13 dezembro 2018

[Programação] Shows de 13 a 20 de dezembro

   Confira a programação de shows da semana:

                       Fundição Progresso:

Convicção Festival, sexta, dia 14, às 22h. De 50 a 150 reais.

Fresno, Rashid, Konai e Os Caras e Carol.

Fundição das Festas, dia 15, sábados, ás 22h. De 30 a 240 reais.

Yolo, Baile do Amor,Puff Puff Bass.qui

1 Kilo + Rasta Beats, quinta, dia 20, ás 22h. De 30 a 60 reais.

                      Circo Voador
 Erlend Øye & La Comitiva, quinta, dia 13, às 22h. 120 a meia e 240 a inteira.


E quando você achava que 2018 não poderia mais te surpreender, o Circo e o Queremos! soltam uma maravilha dessas. Quinta, 13 de dezembro, Erlend Øye e sua banda La Comitiva desembarcam na Lapa para a felicidade suprema dos fãs. Øye, famoso pelas cultuadas bandas Kings of Convenience e The Whitest Boy Alive, vem com um repertório impecável que passeia por esses dois projetos.

Otto + Siba com abertura de DJ Lencinho, sexta, dia 14, às 22h. 50 a meia e 100 a inteira. 

Sexta, 14 de dezembro, dois pernambucanos sobem ao palco do Circo para uma noite histórica: OTTO celebra duas décadas de seu primeiro disco ‘Samba pra Burro’ e SIBA mata as saudades de clássicos dos seus mais de 20 anos de estrada.

Braza + Francisco, El Hombre, lançamento do EP Francisca, La Braza, Filme Via Celestina e DJ Tata Ogan. Dia 15, sábado,ás 22h.50 a meia e 100 a inteira. 

Para nossa felicidade, a amizade entre as bandas BRAZA e Francisco, El Hombre cresceu, floresceu e gerou frutos! Após três dias de imersão em estúdio, nasceu o EP Francisca, la Braza, uma grande mistura de sons, referências e peculiaridades, que chega ao Circo no sábado, dia 15 de dezembro.

A noite começa com a exibição do filme ‘Via Celestina’ que percorreu o Brasil junto do Eduardo Marinho e retrata seu cotidiano pelas rodovias do país. Eduardo ficou conhecido na internet por seus vídeos reflexivos. O filme busca retratar a vivência do artista de rua, porque é da vivência pouco conhecida do Eduardo, que surge toda sua sabedoria. Pra além de um país polarizado, há focos de reflexão por todos os lados.

                           KM de Vantagens Hall

Maria Bethânia e Zeca Pagodinho, sábado, dia 15, às 22h. e 125 a 250 reais. 

Depois de encantarem o Brasil com a turnê “De Santo Amaro a Xerém”, sucesso absoluto de crítica e público, Maria Bethânia e Zeca Pagodinho retornam ao palco do Km de Vantagens Hall RJ no dia 15 de dezembro, para o lançamento do DVD homônimo que a Biscoito Fino lança em outubro.
  
A venda para o público em geral estará disponível a partir do dia 11 de julho de 2018. Os ingressos poderão ser adquiridos pela internet (www.ticketsforfun.com.br), nos pontos de venda espalhados pelo Brasil e na bilheteria do Km de Vantagens Hall RJ. O show é realizado pela TIME FOR FUN.

Além do Rio de Janeiro, os artistas se apresentam em Brasília, Porto Alegre, Salvador e São Paulo. O projeto, batizado de “De Santo Amaro a Xerém”, é uma referência à cidade natal de Bethânia e ao município fluminense onde o sambista tem seu sítio. “Eu acho muito alegre, muito vivo, tanto Xerém como Santo Amaro, com suas dificuldades, muita pobreza, mas também com uma alegria sem fim – pelo menos na minha terra tem isto. É uma festa; todo dia em festa”, observa Maria Bethânia. “Tem a relação do samba de roda de Santo Amaro com o samba do Rio de Janeiro, tem a Portela dele, a minha Mangueira, que é outro elo muito bonito: Santo Amaro, Xerém, Portela, Mangueira. O samba que une, a admiração mútua, cada um na sua linha - acho que isso é motivo para se encontrar”, completa.

