Novidades

[News] Programação do Clube Manouche de 9 a 15 de agosto

09/08 - Sexta, 21h - Almério e Juliano Holanda, com Gabi da Pele Preta e Luiza Fittipaldi como convidadas



Sem Título-1Dois dos nomes mais elogiados da música brasileira contemporânea voltam para shows na primeira quinzena de agosto:  Almério e Juliano Holanda. A dobradinha pernambucana nos apresenta uma combinação muito bem-acabada de canções autorais e releituras, recebendo Gabi da Pele Preta e Luiza Fittipaldi como convidadas

Não é de hoje que Pernambuco é reconhecido por sua pluralidade musical, sendo considerado celeiro cultural de movimentos como o manguebeat e fonte de inspiração para artistas como Lenine, Alceu Valença, Geraldo Azevedo, entre outros. Hoje, existe em Pernambuco uma movimentação musical onde despontam novos artistas, com trabalhos autorais, de grande talento. Alguns nomes já possuem algum destaque nacional - entre eles, Almério e Juliano Holanda, que fizeram o maior sucesso na primeira vez juntos no Clube Manouche em maio passado. Agora, vão repetir a dobradinha. No show, os dois passeiam por suas próprias músicas, por outras inéditas de parceiros pernambucanos e por obras do cancioneiro brasileiro, com releitura dos dois.

O cantor e ator radicado em Caruaru, Almério vem embalado pela ótima repercussão de seu segundo álbum, o “Desempena”, patrocinado pelo Natura Musical. Em palcos como o do Rock In Rio 2017, no qual se apresentou ao lado de Johnny Hooker e Liniker, e festivais como MIMO Amarante (Portugal), Sai da Rede!, TOCA!Toda Canção, Conexidade, entre outros, Almério mostrou toda sua maturidade artística e a força poética de um dos jovens expoentes da música brasileira contemporânea. Em 2018, foi o ganhador do Prêmio da Música Brasileira na categoria cantor revelação Petrobras.

Juliano Holanda é músico, produtor e compositor e um dos músicos mais requisitados da cena pernambucana contemporânea. Nascido em Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, e criado em Olinda, soma múltiplas referências musicais do Estado. Além de integrar grupos como Orquestra Contemporânea de Olinda, Wassab, Rabecado e Azabumba, já lançou dois álbuns solos, "A arte de Ser invisível" e “Pra Saber Ser Nuvem de Cimento Quando o Céu for de Concreto” e também um compacto em vinil, “Espaço tempo”, e produziu discos como 'Vestuário', de Isadora Melo. Para a televisão, fez a trilha sonora da série 'Amorteamo', exibida em 2015, na TV Globo. Com mais de 100 composições gravadas por artista como Ceumar, Tatiana Parra, Jam da Silva e Jr. Black e participou em mais de 50 discos. Um dos singles do último álbum “Tudo É Um” lançado por Zélia Duncan em abril pela Biscoito Fino, “O Que Mereço”, é música de sua autoria.

Serviço

Show: - Almério e Juliano Holanda

Local: Clube Manouche/Casa Camolese (Rua Jardim Botânico, 983, Jardim Botânico, Tel: 3514-8200)

Data e horário: 09 de agosto, sexta, 21h

Ingressos: R$ 60,00 (inteira), R$ 40,00 (ingresso solidário: com 1 kg de alimento não perecível) e R$ 30,00 (meia) https://manouche.byinti.com

Classificação: 18 anos

Estacionamento no local (tarifado)

10/08 SÁBADO, 21h - Silvia Machete e Simone Mazzer no show “High Times”

High Times RED - Silvia Machete e Simone Mazzer - foto divulgaçãoSilvia Machete  e Simone Mazzer fazem repeteco de "High Times - um cabaré burlesco".  As performáticas cantoras unem suas vozes mais uma vez para exaltar as diferenças e transformar o Jardim Botânico num grande cabaré etílico repleto de humor, erotismo e música. Inspiradas pelas grandes damas da canção, vedetes e bruxas queimadas da Inquisição, as cantoras vão de Inezita Barroso a Edith Piaf, com pitadas de La Lupe. O repertório inclui ainda Itamar Assumpção, Beatles, Divinyls e outras pérolas escolhidas a dedos (e unhas!), além de canções do repertório de ambas. Simone e Silvia têm a companhia luxuosa de Alberto Continentino, no baixo, e Eduardo Farias, no piano, e a direção é de Rafael Souza-Ribeiro.

