Novidades

[Programação] Shows de 8 a 15 de agosto

                                             Circo Voador
Dead Fish,lançamento de Ponto Cego e mais Black Panthera e Surra, sexta, dia 9, às 22h. 50 a meia ou solidária e 100 a inteira.

Esse ano eles completam 28 anos de cabulosos serviços prestados ao hardcore nacional e, de quebra, botam disco novo na praça. Sexta, 09 de agosto, a Dead Fish lança ‘Ponto Cego’, oitavo álbum de estúdio da banda, no palco do Circo Voador! E os trabalhos já começam pegando fogo com o debut da banda mineira Black Pantera e o Surra lançando o disco ‘Escorrendo pelo Ralo’. Vai faltar palco pra tanto mosh!

Zélia Duncan,lançamento do disco¨Tudo é um¨ sábado, dia 10,às 22h. 50 a meia ou solidária e 100 a inteira.

ábado, 10 de agosto, Zélia Duncan lança seu 15º álbum solo, ‘Tudo é Um’, em que retorna com perfeição ao pop folk e acompanhada de grandes parceiros como Zeca Baleiro, Moska, Chico César e Dani Black. No repertório, além das novidades, não vão faltar clássicos da carreira, que receberá no palco os cantores Almério, Ana Costa e Júlia Vargas para participações especialíssimas. A noite já começa imperdível com Qinho canta Marina e nos intervalos a pista fica sob o comando da DJ Bieta. Noitão à vista!

                       Fundição Progresso
Samba independente dos bons costumes, quinta, dia 8,às 21:30. 20 reais.

Toda quinta feira TEM(!) Samba independente dos Bons Costumes na fundição progresso.
Enviem os nomes para a nossa lista amiga pra aproveitar nosso descontinho! ;)

Os nomes para lista amiga devem ser postados no mural do evento ou enviados para o e-mail: listaamigasibc@gmail.com até às 20h do dia do evento.

Preços populares!!!

Com nome na lista amiga:
Entrada GRATUITA até 22h. Após R$10,00
*A lista encerra às 00:30.

Normal: R$ 15,00

ANIVERSARIANTES DA SEMANA: Temos condições especiais pra você comemorar com a gente!!Envie um e-mail para sibcoficial@gmail.com e fique por dentro! 

LOCAL: Centro Cultural Fundição Progresso, Espaço Anexo – Rua dos Arcos, 24 – lapa (entrada pela lateral do Paiol 08)
HORÁRIO: 21:30h

REALIZAÇÃO: Samba Independente dos Bons Costumes/ irmandade produções

Noites de Parangolé.quinta, dia 8,às 20:30. 20 reais.

O que sabemos do arco-íris, desse arco multicolorido fantástico e fascinante?

As Noites de Parangolé abre o seu canal de comunicação transcendental para que, juntes, possamos cruzar esse portal e ir ao encontro do que está do outro lado, muito Além do Horizonte.

Diversas culturas associam esse fenômeno natural a uma atmosfera mágica.

Na Grécia Antiga e sua mitologia, o arco-íris se formava toda vez em que a deusa Íris, arauto dos deuses, divindade responsável por comunicar os mortais sobre acontecimentos importantes, descia à Terra para fazer seu trabalho. O arco-íris era o sinal de que a deusa passou pela Terra e trouxe alguma mensagem divina, deixando um rastro de cores pelos céus que atravessava. O arco-íris recebeu esse nome em homenagem a essa deusa.

Para cristãos, islâmicos e judeus, o arco-íris foi intitulado por Deus de “arco-da-aliança”, pois, logo após o dilúvio e com a chegada da Arca de Noé, Deus prometeu que nunca mais destruiria a Terra por meio da água e que, depois de cada chuva, seu arco apareceria nas nuvens.

Na cultura Iorubá, o arco-íris também é representado como mensageiro divino, que corresponde à figura do orixá Oxumarê.

Buda desceu dos céus utilizando uma escada de sete cores: um arco-íris.

O tempo passou, e o arco-íris continuou gerando várias conexões, se tornando um dos símbolos da Nova Era, movimento que, a partir da década de 60, tentou conscientizar as pessoas quanto à evolução espiritual.

O arco-íris também é o símbolo do movimento LGBTQ +. O artista Gilbert Baker criou uma bandeira com 7 cores, a fim de mostrar a necessidade de inclusão em meio à diversidade.

Popularmente, dizem que, ao passar por baixo de um arco-íris, a pessoa muda de sexo.
Dizem também que existe um pote de ouro no fim do arco-íris, será?!

Venha viver essa experiência única!

“Você nunca achará o arco-íris se estiver olhando para baixo.”
Charles Chaplin

Teatro de Anônimo | Fabio Freitas + Flavia Berton + Regina Oliveira + Shirley Britto
Banda Charanga Mutante | Bia Sabino+Lolo Risso+Gustavo Muniz + Luiz Felipe Caetano + Marco Serragrande
Caco Chagas - Projeções
DJ Ivam Cruz

Convidades:
Danilo Gomes
Illyusha Montezuma
Dj Brenno Dub
Pocket show com Bia Sabino

Apoio:
Cachaça Magnífica de Faria

Classificação: 16 anos

Noites de Parangolé é um espetáculo-festa-cabaré que acontece desde 2008 no Rio de Janeiro. Misturamos circo, humor, teatro popular, projeções e música ao vivo, fazendo a cada edição um happening, uma performance única, inédita e viva. Propomos reflexões e provocações de forma irreverente e bem-humorada.


A colaboração na entrada é de R$20 e, para que o sonho não morra, passamos o chapéu. Com ele, estimulamos a colaboração consciente, dando a oportunidade de cada espectador/parceiro contribuir com o que é possível, pois só a entrada não garante a manutenção deste projeto.


Nenhum comentário