Novidades

[News] Rinoplastia vira moda entre os famosos. Cirurgião aponta cuidados que você precisa ter antes de realizar a cirurgia

 

MC Mirella fez rinoplastia antes de entrar em "A Fazenda 12"

A rinoplastia tem conquistado muitos famosos nos últimos tempos. Celebridades como MC Mirella, ex-BBB Flayslane, Lucas Vianna, influencer Sthefane Matos, são uns dos nomes que aderiram ao procedimento que consiste em melhorar a aparência do nariz e/ou ajudar na respiração. 

Luiz Haroldo Pereira, cirurgião plástico com mais de 40 anos de experiência, explica: “Conhecida popularmente como cirurgia plástica no nariz, ela é feita para aperfeiçoar a harmonia entre o nariz e a face. Além disso, também pode ser feita em conjunto com outras técnicas para melhorar a respiração decorrente de alterações no septo nasal e/ou válvulas nasais.

O médico, pioneiro na Lipoaspiração no Brasil, afirma que algumas medidas devem ser feitas adequadamente para garantir o sucesso do procedimento:




1) Escolha um profissional adequado


Independente do tipo de cirurgia, esteja ciente que está com um cirurgião responsável e de qualidade, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Converse com os pacientes que já passaram pelas mãos do cirurgião, confira os resultados na medida do possível e faça a escolha certa.




2) Avaliação/ Análise funcional  


O primeiro encontro é de extrema importância. É nele que o paciente poderá esclarecer todas as dúvidas sobre como funciona o procedimento e o que poderá ser feito para melhorar a questão respiratória, estética ou ambas. 


Deve ser feita uma análise funcional do nariz, que consiste em saber se o paciente respira bem, ou seja, se possui outros problemas nasais, como por exemplo, desvio de septo, hipertrofia dos cornetos e rinites. A avaliação deve ser feita por um otorrinolaringologista que deve passar um laudo do diagnóstico para o cirurgião plástico.




3) Ter consciência de que menos é mais


Um bom profissional vai sempre manter a harmonia do rosto. Não adianta uma pessoa chegar no consultório levando fotos de celebridades e pedir: ‘quero o nariz dela’.  Cada caso tem que ser estudado minuciosamente, objetivando dar ao nariz a melhor forma possível, dentro das exigências do rosto, para um equilíbrio estético entre o nariz e face. O paciente precisa ter expectativas reais sobre o que pode ser mudado




4) Realizar os exames pré-operatórios


Os exames pré-operatórios tem como objetivo minimizar os riscos do procedimento cirúrgico e anestésico. São de extremo valor para o cirurgião conhecer melhor seus pacientes e traçar a estratégia mais eficaz para cada um.




Para realização da rinoplastia os exames pré-operatórios são: hemograma completo, coagulograma, urina, radiografia de tórax, eletrocardiograma e risco cirúrgico. Dependendo do caso, o médico pode pedir exame de imagem, como a tomografia computadorizada, com o intuito de avaliar com mais detalhes a estrutura nasal.




5) Seguir à risca as recomendações médicas após o procedimento




O pós operatório da rinoplastia é um pouco incômodo sim, mas as dores podem ser perfeitamente controladas com medicação. Deve ser feito com paciência, pois o resultado do procedimento não depende somente do cirurgião, mas também, dos cuidados do paciente em casa. O inchaço e os hematomas costumam reduzir, após 6 semanas do procedimento.


Os resultados começarão a ser notados à partir dos 30 primeiros dias, mas, é somente depois do 6º mês à 1 ano, que serão vistos definitivamente, pois vai depender da cicatrização completa do nariz.

Outra informações: 

Anestesia: A cirurgia de rinoplastia é feita com anestesia geral ou local com sedação.

Duração: A cirurgia de rinoplastia dura em média de 1 a 3 horas.

Tempo de hospitalização: A internação é de cerca de 12 horas.

Recuperação: Em 12 meses depois da rinoplastia, pode-se obter o resultado final.

Mais sobre Dr. Luiz Haroldo Pereira:

Dr. Luiz Haroldo Pereira, que atende em Copacabana, no Rio de Janeiro, é referência em cirurgia corporal ou na face no Brasil. Ele se especializou na França, onde participou da equipe do Dr. Pierre Fournier. O médico tem mais de 25 artigos publicados nas mais diversas e importantes revistas nacionais e internacionais sobre cirurgia plástica e é autor de vários capítulos de livros sobre lipoaspiração, lipoenxertia, próteses de silicone, cirurgias de face e gluteoplastia, sendo considerado fonte no Brasil para todos estes assuntos.

Ele já foi presidente regional da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) do Rio Janeiro, participou da banca de exames para título de especialista em cirurgia plástica durante 12 anos e, desde 2006, é membro da comissão de avaliação para médicos que desejam se torna titulares da SBCP, capacitados para realizar as cirurgias de abdominoplastia, lipoaspiração, implantes de silicone e outros procedimentos. 




Nenhum comentário