Novidades

[News] Pedro Cardoso e Graziella Moretto encerram temporada da peça O HOMEM PRIMITIVO - dia 9 de agosto, no Teatro Morumbi Shopping.

Depois da boa acolhida da ocupação no ano passado, quando trouxeram três espetáculos (o monólogo Autofalante, o infantil Nem Sim Nem Não e o espetáculo de improviso que conta com a colaboração da plateia Uãnuêi – Esta Noite se Improvisa), Pedro Cardoso e Graziella Moretto mais que dobraram a aposta em 2019. A 2ª edição da residência artística dos atores no Teatro MorumbiShopping reúne sete espetáculos e um workshop, entre julho e outubro deste ano.

Residentes em Portugal há quatro anos, os atores apresentam-se lá e também no Brasil, onde circulam frequentemente com as peças de seu repertório. As atrações da nova temporada são: a peça inédita À Sombra dos Outros, Homem Primitivo (que esteve em cartaz em São Paulo em 2015), Os Ignorantes, o infantil Nem Sim Nem Não, três versões do divertido exercício de liberdade teatral Uãnuêi - Essa Noite se Improvisa (2011) - Uãnuêi A Festa, Uãnuêi - Match e Uãnuêi - Profissões, além do workshop de teatro de improviso. Dois músicos acompanham os atores. “Uãnuêi é mais que um espetáculo de improviso; é um recurso artístico inesgotável e tem sido a fonte principal de criação de nossa obra conjunta. Os espetáculos O Homem Primitivo e Nem Sim Nem Não foram originados ou explorados em profundidade através da valiosa ferramenta que é o improviso.”

O Homem Primitivo
Quintas e Sextas às 21h. Ingresso - R$ 80,00 (inteira), Classificação - 14 anos. Gênero - Comédia. Duração - 120m

Ficha técnica
Texto, direção e atuação: Graziella Moretto e Pedro Cardoso. Desenhos: Romero Cavalcante. Cenário: Gringo Cardia. Figurino: Giovanna Moretto. Edição de vídeo: Alexandre Boechat. Narração dos vídeos: Fábio Azevedo. Trilha sonora dos vídeos: Dudu Trentin. Produção: Hernane Cardoso.

Comédia que reflete sobre a presença da opressão sexista nas relações tanto afetivas quanto profissionais. Sem recursos cênicos e usando figurino neutro, os autores/atores alternam-se e multiplicam-se em diversos personagens femininos e masculinos, para narrar duas tramas principais. Na primeira, uma atriz vai à delegacia dar queixa de um crime: ela alega ter sido estuprada durante a filmagem de uma cena de estupro. Na segunda, um casal a caminho do cinema se surpreende com a inesperada demissão da empregada doméstica. Através da interligação entre as histórias, em situações mais ou menos perceptíveis, reflete-se sobre o modo como o sexismo está presente e profundamente arraigado no cotidiano das relações entre homens e mulheres. 

A montagem é ágil, repleta de humor reflexivo, e a costura do texto torna o desenrolar da narrativa um hilariante quebra-cabeças.  Estreou em Junho de 2015 em São Paulo, já fez três temporadas no Brasil: 2015 no Teatro Frei Caneca (SP) e no Teatro das Artes (RJ), e em 2016 no Teatro Frei Caneca (SP). Entre 2017 e 2018, esteve em cartaz em Lisboa durante 6 meses, alternadamente, no Teatro da Luz, em Lisboa, e no TIO, em Oeiras. Em 2015 foi eleita a “melhor peça do ano” pelos jornais O Globo - RJ e Folha - SP. 

Serviço
Teatro MorumbiShopping. Av. Roque Petroni Junior, 1089, Estacionamento do Piso G1, Jardim das Acácias, São Paulo. Telefone: 5183-2800.

 Capacidade: 250 lugares. Estacionamento Comum: até 2 horas – R$ 17,00. Estacionamento Valet: até 1 hora – R$ 25,00. Estacionamento Motos:

a cada 2 horas – R$ 10. Vendas pelo http://www.livepass.com.br/  ou na bilheteria do teatro


Nenhum comentário