Novidades

[News] Plataforma de streaming Filme Filme é reformulada e se torna S-VOD

 

Lançada há cinco meses, a plataforma  Filme Filme mudou o plano de negócios para S-VOD – sistema que oferece conteúdo aos membros por meio de uma assinatura. Criado por Bruno Beauchamps, com Victor Takahashi como CTO e co-funder, e agora com Bruno Wainer como padrinho, o projeto dos cineastas pode ser considerado como um “cinema de rua”, só que digital e dentro do conceito multiplex: 4 salas, 4 gêneros diferentes, 4 nichos reunidos no mesmo lugar.

“Partimos do princípio que os nossos membros são espetaculares e são eles que tomam a decisão. Em pesquisa feita com os assinantes da antiga plataforma T-VOD, 87% relataram a preferência em pagar um valor simbólico mensal e assistir todo o conteúdo disponível”, explica Beauchamps. “Nossa ideia é oferecer conteúdo de qualidade para um público diverso. A proposta é um catálogo pequeno que provoque a escolha rápida e certeira do assinante”, complementa.

Com Victor como CTO (Chief Technological Officer), a tecnologia da startup nasceu do zero e existe na condição de melhoria dos aplicativos semanalmente. “Desenvolvemos toda a tecnologia do zero e dentro de casa. Fizemos essa escolha para oferecer a melhor solução de streaming, com alta qualidade de imagem e pensando sempre no prazer da experiência aos nossos membros”, explica Victor.

Focada em curadoria, realizada também por Letícia Santinon, a plataforma tem como objetivo se tornar uma comunidade de cinema – seja ele para cinéfilos, filmes comerciais ou entretenimento em geral. Entre as categorias Filmes de Festivais, Documentários e Júri Popular, a inédita curta-metragens mescla conteúdo de grandes nomes da sétima arte, com iniciantes, e pretende gerar a cultura de consumo desse gênero audiovisual.

“A curadoria da Filme Filme busca oferecer a melhor experiência ao nosso público, apresentando um panorama do cinema nacional e internacional, desde a mais recente produção de jovens talentos brasileiros até os grandes sucessos que passaram pelos mais consagrados festivais do mundo”, explica a curadora Letícia.

O negócio já conta com parceria de renomadas distribuidoras nacionais como DownTown Filmes, Imovision, Pagu Pictures, Fenix Filmes, Taturana Filmes, entre outras. Desde a reformulação de formato, já foram disponibilizados 44 filmes em cartaz e no catálogo, e a cada quinta-feira, tal qual a tradição das salas de cinema, entram quatro lançamentos. Cada filme fica um mês em cartaz e dois meses em catálogo. Após 90 dias sai da plataforma e dá espaço para um novo título.    

“A criação de novas plataformas de streaming é fundamental para o consumidor ter a sua liberdade de escolha preservada. É o caminho para a circulação de uma produção que não encontramos nas plataformas mainstream, por isso o meu apoio à Filme Filme", reflete Bruno Wainer.

A Filme Filme  pode ser adquirida no plano mensal de R$ 10,00 ou anual por R$ 96,00, tanto no boleto quanto no crédito. O cancelamento é gratuito.

Sobre Filme Filme

Plataforma de streaming criada por Bruno Beauchamps, que traz para o universo virtual o formato do cinema multiplex: 4 salas, 4 gêneros diferentes, 4 nichos reunidos no mesmo lugar. Com plano mensal e anual a preço popular, o site traz as seguintes categorias: Filmes de Festivais, Documentários, Júri Popular e Curta-Metragens. Além dos filmes do catálogo, a plataforma também faz lançamento de 4 filmes semanais.


 


Sobre  Bruno Beauchamps


Bruno Beauchamps começou no cinema aos 15 anos de idade como estagiário de "Madame Satã", filme de Karim Anuiz. Após a primeira experiência, participou de 7 longas-metragens como assistente e se encontrou na distribuição e no "fazer business" do cinema. Além da experiência no universo cinematográfico, Beauchamps foi fundador e CEO do primeiro site de crossfunding do Brasil, o SIBITE. Cruzando investimento público, patrocínio de marcas e doações de pessoas físicas, foi investido em sua plataforma mais de R$ 9 milhões em seis anos de operação.

Fundou a distribuidora de cinema PAGU PICTURES  e lançou mais de 30 filmes, entre eles importantes nomes do cinema nacional e internacional, como: “Gabriel e a Montanha”, de Fellipe Barbosa; “On Yoga: Arquitetura da Paz”, de Heitor Dhalia; “Um Banho de Vida”, de Gilles Lellouche; e “O Anjo”, dirigido por Luis Ortega. Em 2020 lançou a plataforma de cinema FILME FILME -  espaço onde a curadoria e a experiência do membro sejam o ponto de partida e que o público assista mais e procure menos

Sobre Victor Takahashi

Victor é CTO e Co-Founder da Filme Filme, engenheiro de computação e engenheiro de produção. Antes de embarcar no mundo do cinema, trabalhou no Itaú durante 5 anos e fundou a INDEVS, empresa do ramo de tecnologia e desenvolvimento de software. Sua paixão por computadores começou logo cedo quando aprendeu a ler, aos 4 anos de idade, e logo estava programando jogos e websites.

Sobre Letícia Santinon

Leticia Santinon tem mais de 10 anos de experiência em curadoria e produção de festivais de cinema. Graduada em Administração de Empresas e Ciências Sociais, foi Gerente de Difusão da Spcine, responsável pelo  Circuito Spcine (rede de 20 salas públicas de cinema na cidade de São Paulo) e Spcine Play (a primeira plataforma VOD pública brasileira). Trabalhou entre 2015 e 2017 na Vitrine Filmes, na gerência de lançamentos e análise de novos projetos. Durante cinco anos (2010 a 2015) programou os cinemas do Centro Cultural São Paulo (CCSP), e entre 2013 e 2015 integrou a comissão de curadoria de cinema do Circuito Municipal da Cultura. Atualmente realiza a curadoria na plataforma de streaming Filme Filme e atua na aquisição da distribuidora Pagu Pictures.

 



Nenhum comentário