Novidades

[News] #EMCASACOMSESC: CINEASTA JAPONESA NAOMI KAWASE E CLÁSSICO ITALIANO DE MARCO BELLOCHIO ESTREIAM NESTA QUINTA

 

Esplendor(2017)

Nesta quinta-feira, dia 26/8, a série Cinema #EmCasaComSesc recebe dois longas da diretora japonesa Naomi Kawase. O delicado “Sabor da Vida”, mostra o poder transformador da comida ao contar a história de uma idosa que começa a trabalhar em uma pequena padaria especializada em dorayakis, uma espécie de panqueca com recheio de pasta de feijão vermelho. Já “Esplendor”, traz uma cineasta apaixonada por versões de filmes para deficientes visuais. Durante a exibição de um de seus trabalhos, ela conhece um fotógrafo que está perdendo a visão aos poucos. O filme concorreu à Palma de Ouro e recebeu o Prêmio do Júri Ecumênico no Festival de Cannes em 2017. 

O clássico italiano “De Punhos Cerrados” conta a história de um jovem que toma medidas drásticas para se livrar de sua família disfuncional. O diretor e roteirista Marco Bellocchio recebeu o prêmio de Melhor Direção no Festival de Locarno e o filme foi eleito um dos melhores do ano em 1966, pela revista Cahiers du Cinéma. 

O documentário brasileiro “Lembro Mais dos Corvos” acompanha a atriz e mulher trans Julia Katharine durante uma crise de insônia. A intimidade da personagem central é revelada através de seus relatos de resistência e auto aceitação. O filme dirigido por Gustavo Vinagre recebeu o Prêmio Cidade de Lisboa como Melhor Filme Internacional no Festival IndieLisboa em 2018. 

O CineClubinho traz de volta o longa de ficção “A Família Dionti”, de Alan Minas. Repleto de realismo mágico, o filme aborda temas universais como o primeiro amor, a perda de um familiar e transformação pessoal ao contar a história de um pai que cria sozinho seus dois filhos em um sítio no interior do Brasil.

Na sexta-feira, dia 27, a série Cinema #EmCasaComSesc recebe uma pré-estreia exclusiva dentro da 16ª Mostra Mundo Árabe de Cinema. Em "Bagdá Vive em Mim”, de Samir Jamaleddine, conhecemos diversas histórias de vida que passam pelo Abu Nawas, um café aconchegante e ponto de encontro popular para exilados iraquianos em Londres. 

Também no dia 27 abrem as inscrições para o primeiro ciclo do curso “Cineastas Mulheres: do Íntimo ao Político”. Promovido pelo CineSesc, os encontros acontecerão de setembro a dezembro,  de forma online e gratuita. A cada mês, a partir da obra de uma cineasta escolhida, a psicanalista, escritora, ensaísta e crítica de arte Bianca Coutinho Dias irá trabalhar uma ideia de biografia que possa se reinventar para além dos lugares canônicos, sustentando, a partir do íntimo, do gesto e da memória, um campo poético e político que se esboça em cada produção fílmica. Com dois encontros por mês, o ciclo se inicia com discussões sobre a obra da premiada diretora japonesa Naomi Kawase. As inscrições são feitas através do site inscricoes.sescsp.org.br.

NAOMI KAWASE

01 e 02/09, das 19h às 21h

Inscrições a partir de 27/08, às 14h

CLAIRE DENIS

06 e 07/10 das 19h às 21h

Inscrições a partir de 01/10, às 14h

CHANTAL AKERMAN

10 e 11/11, das 19h às 21h

Inscrições a partir de 05/11, às 14h

AGNÈS VARDA

01 e 02/12, das 19h às 21h

Inscrições a partir de 26/11, às 14h

CINESESC DIGITAL - PROGRAMAÇÃO DA SEMANA

### CINEMA #EMCASACOMSESC ###

sescsp.org.br/cinemaemcasa

ESTREIA 26/8

DE PUNHOS CERRADOS

Dir.: Marco Bellocchio | Itália | 1965 | 105 min | Ficção | 14 anos

Alessandro é um jovem epilético e paranóico que mora em uma propriedade rural com outros dois irmãos, uma irmã e a mãe cega. Além dele, seus irmãos Leone e Giulia também têm epilepsia, sendo Augusto o único sem nenhuma disfunção. Querendo ajudar Augusto a ficar livre da família cheia de necessidades e fugir com sua namorada, Alessandro decide ajudá-lo e começa uma série de incidentes e assassinatos.

ESPLENDOR

Dir.: Naomi Kawase | Japão, França | 2017 | 103 min | Ficção | 10 anos

Misako é uma dubladora apaixonada por versões cinematográficas para deficientes visuais. Em uma exibição, ela conhece Masaya, um fotógrafo mais velho que está perdendo lentamente sua visão. Misako logo descobre as fotografias de Masaya, que estranhamente trará de volta o seu passado. Juntos, eles aprenderão a ver o mundo radiante que era invisível para seus olhos.

