Novidades

[News] ‘Delicadeza é Azul’, filme que traz um panorama sobre o autismo, ganha nesta segunda-feira cartaz e trailer

 



Trailer:



O documentário “Delicadeza é Azul” ganha hoje, 21 de dezembro, cartaz e trailer oficiais. O longa-metragem, dirigido por Yasmin Garcez e Sandro Arieta, traz um panorama sobre o autismo e promove uma reflexão através de depoimentos com famílias que convivem com o Transtorno do Espectro Autista, professores, terapeutas, médicos e artistas. O filme mostra também os desafios, tanto dos familiares, quanto de especialistas, em busca do melhor tratamento, como também questões que abordam a inclusão escolar e na sociedade como um todo. Produzido pela Ubuntu Filmes e coproduzido pela Afinal Filmes, o documentário terá lançamento nos cinemas no dia 14 de janeiro. A distribuição é da Pipa Pictures.

‘Delicadeza é Azul’ questiona, de forma lúdica, o que significa no mundo de hoje uma comunicação relevante através dos cinco sentidos humanos. Na construção dessa narrativa, artistas convidados explicam sobre o que seria o valor funcional e poético de cada um deles: o cantor Ney Matogrosso fala sobre a audição, Bob Wolfenson, fotógrafo, sobre a visão, Roberta Sudbrack, chef, sobre paladar, a perfumista Veronika Kato sobre olfato e, por fim, a artista plástica Suzana Queirosa conversa sobre o tato. Com muita poesia e emoção, o roteiro vai além das dificuldades práticas da síndrome e chama para uma conscientização cada vez mais urgente de que ser diferente é normal.

SINOPSE

"Delicadeza é Azul" sensibiliza o público para um novo olhar sobre o Transtorno do Espectro Autista. Através de entrevistas com crianças de diferentes níveis do espectro, seus familiares, terapeutas, professores e artistas, o filme questiona ludicamente, o que significa no mundo de hoje, uma comunicação relevante através dos cinco sentidos humanos. Cheio de poesia e emoção, o filme vai além das dificuldades práticas da síndrome, gerando reflexão sobre o valor do respeito, do amor e da delicadeza como elementos transformadores de uma realidade que nos chama para uma conscientização cada vez mais urgente de que ser diferente é normal.

FICHA TÉCNICA

Doc 72 min. Brasil

Classificação Indicativa: livre

Um filme de Yasmin Garcez Sandro Arieta

IDEALIZAÇÃO Yasmin Garcez

MONTAGEM Sandro Arieta

TRILHA SONORA Felipe Puppi Mario Wamser Mari Blue

EDIÇÃO DE ÁUDIO Bernardo Gebara

OPERADORES DE ÁUDIO Jorge Florencio Zoatha David

STILL Marcelo Tabach

TRADUÇÃO Daniel Sanches

APOIO INSTITUCIONAL Fiocruz - Fundação Oswaldo Cruz IFF - Instituto Fernandes Figueira

FINALIZAÇÃO Afinal Filmes

ROTEIRO Yasmin Garcez e Sandro Arieta

UMA COPRODUÇÃO Ubunto Filmes Afinal Filmes

DISTRIBUIÇÃO Pipa Pictures

Este filme contou com recursos geridos pelo BRDE + FSA

Sobre a distribuidora Pipa Pictures

Criada em 2002, a Pipa é uma empresa pioneira na promoção, distribuição e lançamento de filmes brasileiros independentes de forma criativa. A análise individual de cada produto sempre foi o grande diferencial da sua proposta e a distribuidora sempre procura identificar ações customizadas para o lançamento comercial de seus diversos títulos. Buscando de forma objetiva atingir o público, a cada filme trabalhado, a Pipa desenha uma estratégia ligada ao perfil do público espectador que se visa alcançar na divulgação e promoção dos filmes e sua exibição em todo o país - seja em salas comerciais e grandes complexos de cinema, bem se apoia no circuito independente no Brasil.

A Pipa tem como meta lançar filmes de valor cultural agregado, reforçando a formação de público e levando produção cinematográfica nacional às telas de cinema. Na sua trajetória no mercado de distribuição estão filmes aclamados em festivais nacionais e internacionais e sucessos de crítica, apostando na força do cinema brasileiro. Entre os principais: "Elvis & Madona", de Marcelo Laffite; "Filhos de João, de Henrique Dantas; o doc "Oscar Niemeyer – A Vida é Um Sopro, de Fabiano Maciel"; Trampolim do Forte, de João Rodrigo Mattos; "Celeste e Estrela", da cineasta Betse de Paula; Outra Memória, de Chico Faganello; Belair, de Bruno Safadi e Noa Bressane e ainda, "Ritos de Passagem" filme de Animação de Chico Liberato.

Recentemente a empresa passou por uma reformulação, somando à seu line up projetos com mais apelo comercial que possibilitem grandes bilheterias, sem abandonar os filmes e o público que preferem obras de relevância artística. Esta nova visão consolidou parcerias em projetos audiovisuais, com destaque para: "Lima Barreto, ao Terceiro Dia" com direção de Luiz Pilar e coprodução com a Globo Filmes;  "Um Dia Qualquer" dirigido por Pedro Von Kruger, com produção da Elixir Entretenimento e Canal Space; "Intruso", de Paulo Fontenelle, numa parceria de produção do Canal Imaginário e Canal Brasil; "Noites de Alface" filme de Zeca Ferreira, produzido pela Afinal Filmes, entre outros.





Nenhum comentário