Novidades

[Resenha] Elevador 16

Sinopse: Estamos em 2017.Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra.
Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, os astrônomos asseguram que o planeta passaria a uma distância segura e todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer...Mas não podiam estar mais enganados.
No dia em que o planeta estaria mais visível a olho nu, enquanto todo o mundo se preparava para observar o fenômeno, um grupo seguia para um compromisso chato: fazer hora extra num sábado, pois todos os projetos estavam muito atrasados.Na hora do almoço, 16 pessoas entram no elevador... mas ele para entre dois andares.
As comunicações não funcionam, nem alarmes ou celulares, ninguém aparece para ajudar. E eles não sabem que, em todo o mundo, algo muito estranho aconteceu. Em poucos segundos, 10 pessoas caem num surto coletivo, como que desmaiadas. Entre o desespero e tentativas de busca por ajuda, um deles começa a abrir os olhos. Mas eram olhos vazios, olhos do mal...
Este livro conta uma história que ocorre no exato momento em que o nosso mundo se transforma. Traz personagens que vivem o intenso evento cósmico que mudaria a Terra para sempre.

O que eu achei?
Elevador 16 é um conto de As Crônicas dos Mortos, um spin-off que cronologicamente acontece entre o segundo livro (A Batalha dos Mortos) e o terceiro livro (A Senhora dos Mortos). Porém, essa história é independente, e mesmo você não tendo lido nenhum outro livro da série pode lê-lo sem se preocupar, você terá um breve gostinho de tudo que Rodrigo de Oliveira cria nesse universo incrível!

Sem um conto com mais ou menos sessenta páginas, é preciso falar pouco da história porque qualquer detalhe pode ser crucial. Nessa história vamos conhecer a Mariana, uma jovem que está começando sua carreira profissional,certo dia ela e seus colegas de trabalho estão em seu turno normalmente, mas neste dia o planeta Absinto passará muito próximo ao Planeta Terra e poderá ser visto a olho nu. 

Dando o horário estimado em que será possível vislumbrar esse fenômeno, ela e mais dezesseis pessoas vão para o elevador, porém em certo momento o mesmo para e a energia cai, com ela todos os sinais de celular e algumas pessoas desmaiam. Daí você pode imaginar que o caos está para acontecer. O conto se passa cronologicamente simultâneo aos acontecimentos do primeiro livro da série.

A história é uma leitura muito rápida  e muito fluida, em menos de uma hora você consegue finalizá-la e é uma experiência muito boa. A princípio achei que os acontecimentos poderiam ser abordados dentro da história principal, mas o autor coloca uma personagem com muita atitude e personalidade e foi justo a mesa ter seu momento na história. Toda atrama é bem abordada de forma que não chega a ser corrida demais e você fica ansiando ainda mais dessa história.

A Faro Editorial sempre disponibiliza este conto em uma mega promoção que você consegue adquiri-lo até de graça na Amazon. Fique sempre de olho, porque vale muito a pena embarcar nessa história.

Por Leonardo Alves

Nenhum comentário