Novidades

[Divulgação] Que tal comprar um livro e ainda poder levar a garotada ao Circo?

A Editora Ciranda Cultural em parceria com grandes livrarias de São Paulo e o Circo Spacial convidam pais e crianças para participar do evento do livro Barbareco – O menino que queria ser palhaço neste domingo(27/10), às 14h30.
Esse encontro, que vai reunir muita diversão no Circo Spacial, começará com a sessão de autógrafos do livro do professor e palhaço Mário Pecand. A obra conta ainda com as ilustrações de Claudia Marianno.
O grande presente para os pequenos é que quem comprar o livro antes em uma das lojas da Livraria Cultura participante da promoção (Pompéia, Paulista, Market Place, Iguatemi e Villa Lobos) vai ganhar um par de ingressos para o espetáculo. A promoção também segue na Livraria da Vila (Jardim Sul, JK, Fradique, Alameda Lorena, Cidade Jardim).
Sobre o evento:
Lançamento: 
Barbareco – O menino que queria ser palhaço
Local: 
Circo Spacial
Av. João Dias, 2476 – Santo Amaro – São Paulo – SP
Dia: 27 de outubro
Horário: 14h30 (domingo) 
Ficha Técnica
Título: Barbareco – O menino que queria ser palhaço

Autor: Mário Pecand
Ilustradora: Claudia Marianno
ISBN: 9788538091493
Editora: 
Ciranda Cultural
Páginas: 32
Formato: 26cm x 24cm
Valor: R$ 25,42
Link para venda: http://bit.ly/barbareco
Sobre o livro: Barbareco sonha em ser palhaço, mas a mãe dele não quer nem saber dessa conversa. Sorte que a Fada do Dente e o Palhaço Tok Tok estão por perto e vão ajudar na realização desse desejo.Neste livro gostoso de ler, também em voz alta, o palhaço Tok Tok e Barbareco trazem a magia do circo e mostram como e possível realizar um sonho tendo talento, forca de vontade e, claro, algumas boas piadas.
Sobre o autor: Mário Pecand é professor de teatro, palhaço há mais de 30 anos, contador de histórias e ventríloquo. Quando era pequeno, tinha mania de sentir o cheiro bom dos livros novos. Encantado pelas ilustrações, sempre gostou de ler histórias e curiosidades sobre o mundo.
Sobre a ilustradora: Claudia sempre amou desenhar com lápis de cor e giz de cera, inventando várias histórias e cenários que criava em sua imaginação. A grande preocupação durante sua infância era tentar organizar as cores do giz de cera. Afinal, o bege fica perto do amarelo ou do marrom?




Nenhum comentário