“As bagagens de ambas contribuíram decisivamente para o êxito desse show debochado, provocador, em que o teatro é aliado ao canto verdadeiro. Sim, por mais que haja (sedutora) mise-en-scène, há também, e sobretudo, duas grandes vozes em cena. Vozes capazes de, entre solos e duetos, sustentarem um roteiro que foi de recente hit viral do mercadão pop nacional “Loka”, música lançada pela dupla Simone & Simaria em janeiro do ano passado com participação de Anitta, até um standard do jazz, “Song of my father” (1965), tema do compositor e pianista norte-americano Horace Silver (1928 – 2014) vocalizado por Mazzer enquanto Machete tocava maracas” – assim comentou o crítico musical Mauro Ferreira sobre o espetáculo criado especialmente para o Manouche, já em sua segunda edição, em junho.

Serviço

Show: - Simone Mazzer e Silvia Machete em High Times

Local: Clube Manouche/Casa Camolese (Rua Jardim Botânico, 983, Jardim Botânico, Tel: 3514-8200)

Data e horário: 10 de agosto, sábado, 21h

Ingressos: R$ 80,00 (inteira), R$ 60,00 (ingresso solidário: com 1 kg de alimento não perecível) e R$ 40,00 (meia) https://manouche.byinti.com

Classificação: 18 anos

Estacionamento no local (tarifado)

13/08 - Terça, 21h - A astróloga Maína Mello faz aula-SHOW "A Deusa e A Serpente”



Maína Mello 2Em “Efeito Lilith”, livro recém-Lançando de Maína Mello, uma das mais respeitadas astrólogas do País, associa seus conhecimentos astrológicos à ficção nesta novela ardente sobre um triângulo amoroso incontornável. Lançado pela Editora Tordesilhas, a obra conta a história de Ana, uma mulher que se entrega ao desejo de forma libertária, como uma Lilith do século 21.

Com música de Marta Supernova, a aula-show é uma experiência mística-mágica pela nossa verdadeira história feminina: a origem da vida, as mulheres como as criadoras da cultura e o culto à Deusa, desde a Grande Mãe Cósmica do matriarcado até Lilith, a exilada do Paraíso. Um guia para despertar a Kundalini, hoje.

Serviço
Show: - A astróloga Maína Mello faz aula-show "A Deusa e A Serpente”

Local: Clube Manouche/Casa Camolese (Rua Jardim Botânico, 983, Jardim Botânico, Tel: 3514-8200)

Data e horário: 13 de agosto, terça, 21h

Ingressos: R$ 50,00 (inteira), R$ 30,00 (ingresso solidário: com 1 kg de alimento não perecível) e R$ 15,00 (meia) https://manouche.byinti.com

Classificação: 18 anos
Estacionamento no local (tarifado)
15/08 - Quinta, 21h - “Marilyn, Luz & Sombras”- Taryn Szpilman canta e conta a história de Marylin Monroe

Taryn Szpilman PB RED - foto Rodrigo CastroA cantora de jazz e blues Taryn Szpilman, que também é atriz, volta ao Clube Manouche com o espetáculo em que canta e conta a história de um dos maiores ícones da cultura pop, Marilyn Monroe, no espetáculo "Marilyn: Luz e Sombras".

Com texto da própria Taryn com Anna Cristina Campagnoli e Maria Pia Sconamilio, que também assina a direção cênica, este é um espetáculo multi-linguagem que traz as canções de jazz e blues que a diva interpretou em filmes musicais da década de 50, assim como canções que ilustram a sua trajetória e seus amores como Frank Sinatra, com quem viveu um ardente caso amoroso, a grande amiga e diva do jazz Ella Fitzgerald, que ela revelou para o mundo, e também músicas populares que homenageiam Marilyn Monroe, do rock & roll à bossa nova.

A dramaturgia mostra Marylin em suas facetas que vão além do sex-symbol: as questões emocionais por baixo da pele, a despeito de fama, assim como a mulher culta e politizada.

A direção musical tem a assinatura de Cláudio Infante, que também estará na bateria, como também Samuel Ramos, baixo e trombone, e Lulu Martin, piano.

Serviço

Show: “Marilyn, Luz & Sombras” - Taryn Szpilman canta e conta a história de Marylin Monroe

Local: Clube Manouche/Casa Camolese (Rua Jardim Botânico, 983, Jardim Botânico, Tel: 3514-8200)

Data e horário: 15de agosto, quinta, 21h

Ingressos: R$ 80,00 (inteira) e R$ 60,00  (ingresso solidário: com 1 kg de alimento não perecível) e R$ 30,00 (meia) https://manouche.byinti.com

Classificação: 18 anos

Estacionamento no local (tarifado)


Nenhum comentário