Novidades

[News]Mad Dogz, PK e MC Rebecca estão juntos pela primeira vez e estreiam o single "Quarto Escuro" em todas as plataformas digitais.

MAD DOGZ, PK E MC REBECCA ESTÃO JUNTOS PELA PRIMEIRA VEZ E ESTREIAM O SINGLE “QUARTO ESCURO” EM TODAS AS PLATAFORMAS DIGITAIS
 
Faixa chega acompanhada de clipe inédito, gravado com todos os artistas em uma arena de air soft

 

 

“Quarto Escuro”, o novo single do Mad Dogz já está disponível em todas as plataformas digitais. A faixa traz, pela primeira vez, Mad Dogz, PK e MC Rebecca juntos, o lançamento vem com o tempero carioca e a pressão característica do som do trio.
 
O Mad Dogz é o trio de artistas que vem dando o que falar desde o ano passado, os DJs e produtores mascarados também assinam a produção musical de “Quarto Escuro”, eles cuidaram de todo o processo, até a finalização da faixa. "‘Quarto Escuro’ está pronta desde agosto de 2020 e com certeza é uma de nossas preferidas! Ter os gigantes PK e MC Rebecca juntos com a gente na música é um presentinho de Deus", comenta Gato, um dos integrantes do projeto.
 
"Tenho acompanhado a crescente que o Mad Dogz vem tomando no último ano e percebi um grande potencial vindo deles. Além do fato que são ótimos DJs e produtores. Eu recebi o convite para participar deste projeto e quando escutei a primeira versão da música, não pensei duas vezes, sabia que ‘Quarto Escuro’ seria um sucesso", pontua PK sobre a colaboração.

 

 

Créditos da imagem: Gabriel Brasil

 

"‘Quarto Escuro’ é uma música que mistura muito rock e batidas eletrônicas dentro do pop contemporâneo. E traz a ousadia de nós três (eu, Mad Dogz e PK) numa combinação única. O resultado tá muito bom com identidades únicas desse universo para o clipe”, diz Rebecca. 
 
Dessa vez, a produção traz referências internacionais, vindas do pop contemporâneo como Billie Eilish, The Weekend e Dua Lipa, misturadas com timbres do rock e samples eletrônicos buscando sempre a qualidade e harmonização entre os estilos, o resultado é um som com a cara do Mad Dogz, essencialmente diferente.
 
A composição de “Quarto Escuro” é mais uma  de Anne, que está a frente dos maiores hits do Mad Dogz, entre eles, “Bala Bala” e “Desce com Pressão”, que ganharam as vozes de Kevinho e Tainá Costa.
 
A música chega acompanhada de clipe inédito. Dirigido por Mateus Rigola e seguindo todas as recomendações para a prevenção da COVID-19, o registro foi gravado na cidade de São Paulo em uma arena de air soft, um local de atmosfera apocalíptica que, aliada a uma primorosa direção de arte, trouxe veracidade nas cenas nas quais Mad Dogz , PK e Mc Rebecca atuaram juntos.

 

Clique e confira aqui:

 

“Quarto Escuro” faz parte de uma crescente na carreira do Mad Dogz. Ano passado os músicos produziram faixas com WM, Kevinho, Lara Silva, Mc Mirella, Milla e MC Fioti. A campanha artística do Mad Dogz se tornou referência no mercado por produções musicais de qualidade, produções essas que já apresentam excelentes resultados, como entradas nos charts mais importantes do país e América Latina.

 

 

Créditos da imagem: Gabriel Brasil

 

Sobre Mad Dogz

 O futuro chegou, o trio de artistas e produtores Mad Dogz parecem ter vindo de outra galáxia. Em menos de um ano de trabalho o projeto é a grande revelação no funk em 2020, com nove lançamentos eles já alcançaram números estratosféricos somando mais de 30 milhões de acessos no youtube, outros milhões no spotify com direito a posição no chart Top 50 viral e Top 200 mais de uma vez. O Mad Dogz é a principal aposta da Warner Music Brasil, uma das maiores gravadoras do planeta.
 
O show realmente pode ser considerado de outro mundo, mas em tempos de pandemia o grupo focou no lançamento de hits, começando por “Vacilei”, com mais de 3 milhões de plays no Spotify e alcançou o Top 50 Virais e Top 220 simultanêamente. As músicas “Loucadamente” e “PPK” conquistaram seu lugar nas paradas nas vésperas do Carnaval e “Vai Ficar Querendo” com participação de Lara Silva e Thiaguinho MT, além de estrelar na programação do TVZ e da MTV e bater Top 50 Virais e Top 200 no Spotify, foi a música mais reproduzida em videos no TikTok em 2020 até agora, contando com mais de 150 mil videos na plataforma.
 
