Novidades

[Crítica] Ron Bugado

 

Sinopse:

Ron Bugado conta a história do jovem Barney, um menino de onze anos que tem dificuldade de fazer novos amigos, e seu companheiro Ron, uma inteligência artificial de alta tecnologia que anda, fala e é o "melhor amigo fora da caixa" de Barney. Mas quando Ron começa a ter seu funcionamento comprometido, os dois saem em uma aventura repleta de ação, onde a amizade entre os dois se mostra verdadeira.



 O quê eu achei?

Sempre fui fã das animações da 20th Century Entertainment e felizmente não foi dessa vez que eles me decepcionaram.

Barney Pudowski (voz de Jack Dylan Grazer, de It e Luca) é um  menino de 12 anos que mora com seu pai viúvo e a avó paterna. Ele não tem amigos, solitário e é excluído pelos outros alunos da escola por não ter um robô B-bot, como são chamados os modelos que fazem sucesso com todos.

Até que o pai dá um de aniversário mas Ron vem com uma programação diferente da dos demais e agora caberá a Barney descobrir como construir amizades verdadeiras com ele. A princípio, Barney pensa em devolvê-lo e trocá-lo mas depois que Ron dá uma surra no valentão, ele muda de ideia.

A diretora Sarah Smith teve a ideia para o filme após sua filha voltar da escola e reclamar que não tinha ninguém para brincar durante o recesso. Ela afirmou durante uma coletiva:

-E é como se fosse o problema universal que todos nós temos de sentir como se todos os outros tivesse tudo resolvido, exceto nós, e ao mesmo tempo estarmos super conscientes de como a tecnologia tornou tudo isso ainda mais complicado para as crianças. Temos que fazer esse filme para as crianças porque [elas] não entendem que talvez sua experiência on-line não seja necessariamente completamente direta e verdadeira".

Mas desde o início, Smith queria um tipo diferente de filme de robô.

 Não se trata de seres sencientes, mas, sim, da experiência interativa das mídias sociais que as crianças têm. "E nós sempre jogamos o jogo com Ron que ele só aprende por imitação", disse Smith. "Tudo o que ele faz é baseado em coisas que ele vê e ouve, e ele constrói gradualmente seu próprio tipo de conhecimento do mundo".

Os temas de descobrir o lugar onde você verdadeiramente pertence e a importância da amizade são sempre relevantes e eu indico essa animação para todas as idades pois ainda aborda a nossa relação com a IA.


                             Trailer:





Nenhum comentário