Novidades

[News] Projeta às 7 volta em março com filme de Bruna Marquezine, novas cidades e sessões aos finais de semana

O Projeta às 7, iniciativa da rede Cinemark em parceria com a distribuidora Elo Company para acessibilizar produções nacionais no cinema - oferece sessões a R$ 12 -, retorna neste ano com uma série de novidades, entre elas a inclusão de salas participantes. O projeto começa a operar em Florianópolis (Floripa Shopping), Guarulhos (Internacional Shopping), Barueri (Shopping Tamboré), e, além das exibições já comuns durante a semana - sempre às 19h -, passará a oferecer opções em um final de semana por mês nas cidades de São Paulo (Shoppings Eldorado e Santa Cruz), Rio de Janeiro (Downtown), Brasília (Pier 21), Salvador (Salvador Shopping) e Recife (Riomar). 

Outro destaque é extensão de tempo em cartaz. Antes, os filmes estavam disponíveis por quinze dias, agora estarão um mês. 

A primeira estreia do Projeta às 7 do ano, que considera essas mudanças, será no dia 5 de março, com o filme “Vou Nadar Até Você”, protagonizado por Bruna Marquezine. O longa conta a história de Ophelia, uma fotógrafa da cidade de Santos (litoral sul de São Paulo) que decide ir até Ubatuba (litoral norte do mesmo estado; cerca de 281 km de distância) à nado para encontrar o pai alemão que nunca conheceu. 

Durante o trajeto, Ophelia reflete sobre a busca pelo pai por meio da fotografia, ao mesmo tempo em que encontra pessoas que fizeram parte da vida dele enquanto esteve no Brasil. 

Os filmes participantes do Projeta às 7 são de diversos gêneros, vindos de norte a sul do Brasil, dirigidos por homens e mulheres consagrados ou iniciantes. 

Sinopse

A jovem fotógrafa Ophelia acredita ter descoberto quem é seu pai e, determinada, sai de Santos, a nado, rumo a Ubatuba, onde espera encontrá-lo. Antes de partir, envia-lhe uma carta avisando que está a caminho.

Ficha Técnica: 

Direção: Klaus Mitteldorf

Produção:Geórgia Costa Araújo e Joana Mariani

Coprodução: Diane Maia e Klaus Mitteldorf 

Produção Executiva: Luciano Patrick, Justine Otondo, Peter Ketnath

Roteiro:
 Nina Crintzs

Argumento:
 Klaus Mitteldorf e Patrícia Ermel

Codireção:
 Luciano Patrick

Direção de Fotografia:
Alexandre Ermel

Direção de Arte:
 Victor Lema Riqué

Figurino:
 André Simonetti e Dudu Bertholini

Caracterização:
 Anna Van Steen

Som Direto:
 Gabriela Cunha

Direção de Pós-Produção:
 Nicole Weckx

Montagem:
 Daniel Grinspum, Gustavo Giani, AMC e Rafael Melo

Desenho de Som:
Miriam Biderman, ABC e Ricardo Reis, ABC

Trilha Sonora Original:
 Zé Godoy

Trilha Musical:
Zé Godoy, Jean Delouvroy e Duofel


ELO Company

Empresa especializada em produção e distribuição audiovisual fundada por Ruben Feffer, Flavia
 Feffer e Sabrina Nudeliman Wagon. No mercado há 13 anos, conta com uma estrutura completa de produção de conteúdo, distribuição de obras audiovisuais em todas as plataformas e vendas para o mercado nacional e internacional.

Na unidade ELO Produções são três lançamentos no ano de 2019 e mais de dez projetos em seu
 lineup, incluindo co-produções internacionais.

Na unidade ELO Distribuições são mais de 100 títulos em seu lineup, entre eles “Vou Nadar
 Até Você”, primeiro filme protagonizado por Bruna Marquezine, “Emicida” produzido pela RT Features, “Miss Beach Star” dirigido por Cris D’Amatto e protagonizado por Fabiana Karla, “Prisioneiro da Liberdade” de Jefferson De, “Torre das Donzelas” de Susanna
 Lira (vencedor do prêmio de Melhor Documentário pelo público na Mostra de Internacional de São Paulo), “Aos Olhos de Ernesto” da premiada Ana Luisa Azevedo, “Tito e os Pássaros” de Gustavo Steinberg, pré-indicado ao Oscar de 2019, “O Menino e o Mundo” de Ale
 Abreu, indicado ao Oscar de melhor animação, “S.O.S: Mulheres Ao Mar 2”, apenas para citar alguns.

A ELO Company tem entre seus principais objetivos criar, produzir e divulgar as narrativas
 brasileiras em múltiplas telas e países.

A empresa tem como princípios a valorização da diversidade na frente e atrás das telas com projetos inovadores como o Selo ELAS com o intuito de fomentar projetos de longa-metragem com direção feminina.

Nenhum comentário