“Para e Repara”, em parceria com MC WM e Lara Silva superou todas as expectativas e já bateu mais de 15 milhões de acessos no YouTube, com direito #1 nos vÍdeos em alta e foi consagrada com posição no Top 200 Brasil do Spotify. “Bala Bala” é outro lançamento que merece destaque, com MC Fioti, MC Mila e Mc Anônimo. “Metralha de Raba”, com Tainá Costa e Mirella, veio na sequência e bateu mais de 2 milhões de acessos em apenas dois dias e continua crescendo a cada minuto. Ficou em #2 lugar nos assuntos em alta do Twitter (Trendind Topics) e em #1 lugar também nos videos em alta do YouTube durante o final de semana de lançamento. Ocoletivo lançou juntamente com Niack, um dos maiores artistas do ano, “Oh Juliana” Remix. “Desce com Pressão”, em colaboração com Kevinho e Tainá Costa, já nasceu vencedora, conquistando o público.

 

 

Créditos da imagem: Gabriel Brasil

 

Sobre PK

Natural do Rio de Janeiro, Pedro Henrique Bendia, é hoje mais conhecido como PK. Compositor das próprias canções e vive momento de ascensão. Hoje é um dos maiores nomes da música urbana do país. Em carreira solo desde 2018, pode-se dizer que o cantor respira música desde pequeno, quando já aos 9 anos ouvia Racionais MCs – que se tornou uma de suas grandes influências-. Nas plataformas digitais, são quase 4,5 milhões de ouvintes mensais, além de mais de 200 milhões de reproduções no Spotify. No YouTube, são mais de 120 milhões de visualizações em seus vídeos. Em, 2019, lançou o primeiro EP, “ImPKvel”, com a participação de nomes como Ludmilla, Kevin O Chris, DJ Pedro Henrique e DJ Tubarão. Lançou também as faixas “Envolvente”, com o cantor Buchecha, além da canção “Tudo de bom”, com a cantora Luísa Sonza.
 
Em 2020, continuou bombando lançando hit após hits, como “Hoje Tá Bom”, com MC Rebecca, e “Escandalosa”, com Tati Zaqui. Em abril, PK lançou a música “É O Perigo”, ao lado de Pocah, “Vai Danada”, em parceria com Becky G e Gabily e “Não Para Não”, em parceria com Mc Jottapê. O cantor também voltou as suas origens na canção “Como a chuva cai”, em parceria com o cantor Hungria Hip Hop. Além de participar de diversos feats ao lado de Lexa, Felipe Araújo, Xamã, e até fazer parte da 10 edição do Poesia Acústica. 2021 já começou com uma música daquelas – “Por causa dela” – que conta com a participação da comediante Gkay no clipe.

 

 

Créditos da imagem: Gabriel Brasil

 

Sobre MC Rebecca

Rebecca Alves tem 22 anos e já é fenômeno no entretenimento brasileiro. Mesmo com uma trajetória musical recente é uma artista completa em ascensão sendo cantora, dançarina e apresentadora. Nascida no Morro de São João, comunidade pertencente ao Engenho Novo, bairro do Rio de Janeiro, a cantora de origem humilde cresceu no samba, mais precisamente na quadra da Escola de Samba Salgueiro, começou cedo, aos 10 anos. E logo alcançou o posto de Rainha das Passistas. Com incentivo familiar procurou orientação profissional e se dedicou aos estudos para se transformar em uma artista de alta performance. Em 2018, com apenas 20 anos, conquistou a atenção do público de imediato com seu primeiro single Cai de Boca, que contou com composição da cantora Ludmilla. A música estourou na época nos bailes do Rio de Janeiro e logo foi reconhecida por outras capitais, com alcance de mais de 6 milhões de visualizações no Youtube e no Spotify sendo tocada 5,3 milhões de vezes. Logo, a artista emendou mais hits de funk, como “Deslizo e Jogo”, “Ao Som do 150”, “Sento com Talento” e “Coça de Rebecca”.
 
Em 2019 tornou-se a primeira cantora negra a alcançar o primeiro lugar no Spotify Brasil com a música Combachty, feat gravado com Anitta, Luísa Sonza e Lexa e a primeira mulher negra brasileira no Top100 do Spotify global, sendo uma voz importante na luta feminista e antirracista. Hoje a carioca dá início a um novo passo em sua carreira: no time interno conta com a manager Juliana Melo e o produtor musical Umberto Tavares, que junto com ela planejam seus próximos passos. No ano passado teve grandes feats que marcaram a carreira, como o single “A Coisa Tá Preta”, com a ícone Elza Soares. Além do primeiro EP lançado, “Enquanto Tiver Funk É Carnaval”, a cantora terá ainda este ano grandes lançamentos – singles próprios e feats diversos. Rebecca ainda é mãe da pequena Morena, de três anos. 

 

Redes Sociais:

Twitter: twitter.com/mad_dogz

Facebook: facebook.com/maddogzoficial

Instagram: instagram.com/maddogzoficial

YouTube: youtube.com/madgogz

PR/WMB


Créditos da imagem: Gabriel Brasil

Nenhum comentário