Novidades

[Programação] Teatro de 22 a 29 de janeiro

    Confira a programação de teatro da semana:
                      
                  Teatro da Gávea:
Loloucas,sextas e sábados ás 21h e domingos às 20h, até dia 24 de fevereiro.90 a inteira e 45 a meia.


No espetáculo, as velhinhas, assíduas frequentadoras de teatro, chegam atrasadas a uma peça e, ao tentarem ir embora, se dão conta que estão no palco, onde, a partir daquele ponto de vista inédito, acabam se abrindo sobre suas histórias de vida e virando protagonistas de seu próprio espetáculo.
Quem costura a trama é o experiente ator e diretor Otávio Muller, que optou por uma cena sóbria, elaborada pelo cenógrafo Dado Marietti, onde o foco é o trabalho das duas atrizes: “A coisa que mais me interessa é a comunicação, baseada em um texto vivo. Em geral, vou pelo caminho do que é mais simples, como fazia o Asdrúbal (Trouxe o Trombone), por exemplo, e como fiz n’A vida sexual da mulher feia e em Josephine Baker, duas experiências especiais que vivi como diretor”, explica Otávio.

O pequenino grão de areia,sábados e domingos às 17h, até 31 de março.60 a inteira e 30 a meia.

O Grão Sonhador se apaixona por uma estrela do céu. Todos os outros grãos tentam convencê-lo de que é impossível este namoro, mas ele não desanima e conta com a ajuda de todos, até que a natureza resolve intervir nesse amor.

O objetivo do projeto é levar às crianças a importância dos sentimentos, a necessidade da perseverança para se alcançar um objetivo e o quanto precisamos da ajuda do próximo.
De maneira sutil e delicada, o autor utiliza-se do universo lúdico da natureza para explicitar um amor – aparentemente – impossível, mostrando ao universo infantil a importância que a natureza e o meio-ambiente têm, abordando os seres vivos, a água, a preservação e a ecologia.
A mensagem do texto é: Nunca desista de um grande sonho, mesmo que você seja um pequenino grão de areia.

Ponte GG,quintas às 21h, até 31 de janeiro. 50, preço único.

Inspirado pelo documentário “The Bridge” do diretor Erick Steel, que registrou imagens reais de pessoas pulando da ponte Golden Gate, Igor Cosso ficou perturbado por um zumbido e não teve outra escolha a não ser escrever essa tragicomédia ganhadora de Melhor Texto, julgada pelo ator e escritor Gregório Duvivier, no FESTU RIO e no FESQ Cabo Frio.
Depois de duas temporadas de sucesso, está de volta o espetáculo que conta a história de seis brasileiros que se cruzam no alto da ponte mais famosa de São Francisco. O que parecia ser uma simples visita ao ponto turístico se transforma numa loucura. Segredos são revelados, zumbidos perturbam e continuar a viver parece não fazer mais sentido. Mas afinal, se todos vamos morrer um dia, se a Ivete Sangalo vai morrer um dia, qual o sentido da vida?
Através do humor absurdo e gargalhadas nervosas, o espetáculo questiona a nossa existência exaltando o bem mais precioso que existe: a vida.


Os homens querem casar e as mulheres querem sexo 2,todos os sábados às 22h:50, até 23 de fevereiro.

Se em “Os Homens Querem Casar e As Mulheres Querem Sexo”, Jonas (Carlo Simões) entra em crise após ser abandonado no altar pela terceira vez e se desespera por constatar que é apenas usado sexualmente pelas moças, agora duas revelações mudam sua vida. Ele encontra Deus (Drika Matos) e descobre que, além de mulher, o Divino é cearense. É quando Deus propõe a Jonas passar a sentir tudo que as mulheres sentem para entender, enfim, a visão feminina sobre o universo masculino. “Além de atender a um pedido do público para que a peça ganhasse sequência, esta continuação tem muito do amor que sinto pelo mundo feminino e pelas nordestinas, em especial pelas cearenses. Já namorei quatro e acho que o humor das nordestinas está relacionado diretamente à inteligência”, relata Carlo.


Dona Baratinha-O musical, sábados, domingos e feriados às 17h, até 27 de janeiro.70 a inteira e 35 a meia.

A divertida comédia musical conta a história de uma baratinha que depois de falida ganha uma herança de sua avó e muito exigente começa a busca pelo pretendente ideal para o seu grande casamento. Em sua vila, a amiga de Baratinha, Tânia Jura, e uma mosca varejeira muito interesseira, irão ajudá-la nesta difícil missão. Muitos pretendentes irão aparecer para se casar com a mais ‘nova rica’ do pedaço, mas Dona Baratinha terá que escolher apenas um, entre eles: o grilo, o mosquito e o rato. Quem será que Dona Baratinha irá escolher? Será que fará a escolha certa?

Perfume de mulher,quinta a sábado às 21h e domingo às 20h.
Quinta-feira: R$ 80,00/ R$ 40,00 (meia)
Sexta-feira a domingo: R$ 90,00 (inteira)/ R$ 45,00 (meia)
Ingressos populares: R$ 50,00 (inteira)/ R$ 25,00 (meia)

Minha vida daria um bolero,quartas e quintas às 21h, até 7 de fevereiro. 70 a inteira. 

“Tú te Acostumbrastes”; “Solamente uma Vez”; “Angustia”; “Besame Mucho”; “Contigo Aprendi”; “ Noite de Ronda”; “ Vereda Tropical” e mais 11 boleros que fazem parte do imaginário coletivo são o pretexto para contar a história do musical “Minha Vida Daria um Bolero”, de Artur Xexéo, com Françoise Forton e Aloísio de Abreu no elenco. ”Poucos gêneros musicais falam tanto do amor quanto o bolero: paixões não correspondidas, relações interrompidas e amores proibidos. O bolero adequado a uma comédia romântica é suave e leve. Todo mundo já se emocionou com algum bolero. Há toda uma geração que dançou de rosto colado ouvindo Nat King Cole cantar “Aquellos ojos verdes”, ou as cantoras da Era do Rádio, a Nana Caymmi”, conta Xexéo, que em 2019 completa 43 anos dedicados ao jornalismo, destes, 9 compartilhados com o teatro. Itamar Assiere, além fazer a direção musical, toca piano ao lado do percussionista Diego Zangado. A direção é de Rubens Camelo e Paulo Denizot – também assina a iluminação da comédia musical -, que faz temporada a partir do dia 2 de janeiro, sempre às quartas e quintas, às 21h, no Teatro Vannucci – Shopping da Gávea.


Nenhum comentário