12 dezembro 2018

[Quotes] Resistência

"Poderoso. De partir o coração. Sublime. Um livro que merece ser lido por todos."
- Elle




"Apesar de ser apenas uma menina, eu tinha alguma ideias sobre a violência. A violência tinha um horizonte, um cheiro, uma cor, eu tinha visto em livros e noticiários filmados, mas só fui realmente conhecê-la quando vi seus efeitos em Zayde, quando o vi descer para o nosso lar no porão do gueto com um trapo vermelho cobrindo o rosto, quando vi mamãe fazer em silêncio o curativo no nariz dele com um pedaço de pano rasgado da bainha da camisola dela…"

“Eu queria argumentar que às vezes os seres vivos, nós, os humanos que supostamente ainda estávamos vivos, precisávamos nos considerar objetos para sobreviver, que tínhamos de nós esconder e procurar o conserto só quando fosse seguro procurar. (…)”

“Nem sempre nos conhecemos, ou sabemos em que vamos nos transformar, o que podemos fazer, depois que o mal fez o que quis conosco”

“– Um dia – disse para o meu o meu amigo –, matar não será mais necessário. Porque isso acabará.– O mundo? – Paciente franziu o cenho.– Não, a guerra – eu disse – A guerra vai acabar”

“Ele era frio e vazio e não era capaz de formar elos com ninguém, nem com sua família, nem mulher, nem filhos. Tudo que havia nele era ambição e esse homem vazio, como tantos homens vazios, estava determinado a fazer história”

“[...] a hora do sobrevivente é diferente de qualquer outra, cada minuto corresponde a uma história que não será modificada e nem restaurada, nem tornada suportável”

“Meu perdão era uma repetição constante, o reconhecimento do fato de que eu ainda estava viva. Era prova de que as experiências deles, seus números, suas amostras não tinham servido para nada – eu resisti, como um tributo ao erro de avaliação deles, do quanto uma menina é capaz de suportar. No meu perdão, o fracasso deles de me matar ficava patente”

"Isso parecia impossível. Então compreendi que não podia dizer que tal benção era improvável, porque também nunca achei que a crueldade de Auschwitz fosse possível." 

Nenhum comentário

Postar um comentário