Novidades

[News] Canal Brasil estreia série de terror inspirada na obra de Vinicius de Moraes


Com criação de Caetano Gotardo, Marco Dutra e Renato Fagundes e direção geral de Caetano e Marco, os seis episódios de “Noturnos” são dirigidos por cineastas da nova geração que se destacam no gênero

Andrea Marquee, Ícaro Silva, Marjorie Estiano, Rafael Losso e Vaneza Oliveira fazem parte do elenco

“Noturnos”, série original do Canal Brasil, com produção de A Fábrica, vai revelar um lado menos conhecido - mas fascinante - da obra de Vinicius de Moraes. Os episódios adaptam poemas e contos do Poetinha num gênero surpreendente: o terror. A atração estreia na quarta-feira, dia 21, às 22h e, na mesma data, todos os episódios estarão disponíveis nos serviços de streaming Canais Globo e Globoplay.

Noturnos será lançada com uma coletiva de imprensa virtual, que vai reunir na terça-feira, dia 20, os diretores gerais Marco Dutra & Caetano Gotardo, os atores Andrea Marquee, Ícaro Silva, Marjorie Estiano e Rafael Losso e Renato Fagundes, um dos criadores da série. A mediação será de Simone Zuccolotto. Clique aqui para se inscrever.

Com direção geral da dupla Caetano Gotardo & Marco Dutra (de filmes como “Todos os Mortos”, que dirigiram juntos, e “As Boas Maneiras”, que Marco dirigiu com Juliana Rojas e que Caetano montou), a série de seis episódios tem como ponto de partida sete contos e poemas de Vinicius: “Balada do Morto Vivo”, “O Mágico”, “Operário em Construção”, “Conto Carioca”, “Conto Rápido”, “A Grande Voz” e “O Incriado”. O elenco reúne nomes como Andrea Marquee, Thaia Perez, Ícaro Silva, Marjorie Estiano, Rafael Losso, Vaneza Oliveira, Bernardo de Assis, Larissa Siqueira, Rogério Brito, Eduardo Gomes, Edgar Castro, Bruno Bellarmino e Gilda Nomacce.

Presos num teatro por conta de uma sombria tempestade que inundou a cidade, os atores da Noturna Companhia de Teatro trocam, ao longo de uma única noite, experiências e histórias que fazem referência a vários subgêneros dentro do terror, do gore ao fantástico. Os cenários variam: uma casa às margens do Rio Negro, no Amazonas; uma Casa Grande do século 18; o canteiro de obras de um prédio que está prestes a desabar; uma praia... O tom é de terror psicológico, em busca do equilíbrio entre a sofisticação e o apelo popular que marca a obra de Vinicius de Moraes. Neste caso, um Vinicius revelador, inesperado.

Escritos por Marco Dutra, Caetano Gotardo, Gustavo Vinagre e Alice Marcone, os episódios têm diferentes diretores convidados da nova geração do cinema brasileiro, muitos deles ligados ao terror. Fazem parte da lista Gabriela Amaral Almeida, Vinícius Silva, Rodrigo Aragão, Gustavo Vinagre e Aaron Salles Torres, além dos próprios Marco e Caetano.

Noturnos (2020) (6 X 45min, em média)
 
INÉDITO e EXCLUSIVO
 
Classificação: 16 anos
Estreia: quarta, dia 21/10, às 22h.
Horário: quarta, às 22h
Alternativos: madrugada de quinta/sexta, à 1h20 e madrugada de segunda/terça, às 2h20.
Todos os episódios também estarão disponíveis nos serviços de streaming Globoplay e Canais Globo, a partir de 21/10

Série em 6 episódios baseada em textos de Vinicius de Moraes
Criação: Caetano Gotardo & Marco Dutra, Renato Fagundes
Roteiros: Alice Marcone, Caetano Gotardo, Gustavo Vinagre, Marco Dutra
Direção Geral / Direção do Teatro: Caetano Gotardo & Marco Dutra
Diretorxs Convidadxs / Direção dos Contos: Gabriela Amaral Almeida, Vinícius Silva, Rodrigo Aragão, Aaron Salles Torres, Gustavo Vinagre

ELENCO GERAL

Noturna Companhia de Teatro
Andrea Marquee – Joana / Lunalva / Núbia / Operária 3 / Jairo
Bernardo de Assis – Jorge / Gilberto / Pedro / Osvaldo
Ícaro Silva – Marcus / Tião / Operário 2 / Jorge
Rafael Losso – Antônio / Bill / Operário 1 / João
Thaia Perez – Tatiana / Leocádia
Vaneza Oliveira – Heloísa / Francisca / Pastora

Os Estranhos
Larissa Siqueira – Moema
Rogério Brito – Lauro
Bruno Bellarmino – Anderson
Thaís Almeida Prado – Miriam
Enrico Cazzola – Cristian
Marjorie Estiano - Ana

Os “Antigos Atores”
Eduardo Gomes – Rubens / Gerson / Cliente do Bar
Edgar Castro – Benedito / Gilson
Natália Molina – Isabel
Carlota Joaquina – Maria, a avó / Cliente do Bar
Gilda Nomacce – Proprietária / Inês
Alice Marcone – Exorcizada
Preta Ferreira como Beatri

