24 outubro 2018

[Primeiras impressões] 8ª temporada de Suits


Sinopse:
Após Mike e Rachel se mudarem para Seattle para comandar um novo escritório de advocacia, Harvey Specter (Gabriel Macht) continua a advogar na Specter Litt com seu parceiro Louis Litt (Rick Hoffman), a secretária promovida a gerente Donna Paulsen (Sarah Rafferty) e com o apoio de Alex Williams (Dulé Hill) e da talentosa Katrina Bennett (Amanda Schull). Tudo muda com a chegada de Samantha Wheeler (Katherine Heigl), a nova parceira da firma que desafiará o status quo e terá potencial para se tornar tanto a maior aliada quanto a mais poderosa inimiga da empresa.

O que eu achei?
Harvey irá encontrar em Zane a chance de continuar como uma grande empresa e transformar essa união numa grande fusão das firmas.
Mas Zane não virá sozinho e irá trazer consigo seu braço direito Samantha que busca sua oportunidade de enfim ver seu nome na parede, enquanto Harvey fez a mesma promessa a Alex de torná- lo sócio nominal da empresa. 
A partir dessas pessoas irá ter que dividir a empresa e cada um lutar pelo seu, mas sempre com o pensamento de ajudar a Zane-Specter-Litt.

Enquanto isso, Louis decide ter um filho com sua noiva e descobrirá que nada será tão simples, afinal ela já está chegando numa idade difícil de ter um bebê e paralelo a isso tem as dualidade de crenças, ele é judeu e ela é católica.
A empresa irá se transformar num campo de batalha entre Samantha e Alex, Katrina irá se tornar sócia sênior a pedido de Louis e em meio a sua promoção terá que lidar com o interesse por um colega de trabalho casado.
Por hora chega de spoilers....

A saída de Mike é sentida e por muitas vezes relembrada, mas nada atrapalha o roteiro refinado e as atuações impecáveis do atores.


Trailer:

Nenhum comentário

Postar um comentário