24 agosto 2018

[Crítica] Te Peguei!

Sinopse: Desde a primeira série na escola, um grupo de cinco amigos têm um hábito curioso que realizam pelo menos uma vez ao ano: brincar enlouquecidamente de pega-pega, correndo em uma competição alucinante para ser o último homem de pé ao final da brincadeira, arriscando seus empregos e relacionamentos. Neste ano, que coincide com o casamento do jogador invicto da trupe, eles tentam de tudo para derrubá-lo nesse momento de vulnerabilidade.

O que eu achei: 
O que acontece quando 5 adultos levam a sério demais uma brincadeira de pique-pega? Esta é a história do novo filme da Warner, Te peguei (Tag), baseado em fatos reais, temos um grupo de amigos de longa data que tiram um mês por ano para jogar a vera onde qualquer lugar e qualquer momento eles podem ser pegos.

Jerry (Jeremy Renner), Hoagie (Ed Helms), Bob Callahan (Jon Hamm), Kevin Sable (Hannibal Buress) e Randy “Chilli” (Jake Johnson) – se reúnem durante o mês de maio para dar continuidade a um jogo extremamente competitivo de pique-pega que iniciaram quando ainda eram crianças. Trinta anos depois, cada um foi para uma direção, mas tendo como lema “não paramos de brincar porque crescemos, mas crescemos porque paramos de brincar”, os amigos ainda se encontram para manter a tradição. O jogo desta vez coincide com o casamento de Jerry, o único que nunca foi pego. Hoagie desta vez tem um objetivo muito específico em mente: pegar Jerry, que planeja se aposentar e manter seu recorde perfeito.


A premissa que parecia ser fraca se revelou uma surpresa quando nas telas. O roteiro traz personagens que cativam, mesmo que alguns causem irritação. As cenas se desenvolvem com uma seriedade digna de um filme de espionagem o que gera risadas mesmo que não seja realmente cômico. Ele segue a receita clássica de uma comédia, um elenco de peso, referências à outros clássicos de comédia e, em um determinado momento, um toque de drama.


O filme é excelente e o fato de ter sido baseado numa história real faz com que ele se torne incrível já que muitas das situações no filme foram realmente vividas pelo grupo de amigos da vida real.


Assista ao trailer:




Por Rafaella Judd

Nenhum comentário

Postar um comentário