Youtube como apresentadora, que está no ar até hoje, o NYTipsBR, mas queria fazer algo diferente como atriz. Pesquisei e vi que existia uma demanda para crianças. Pensei: ‘Vou contar histórias em português’. Só que me contrataram como professora de português como língua de herança. Foi bem desafiador. Comecei com dois alunos, terminei com 12. Fundei com uma amiga o Brazilian Play and Learn em maio de 2017. Já tivemos até agora mais de 200 alunos entre grupos e aulas privadas e online. Fazemos também eventos para as famílias, como festa junina, Carnaval, Dia das Crianças. Queremos manter viva a nossa língua e nossa cultura, principalmente para as crianças”, conta Bia Borinn sobre o projeto.

Bia revela também como que a criação do podcast “História de Boca” veio para complementar o projeto para as crianças: “O podcast tem um alcance fenomenal. Estamos em 39 países. Recebemos recados de crianças da Alemanha, Dinamarca, República Tcheca, Itália, Austrália, Estados Unidos e do Brasil. Na pandemia vimos como este trabalho é importante. Tiramos crianças da frente das telas para soltarem a imaginação, além de promover que crianças que estão no exterior, como é o caso dos meus filhos, de ouvirem a língua de herança. É demais!”.

A atriz comemora poder levar cultura e educação para crianças, mantendo a identidade delas com o país em que possuem história. “Cultura e educação são a mesma coisa para mim. E isso deve vir sempre na vida de uma pessoa, desde criança. Ir ao teatro, cinema, museu, circo, concertos. Faço este trabalho também porque me adoro desafiar, fazer coisas que não fiz antes”, explica.

Mais sobre Bia Borinn:

Bia Borinn voltou às telinhas no Brasil no dia 30 de junho, quando "Experimentos Extraordinários" estreou na TV Cultura. Gravada em 2014 e exibida na época no Cartoon Network e depois no Netflix, o folhetim infanto-juvenil tem como objetivo retratar os bastidores de um programa de TV sobre experimentos científicos caseiros. Bia interpreta a vilã Úrsula.

Formada em Artes Cênicas pela Universidade de São Paulo, Bia tem um vasto currículo que inclui atuações em comerciais, longas, e também como apresentadora. Entre 2008 a 2009 comandou seu primeiro programa ao vivo, o "HitTvê", na Rede TV!.

Em 2011 aconteceu um grande marco na sua vida, como ela mesma descreve, quando foi para Inglaterra estagiar por dois meses com um dos maiores dramaturgos da história do teatro inglês, Alan Ayckbourn. Teve aulas com Harold Guskin, preparador de nomes como Bon Jovi, Glenn Close e James Gandolfini, já deu aulas de teatro, preparou crianças para comerciais de TV, é sócia fundadora do ‘Brazilian Play and Learn’, escola de português e cultura brasileira em Los Angeles e, ao lado do marido, comanda o Podcast ‘História de Boca’, projeto criado em 2019 que traz histórias narradas para o público infantil e que já conquistou crianças de 39 países.

“Eu ainda sou massagista ayurvédica! (risos). Sou uma curiosa e amo comunicação e criatividade. Se junta isso, estou dentro. Acho que o mercado está um caos, ainda mais atualmente, com a pandemia e com o descrédito e demérito dos artistas por parte do governo. Então, quem é mais versátil tem mais chances”, explica Bia.

www.instagram.com/biaborinn


Nenhum comentário