“Um elo grande entre eu e Zeca, pelo menos para mim – além da admiração pelo cantor, pelo compositor, pelo estilo e pela maneira de ser, por tudo – é que ele prestou atenção nos anos 70, ao movimento meu de levar música para a sala de teatro. Ele conhece ‘Drama’, conhece ‘Rosa dos Ventos’, eu e Chico, conhece tudo, sabe textos... Isto é um elo que é difícil de encontrar entre pessoas com tão diferentes escolhas na carreira. Então, isso é muito bonito, muito rico”, explica Bethânia.

“Onde me chamar para eu ir com Bethânia, eu vou!”, brinca Zeca. Mas para ele este é um momento “de muita responsabilidade. Na juventude, ouvi todos os discos de Bethânia, tenho uma admiração enorme por ela. Naquela época, nunca pensei que fosse conhecê-la, quem dirá dividir o palco, mas tenho certeza que faremos uma grande festa”.

O roteiro é assinado pelos dois artistas, que interpretam alguns de seus grandes sucessos como “Negue” (Adelino Moreira), “Reconvexo” (Caetano Veloso), “Maneiras” (Sylvio da Silva) e “Verdade” (Nelson Rufino/Carlinhos Santana) e canções novas no repertório de cada um. Juntos vão cantar, por exemplo, “Deixa a Vida Me Levar” (Serginho Meriti/Eri do Cais) e “Sonho Meu” (Ivone Lara/Delcio Carvalho), que gravaram no DVD do Zeca, e também canções inéditas de Caetano Veloso e de Leandro Fregonesi feitas especialmente para celebrarem este encontro, assim como sambas em homenagem às suas escolas de coração, Mangueira e Portela.

A direção musical é de Jaime Alem (violão) e Paulão Sete Cordas (violão) e a banda é formada pelos dois, mais Rômulo Gomes (baixo), Paulo Dafilin (violão e viola), Marcelo Costa (bateria/percussão), Jaguara (percussão), Esguleba (percussão), Paulo Galeto (cavaquinho) e Vitor Mota (sax e flauta).

 A luz é assinada por Maneco Quinderé e o figurino de Maria Bethânia por Gilda Midani e o de Zeca Pagodinho por Juliana Maia.

                         Teatro Bradesco
Show do Bita, sábado, dia 15,às 15h. De 60 a 120 reais.



 A luz é assinada por Maneco Quinderé e o figurino de Maria Bethânia por Gilda Midani e o de Zeca Pagodinho por Juliana Maia. Sucesso em todo o Brasil, o fenômeno infantil Mundo Bita apresenta o “SHOW DO BITA – Especial de Natal”. Durante o espetáculo, com cerca de 70 minutos de duração, Bita, Tito, Dan, Lila e Flora se divertem recebendo personagens super especiais em pleno clima da magia natalina.
Pela primeira vez nos palcos estão canções como “Trem das Estações”, e músicas do álbum ‘Bita e o Nosso Mundo’ como “Nossa Casa” e “Tô Dodói”, além do hit “Natal do Bita”. Ao todo, são 16 sucessos interpretados por Flora, personagem que dá voz às canções – que foram definidas com a ajuda dos fãs por meio das redes sociais.
O “SHOW DO BITA – Especial de Natal” é diversão garantida para toda a família.


Murilo Couto-Ainda não tem nome, sábado, dia 15, às 19 e 22h. De 60 a 80 reais. 


Depois de encantarem o Brasil com a turnê “De Santo Amaro a Xerém”, sucesso absoluto de crítica e público, Maria Bethânia e Zeca Pagodinho retornam ao palco do Km de Vantagens Hall RJ no dia 15 de dezembro, para o lançamento do DVD homônimo que a Biscoito Fino lança em outubro.



A venda para o público em geral estará disponível a partir do dia 11 de julho de 2018. Os ingressos poderão ser adquiridos pela internet (www.ticketsforfun.com.br), nos pontos de venda espalhados pelo Brasil e na bilheteria do Km de Vantagens Hall RJ. O show é realizado pela TIME FOR FUN.



Além do Rio de Janeiro, os artistas se apresentam em Brasília, Porto Alegre, Salvador e São Paulo. O projeto, batizado de “De Santo Amaro a Xerém”, é uma referência à cidade natal de Bethânia e ao município fluminense onde o sambista tem seu sítio. “Eu acho muito alegre, muito vivo, tanto Xerém como Santo Amaro, com suas dificuldades, muita pobreza, mas também com uma alegria sem fim – pelo menos na minha terra tem isto. É uma festa; todo dia em festa”, observa Maria Bethânia. “Tem a relação do samba de roda de Santo Amaro com o samba do Rio de Janeiro, tem a Portela dele, a minha Mangueira, que é outro elo muito bonito: Santo Amaro, Xerém, Portela, Mangueira. O samba que une, a admiração mútua, cada um na sua linha - acho que isso é motivo para se encontrar”, completa.



