[News] Selva Lírica com Claudia Castelo Branco, Ilessi, Demarca e Thiago Thiago de Mello se apresentam dia 19 na EtnoHaus - Reino Literário Br

Recentes

Home Top Ad

Anuncio aqui

16 outubro 2018

[News] Selva Lírica com Claudia Castelo Branco, Ilessi, Demarca e Thiago Thiago de Mello se apresentam dia 19 na EtnoHaus

Uma canção tem a força de inventar um país. Mais do que uma conclusão sociológica, essa frase exprime uma intuição que os compositores e cantores Claudia Castelo Branco, Ilessi, Thiago Thiago de Mello e Demarca têm em comum. E talvez mais do que um faro curioso pelo universo da canção – sem dúvida um elemento presente entre os quatro - o que mais representa o show SELVA LÍRICA é o encontro. E este encontro poderá ser conferido pelos cariocas no dia 19 de outubro, a partir das 20h, no Etnohaus (Botafogo).
              Através de suas canções (muitas criadas especialmente para o projeto), é feita uma espécie de viagem pelo Brasil, atravessando suas diferentes paisagens e personagens em um roteiro escrito pelo sentimento. 
              Com histórias pessoais e trajetórias artísticas que algumas vezes já haviam se encontrado, no entanto os quatro nunca haviam trabalhado juntos. Isso fez com que houvesse um frescor e, ao mesmo tempo, o desafio de pôr em diálogo compositores que já possuíam uma linguagem própria no campo da canção popular no Brasil. O tino pelos mistérios de uma nação submersa aliou-se à vontade de cantar junto, iluminando assim com suas vozes de timbres variados certos rincões do país, como já fizeram outros espetáculos brasileiros oriundos do encontro de compositores e cantores: Doces Bárbaros (1976), Cantoria (1982), Grande Encontro (1995), entre outros.
              O repertório une canções de todos, incluindo parcerias entre eles e também com outros compositores de regiões e estilos diversos, como Renato Frazão, Thiago Amud, Chico César, Ronaldo Silva, Simone Guimarães, Bianca Gismonti, Bernardo Diniz e Marcos Campello, formando assim um certo mosaico da canção no Brasil de hoje, em que ganha destaque a marca lírica. Com isso, aparecem elementos diferentes entre si mas que acabam formando um todo mais ou menos coerente, fazendo um paralelo com a história nacional, dos encontros e desencontros, alegres e tristes, suaves e violentos entre as raças e culturas que fizeram o país.
              SELVA LÍRICA entra numa floresta onde habitam as muitas veredas da tradição e os legados daqueles que vieram antes de nós, sem deixar de apontar para o futuro. O que há aqui é uma vontade de trazer novos olhares para a música e para o Brasil. Como, por exemplo, em “Quilombo curumim”, música de Demarca com letra de Thiago Thiago de Mello, composta especialmente para o show, em que vem à tona os quilombos na Amazônia e as resistências indígenas à colonização. Retrato musicado de nossa herança doce e violenta.
              Com direção cênica de Fernando Nicolau, os quatro artistas se apresentam juntos no palco com suas vozes e seus instrumentos, inspirados na figura do cantautor: Claudia ao piano, Ilessi, Demarca e Thiago ao violão e guitarra.
              Selvagem e sentimental, espontâneo e vigoroso, doce e violento: assim é o show SELVA LÍRICA.

                  SOBRE OS ARTISTAS

CLAUDIA CASTELO BRANCO - 1981
Com quatro CDs  (“Gisbranco”, “Flor de Abril” ,“Você na Nuvem” e “Pássaros) e dois DVDs lançados ("PianOrquestra: 10 mãos e um piano preparado  e “Duo Gisbranco: 10 anos de Carreira”), a pianista, compositora e cantora já se apresentou em diversos países, como França, Turquia, Italia, Portugal, Canadá, Chile, Suiça e Espanha ao lado de Bianca Gismonti (no Duo Gisbranco), de Claudio Daueslberg (no PianOrquestra) e de Marcos Campello (no projeto "Você na Nuvem"). Seu mais recente álbum lançado, o CD “Pássaros”, foi todo criado em parceria com Chico César e Bianca Gismonti, e contou com participação de Monica Salmaso e Maria João. É mestre em Composição Musical pela UNIRIO.

