Novidades

[News] Editora do Brasil conquista Selo Altamente Recomendável para seis títulos de literatura

 

Seis livros de literatura lançados pela Editora do Brasil no biênio 2019/ 2020 receberam hoje o selo ALTAMENTE RECOMENDÁVEL da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil:

Altamente Recomendável FNLIJ 2020– Produção 2019:

- Categoria Criança: O livro maluco das poções mágicas. Texto de Leo Cunha. Ilustrações de Mariana Massarani.

- Categoria Jovem: O Haiti de Jean. Texto de Cassiana Pizaia, Rima Awada Zahra e Rosi Vilas Boas. Ilustrações de Angelo Abu.

- Categoria Jovem: Origens. Texto de Alexandre de Castro Gomes, André Kondo, Eliane Potiguara, Luis Eduardo Matta e Sonia Rosa. Ilustrações de Fabio Maciel.

- Categoria Poesia: Minha Pasárgada. Texto e ilustrações de Rosinha.

- Categoria Reconto: O homem sem alma. Texto e ilustrações de Nireuda Longobardi.

- Categoria Informativo: Tapete vermelho. Texto de Ana Paula Bernardes e Tino Freitas. Ilustrações de Sandra Jávera.

As obras premiadas fazem parte do Acervo Básico da FNLIJ, que tem como objetivo orientar a compra e acompanhamento pedagógico para o seu uso efetivo em sala de aula – além de concorrer ao Prêmio FNLIJ - O Melhor para Criança, a distinção máxima concedida aos melhores livros infantis e juvenis.

"A FNLIJ é uma das instituições mais respeitadas e tradicionais do Brasil quando o assunto é livro infantil e juvenil. Receber o selo Altamente Recomendável é uma grande honra. Tê-lo em 6 de nossos títulos da última produção, então, que fizemos com tanto empenho e carinho, é um presente maravilhoso para todos nós. Estamos muito felizes e torcendo agora pela possibilidade de levarmos o prêmio principal da Fundação este ano nessas categorias.”, diz Gilsandro Vieira Sales, supervisor de Edição de Literatura e Paradidáticos da Editora do Brasil.

Conheça mais sobre os contemplados da Editora do Brasil com o selo Altamente Recomendável FNLIJ 2020– Produção 2019:

- Categoria Criança: O livro maluco das poções mágicas

Texto de Leo Cunha. Ilustrações de Mariana Massarani




Nenhum comentário