EQUIPE

Criação: Marco Dutra & Caetano Gotardo, Renato Fagundes
Direção Geral: Marco Dutra & Caetano Gotardo
Direção: Gabriela Amaral Almeida, Vinícius Silva, Rodrigo Aragão, Aaron Salles Torres, Gustavo Vinagre, Marco Dutra, Caetano Gotardo
Roteiros: Alice Marcone, Caetano Gotardo, Gustavo Vinagre e Marco Dutra
Produção: A Fábrica – Luiz Noronha, Cecília Grosso, Samanta Moraes
Gerente de Produção Executiva: Claudia Novaes
Produção Associada: Filmes do Caixote
Coprodução: VM Cultural
Diretora de Fotografia: Cris Lyra
Fotografia Adicional / Operação de Câmera: Flávio Rebouças
Diretora de Arte: Ana Paula Cardoso
Caracterização e Maquiagem: Andréa Tristão
Figurino: Gabriella Marra
Montagem: Eduardo Aquino, Gabriel Pessoto, Lincoln Péricles
Trilha Original: Garbato + Loud (Guilherme Garbato & Gustavo Garbato)
Canções: Marco Dutra & Caetano Gotardo
Som Direto: Antônio Grosso
Desenho de Som e Mixagem: Daniel Turini, Fernando Henna, Henrique Chiurciu, Cauê Shimoda (Confraria de Sons & Charutos)
Efeitos: Rodrigo Aragão, Joel Caetano, LUVA, Martão
Produtora de Elenco: Alice Wolfenson
Pós-Produção: Melissa Flores, Carolina Costa, Leo Nunes
Primeira Assistente de Direção: Tarsila Araújo
Diretora de Produção: Cristina Alves
Abertura e Créditos: Beatriz Dorea, João Marcos de Almeida
Esta obra contou com recursos geridos pela Ancine – FSA / BRDE.


EPISÓDIOS, SINOPSES & CRÉDITOS ESPECÍFICOS

EPISÓDIO 1 – O Sol das Almas (48min) | A partir do poema “Balada do Morto Vivo”
Direção: Gabriela Amaral Almeida & Marco Dutra
Sinopse: Uma tempestade deixa presos dentro de um teatro os membros da Noturna Companhia durante o ensaio de sua nova peça – o musical “Ana e os Outros”. Entre eles, a diretora Tatiana, a dramaturgista Heloísa e os atores Joana, Antônio, Jorge e Marcus. Para passar o tempo, Marcus sugere que eles contem uns para os outros histórias de terror. Ele mesmo começa, contando a suposta história da avó, Lunalva, e de sua misteriosa relação com um inglês chamado Bill, no Amazonas dos anos 40, durante o ciclo da borracha...

EPISÓDIO 2 – A Pedra que Brilha (39min) | A partir do texto “O Mágico”
Direção: Vinícius Silva
Sinopse: A tempestade segue forte. Agora é Antônio quem conta sua história – na verdade, sua lembrança da encenação da primeira peça de Tatiana, um espetáculo chamado “O Mágico”, que ela mesma preferia ter esquecido. A peça abordava o tema da escravidão nas Minas Gerais do século 18. Mas havia na abordagem algo mais perturbador, algo muito estranho. Ao terminar sua história, Antônio é acuado por Tatiana e resolve ir embora do teatro no meio da tempestade.

EPISÓDIO 3 – Os Ossos do Ofício (44min) | A partir do poema “O Operário em Construção”
Direção: Rodrigo Aragão
Sinopse: Antônio retorna, encharcado, acompanhado por Moema e Lauro, dois estranhos que o salvaram da correnteza violenta. Quando todos estão aquecidos e mais calmos, Heloísa é instigada por Tatiana a narrar algo. Heloísa conta, então, a tenebrosa história de alguns operários trabalhando numa obra subterrânea claustrofóbica, prestes a desmoronar – um pouco como o próprio teatro onde nossos personagens se encontram...

EPISÓDIO 4 – A Mulher na Sombra (44min)| A partir dos textos “Conto Carioca” e “Conto Rápido”
Direção: Aaron Salles Torres
Sinopse: É a vez de “os estranhos” Moema e Lauro contarem uma história. Eles dizem que preferem narrar algo mais animado, leve, algo mais solar. A história deles se passa numa praia. É uma história de sedução que começa um tanto tranquila, mas que logo revela seu lado doentio.

EPISÓDIO 5 – O Filho Perfeito (43min) | A partir do poema “A Grande Voz”
Direção: Gustavo Vinagre
Sinopse: Em choque com a história dos estranhos, Jorge resolve narrar um conto que ele jura ser a história de sua própria família – em especial a de seu pai e de seu irmão. É uma história de fanatismo, sacrifício e morte. Mas é também um olhar alegórico sobre sua transexualidade. Ao fim de sua história, a energia elétrica do teatro cai. Todos ficam na escuridão. A tempestade está mais forte do que nunca.

EPISÓDIO 6 – O Feixe de Contradições (50min) |A partir do poema “O Incriado”
Direção: Caetano Gotardo & Marco Dutra
Sinopse: É a vez de Joana, a protagonista da peça que está sendo ensaiada, narrar sua história. Mas ela está nervosa com o que pode estar acontecendo com sua filha do lado de fora do teatro, na cidade. Os celulares começam a morrer um por um. Joana delira. Caminha pelo teatro, que agora é um espaço de pesadelo, já invadido pela água. Ela encontra, um a um, seus colegas de cena. Mas eles não parecem mais ser os mesmos. 
 
 

 


Nenhum comentário