“Um elo grande entre eu e Zeca, pelo menos para mim – além da admiração pelo cantor, pelo compositor, pelo estilo e pela maneira de ser, por tudo – é que ele prestou atenção nos anos 70, ao movimento meu de levar música para a sala de teatro. Ele conhece ‘Drama’, conhece ‘Rosa dos Ventos’, eu e Chico, conhece tudo, sabe textos... Isto é um elo que é difícil de encontrar entre pessoas com tão diferentes escolhas na carreira. Então, isso é muito bonito, muito rico”, explica Bethânia.



“Onde me chamar para eu ir com Bethânia, eu vou!”, brinca Zeca. Mas para ele este é um momento “de muita responsabilidade. Na juventude, ouvi todos os discos de Bethânia, tenho uma admiração enorme por ela. Naquela época, nunca pensei que fosse conhecê-la, quem dirá dividir o palco, mas tenho certeza que faremos uma grande festa”.



O roteiro é assinado pelos dois artistas, que interpretam alguns de seus grandes sucessos como “Negue” (Adelino Moreira), “Reconvexo” (Caetano Veloso), “Maneiras” (Sylvio da Silva) e “Verdade” (Nelson Rufino/Carlinhos Santana) e canções novas no repertório de cada um. Juntos vão cantar, por exemplo, “Deixa a Vida Me Levar” (Serginho Meriti/Eri do Cais) e “Sonho Meu” (Ivone Lara/Delcio Carvalho), que gravaram no DVD do Zeca, e também canções inéditas de Caetano Veloso e de Leandro Fregonesi feitas especialmente para celebrarem este encontro, assim como sambas em homenagem às suas escolas de coração, Mangueira e Portela.


A direção musical é de Jaime Alem (violão) e Paulão Sete Cordas (violão) e a banda é formada pelos dois, mais Rômulo Gomes (baixo), Paulo Dafilin (violão e viola), Marcelo Costa (bateria/percussão), Jaguara (percussão), Esguleba (percussão), Paulo Galeto (cavaquinho) e Vitor Mota (sax e flauta).
Na construção do seu terceiro show solo de stand up comedy, o Rapper, dançarino de axé e rei do programa The Noite (SBT), MURILO COUTO mantém sua visão rasa e um humor apelativo ao tratar de assuntos como frustração profissional, dirigir perigosamente e Projota.
Talvez tenha música, talvez não. O show não está exatamente pronto, por isso AINDA NÃO TEM NOME. É só um show de qualidade e que tu ainda não viu.

Sobre o humorista:
MURILO COUTO é humorista e repórter do late show “The Noite com Danilo Gentili” (SBT) e se dedica a criar conteúdo para seu canal do YouTube, Murilo Couto. Além de ser integrante e fundador da Banda Renatinho e do primeiro grupo de comédia do Norte do Brasil, Em Pé na Rede.
O ator e comediante iniciou sua carreira no teatro em 2004, mas ficou conhecido em 2009 quando fez parte do elenco de “Malhação” (Globo). Pouco depois passou a integrar o elenco fixo do Comédia em Pé, o primeiro grupo de comédia stand-up do Brasil.
Em 2016, ao lado de Tatá Werner, Maurício Meirelles, Marco Gonçalves e Nil Agra, apresentou o programa de humor “Estranho Show de Renatinho” (Multishow). No fim do mesmo ano, MURILO disputou na Finlândia as etapas finais do prêmio “A Pessoa Mais Engraçada do Mundo”, promovido pelo clube de comédia americano Laugh Factory.
Em 2017 seu primeiro show de stand-up comedy Eu, Eu Murilo estreou na Netflix. Atualmente MURILO pode ser visto nas séries “Drunk History” e “Entre Risos”, ambas no canal a cabo Comedy Central.
Em 2018 MURILO fez sua estreia no cinema no filme o “O Amor Dá Trabalho”, de Leandro Hassum. E para esse ano o comediante já tem alguns projetos em andamento. Entre várias boas surpresas estão um novo filme e uma série com Danilo Gentili, Léo Lins e Dani Calabresa chamado “Os Exterminadores do Além Contra a Loira do Banheiro” , um disco de rap e o lançamento da gravação do solo de stand up comedy “Fazanedo Suas Graça”.


Nenhum comentário

Postar um comentário