Books Brasil Books

Novidades

[Crítica] O Beco do Pesadelo

 

Sinopse:

Um ambicioso vigarista se envolve com uma psiquiatra que é mais corrupta do que ele. No início, eles aproveitam o sucesso extorquiando as pessoas com seu truque mentalista, mas ela de repente se volta contra ele, manipulando o manipulador.






O quê eu achei?

No começo dos anos 30,Stanton Carlisle (Bradley Cooper)deixa sua casa no Meio-Oeste americano e arranja um emprego como ajudante em um circo itinerante.Quando o selvagem que é a atração principal do circo fica doente,o dono Clem (Willem Dafoe, sempre em boa forma)pede a ajuda de Stan para se livrar dele e Stan fica impressionado com a frieza.Clem explica seu método:ele atraía alcóolatras ou drogados com a promessa de emprego temporário,usa suas dependências para abusá-los fisicamente e mentalmente e fazê-los afundar em um estado de loucura absoluta.Clem mostra a Stan onde ele guarda o moonshine (bebidas alcoólicas normalmente feitas de mosto de milho de baixo teor produzidas de forma ilícita)e o avisa para não confundir com o metanol (chamado de wood alcohol, álcool de madeira em inglês) que ele guarda perto.

Stan começa a encenar uma performance com a clarividente Madame Zeena (Toni Colette)e seu marido,Pete (David Strathairn).O casal usa um método chamado leitura a frio,usada para dar dicas ao outro silenciosamente,fazendo parecer que ele tem poderes mentais extraordinários.Stan os alerta para não usar essas habilidades para fins mediúnicos, já que ele sempre avisa os clientes após as apresentações que era tudo apenas brincadeira, para não machucar os sentimentos dos outros.Stan começa a se aproximar de Molly (Rooney Mara)uma artista cuja performance é resistir à cargas elétricas.Ele oferece que façam um show juntos fora do circo.

Uma noite, Stan, possivelmente acidentalmente, dá a Pete a garrafa errada, e o velho morre por consumir álcool de madeira. Depois disso, Stan jura seu amor à Molly e reitera seu plano. Ela aceita, e eles deixam o carnaval para trás. Dois anos depois, Stan reinventou-se com sucesso como "O Grande Stanton", um ato psíquico para a elite urbana rica de Nova York, juntamente com Molly como sua assistente, usando as técnicas de Zeena e Pete. Durante uma atuação, seu ato é interrompido pela psicóloga Dra. Lilith Ritter (Cate Blanchett), que tenta expor seu sistema de códigos. A leitura fria de Stan permite que ele consiga superar Ritter, mantendo seu ato seguro enquanto a humilha publicamente. Mais tarde, ele é abordado pelo rico juiz Kimball (Peter Macneill), que empregou Ritter para testar Stan. Agora ele está convencido das habilidades de Stan e se oferece para lhe pagar bem para permitir que ele e sua esposa se comuniquem com seu filho morto. Apesar das objeções de Molly em relação ao "show do fantasma", Stan concorda e ele começa ter um conchavo com a doutora em troca de informações confidenciais para manter a farsa.

O tema do circo das aberrações e do mentalista charlatão já foi explorado no cinema e esse filme é um remake de O Beco das Almas Perdidas com Tyrone Power, embora seja mais baseado no livro de William Lindsay Gresham. O beco do pesadelo mostra bem a dureza e a crueldade da realidade de quem trabalhava nesse entretenimento.

Embora o final seja um pouco previsível, do charlatão sendo desmascarado, etc,a tensão psicológica criada em torno do personagem de Bradley Cooper é bem construída e a cena final traz um final interessante para ele, como se um ciclo se reiniciasse. Recomendo para quem gosta de drama.


                            Trailer:






Nenhum comentário