SABOR DA VIDA

Dir.: Naomi Kawase | Japão, França, Alemanha | 2015 | 113 min | Ficção | 10 anos

Sentaro dirige uma pequena padaria que serve dorayakis - panquecas recheadas com pasta de feijão vermelho doce. Quando uma senhora de idade, Tokue, se oferece para ajudar na cozinha, ele relutantemente aceita. Mas Tokue prova ter um toque de mágica quando se trata de fazer “an”. Graças à sua receita secreta, o pequeno negócio logo floresce e com o tempo, Sentaro e Tokue abrem seus corações para revelar velhas feridas.

LEMBRO MAIS DOS CORVOS

Dir.: Gustavo Vinagre | Brasil | 2019 | 82 min | Documentário | 14 anos

Júlia conta histórias para atravessar uma noite de insônia.

### CINECLUBINHO ###

sescsp.org.br/cineclubinho


A FAMÍLIA DIONTI

Dir.: Alan Minas | Brasil, Inglaterra | 2015 | 96 min | Ficção | Livre

A Família Dionti narra a fantástica história de um pai e seus dois filhos, Kelton, de 13 anos, e Serino, de 15, que vivem em um sítio no interior de Minas Gerais. A mãe não mora mais com eles, pois derreteu de amor, evaporou e partiu. Enquanto todos os dias sonha com a volta da mulher a cada chuva que cai, o pai cuida dos filhos com olhar atento, preocupado com a possibilidade de que tenham herdado o dom da mãe. Mas Serino é seco e chora grãos de areia. E Kelton, ao se apaixonar pela primeira vez por uma garota de circo, literalmente se liquefaz de amor.

ESTREIA 27/8

### 16ª MOSTRA MUNDO ÁRABE DE CINEMA ###

sescsp.org.br/cinemaemcasa

De 20 de agosto a 16 de setembro de 2021, o Instituto da Cultura Árabe – ICArabe, em parceria com o Sesc São Paulo e patrocínio da Casa Árabe, realiza a 16ª Mostra Mundo Árabe de Cinema. Produções inéditas no Brasil, que reforçam o caráter da diversidade dos países árabes e da aproximação com a sociedade brasileira. A cada sexta-feira, um novo filme estreia na série Cinema #EmCasaComSesc e fica disponível por 7 dias. Mais informações, acesse o site da mostra icarabe.org.

BAGDÁ VIVE EM MIM

Dir.: Samir Jamaleddine | Suíça, Alemanha, Reino Unido | 2019 | 109 min | Ficção | 16 anos

As histórias de vida de Taufiq, um escritor fracassado, de Amal, uma arquiteta se escondendo do marido, e de Muhannad, jovem gay especialista em tecnologia, se cruzam no Abu Nawas, um café aconchegante e ponto de encontro popular para exilados iraquianos em Londres. Nasseer, sobrinho de Taufiq, instigado pelo pregador de uma mesquita islâmica radical, ataca seu tio, que desaprova o conservadorismo, e transforma a vida de todos os frequentadores do Abu Nawas.

Série Cinema #EmCasaComSesc

Desde junho de 2020, o CineSesc realiza a série Cinema #EmCasaComSesc, na plataforma Sesc Digital (sescsp.org.br/cinemaemcasa). A iniciativa de oferecer gratuitamente filmes em streaming reforça os aspectos que ancoram a ação institucional do Sesc São Paulo, garantindo o acesso a conteúdos da cultura a variados públicos. Com maior presença no ambiente online, o Sesc amplia sua ação de difusão cultural, de maneira acessível e permanente. O público ganha assim mais um espaço para contemplar, descobrir e redescobrir o cinema, a partir de grandes obras selecionadas, disponibilizadas online e gratuitamente.


Os filmes ficam disponíveis por um período determinado, com alterações e novas estreias semanais a cada quinta-feira. Há ainda possibilidade de prorrogação da exibição, conforme a demanda do público, além de sessões especiais por períodos menores (como 24h, por exemplo). A curadoria do Cinema #EmCasaComSesc conta com a experiência do CineSesc, que segue fechado, por conta da crise causada pelo novo coronavírus.

Siga o CineSesc nas redes:

facebook.com/cinesescsp

twiter.com/cinesescsp

instagram.com/cinesescsp

youtube.com/cinesesc

+ Sesc Digital

A presença digital do Sesc São Paulo vem sendo construída desde 1996, sempre pautada pela distribuição diária de informações sobre seus programas, projetos e atividades e marcada pela experimentação. O propósito de expandir o alcance de suas ações socioculturais vem do interesse institucional pela crescente universalização de seu atendimento, incluindo públicos que não têm contato com as ações presenciais oferecidas nas 40 unidades operacionais espalhadas pelo estado. Por essa razão, o Sesc apresenta o Sesc Digital, sua plataforma de conteúdo!

Saiba+: www.sescsp.org.br/sescdigital





Nenhum comentário