DEMARCA -  1984
Demarca é cantor, compositor, ator e instrumentista. Suas composições foram gravadas por Paula Santoro, André Muato, Coletivo Chama, Daíra Sabóia, Banda Escambo, entre outros. Em 2013 a cantora Marília Schanuell gravou o disco “Santa Rita”, onde todas canções foram compostas por Demarca. Em 2015, a banda Pietá, da qual é fundador, lança o disco “Leve o que quiser” e Demarca assina sete músicas do disco, a direção musical e grava violão e percussões. Com o show homônimo passa pelos principais palcos do Rio de Janeiro e Brasil. Lançou seu EP solo “Nação Zabumba” em 2018. Como ator seu último trabalho foi na peça "Gabriela - Um musical" dirigido por João Falcão.

ILESSI  1981
Atua como cantora desde 1998, tendo se apresentado em todo Brasil e em países como França, Suécia e Inglaterra. Em 2009 lançou o CD “Brigador - Ilessi canta Pedro Amorim e Paulo César Pinheiro”, que teve a participação de Amélia e Luciana Rabello. Em 2013 estreou o show “Quem me levará sou eu - Ilessi e Diogo Sili interpretam Manduka”. Em 2018 lançou seu 2o CD “Mundo Afora: Meada”, com músicas de novos compositores de todas as regiões do Brasil, como Alexandre Andrés, Milena Tiburcio, Paloma Roriz, Thiago Amud, entre outros. É integrante do grupo LUA - Livre União de Autoras, junto com Carla Capalbo, Iara Ferreira, Milena Tiburcio e Luana Dias, e do Coletivo Essa Mulher, com Aline Gonçalves, Carol Panesi e Marcela Velon, com as quais produziu o festival de compositoras "Sonora".
THIAGO THIAGO DE MELLO  1981
Um dos fundadores da banda Escambo e do Coletivo Chama, Thiago Thiago de Mello é filho do poeta amazonense Thiago de Mello, de quem é parceiro em uma dezena de músicas. Possui também parcerias com Thiago Amud, Edu Kneip, Frederico Demarca, Renato Frazão, Pedro Sá Moraes e Marcelo Fedrá. É doutor em Ciências Sociais, com a tese “MPB não é tudo: os discursos de renovação da música brasileira”. Com o Coletivo Chama, participou de inúmeros projetos no Brasil e no exterior. Com dois discos lançados com a banda Escambo (‘Flúor’ e ‘Neon’) e um com o Coletivo Chama (‘Todo mundo é bom’). Seu show Amazônia Subterrânea foi apresentado em Nova Iorque, onde foi gravado o "Amazonia Underground", lançado pela BlackSalt Records em 2017. Está em fase de gravação de seu novo CD, com previsão de lançamento para o final de 2018.
FICHA TÉCNICA
Direção Musical, Composições e Arranjos:
Claudia Castelo Branco, Demarca, Ilessi e Thiago Thiago
Vozes
Claudia Castelo Branco, Demarca, Ilessi e Thiago Thiago
Violões
Demarca, Ilessi e Thiago Thiago
Piano
Claudia Castelo Branco
Baixo
Elísio Freitas
Percussão
Bernardo Aguiar
Direção Cênica
Fernando Nicolau

LINKS:
YOUTUBE: Selva Lírica – Terreiros

https://youtu.be/QvKoD6g6k10

INSTAGRAM: Selva Lírica
www.instagram.com/selvalirica

Serviço:
Etnohaus e Coletivo Chama apresentam:
etno-chama #5 .:. Selva Lírica 
Dia: 19/10/2018
Horário: casa 19h / show 20h
Local: Etnohaus - Rua das Palmeiras, 26, Botafogo 
Contribuição sugerida: R$20 
Classificação livre



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages