Books Brasil Books

Novidades

[Crítica] Liga dos Super-Pets

 

Sinopse:

Em DC Liga dos Super-Pets, Krypto o Super-Cão e Super-Homem são amigos inseparáveis, que partilham os mesmos superpoderes e lutam em Metropolis lado a lado. Quando Super-Homem e a restante Liga da Justiça são raptados, Krypto deve convencer os animais abandonados de um canil - Ace o cão de caça, PB a porquita, Mirtes a tartaruga e Chip o esquilo - a dominarem os seus recém-adquiridos superpoderes e ajudá-lo a salvar os super-heróis em apuros.


  O quê eu achei?

Que o cachorro é o melhor amigo do homem, todo mundo sabe. Em "Liga dos Super-Pets", Krypto foi enviado com Kal-El para a Terra após a destruição de seu planeta natal.São melhores amigos inseparáveis e ele acompanha seu dono na luta contra o crime. 

Tudo vai bem até o dia em que uma porquinha-da-índia maligna e ex-cobaia do Lex Luthor chamada Lulu sequestra os membros da Liga da Justiça (incluindo o Super-Homem com um fragmento de kriptonita verde)e reúne um exército de porquinhos-da-índia com poderes concedidos através de uma kriptonita laranja para conquistar o mundo. 

O que ela não esperava era que a kriptonita laranja acabasse concedendo poderes também aos animais do abrigo:o vira-lata Ace, a porquinha PB, o esquilo Chip e a tartaruga Mirtes. Agora eles terão que se unir à Krypto para derrotar os vilões e trazer a Liga de volta.Eles criam sua própria equipe:a Liga dos Super-Pets.

Os pontos altos do filme são a dublagem-além de trazer Guilherme Briggs de volta na voz do Super, tivemos excelentes adaptações de piadas ao contexto brasileiro e referências à Marvel e a diversão para todas as idades.Tanto os mais novos quanto os mais velhos se divertem. Super recomendo!

Há uma pequena cena pós-créditos que pode se tornar um gancho para uma sequência então vale a pena esperar um pouco após o final.


                        Trailer:





Nenhum comentário