Novidades

[News]CCBB SP divulga programação da MOSTRA STEVE MCQUEEN – THE KING OF COOL

 

O Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo apresenta a mostra Steve McQueen – The king of cool, que exibe a trajetória de um dos principais fenômenos da indústria cinematográfica de todos os tempos, influenciando uma leva de atores, e artistas da música e da animação, e que comemoraria 91 anos (dia 24 de março). A mostra inicialmente programada em 2020 para celebrar os 90 anos do ator (se estivesse vivo), precisou ser adiada por conta da pandemia.

Sob curadoria do jornalista, crítico e diretor de cinema Mario Abbade e produção da BLG Entretenimento, a mostra que acontece de 22 de fevereiro a 29 de março, exibirá 29 produções, entre filmes e documentários, sobre o astro. Além da filmografia, apresentada em sessões presenciais no formato digital, haverá também na programação algumas atividades on-line como debate, aula magna, palestra, lives e sessões com recursos de acessibilidade (audiodescrição, legenda descritiva e interpretação em libras). E ainda um plus: playlist no app Spotify com as músicas dos filmes estrelados por McQueen. Todas as sessões presenciais, as atividades on-line e o acesso aos filmes com acessibilidade serão gratuitos. A mostra ainda passará pelos CCBBs Rio de Janeiro e Brasília.

Apelidado de ‘The king of cool’ (em português seria algo como ‘rei dos descolados’), Steve McQueen (04/03/1930 - 07/11/1980) é lembrado por seus personagens icônicos e seu estilo único. O ator ficou marcado por papéis de anti-heróis no cinema, como o ladrão de luxo Thomas Crown, o policial Frank Bullitt e o jogador de poker Cincinnati Kid. Desta forma, virou uma espécie de símbolo da contracultura nos Estados Unidos, em oposição aos mocinhos tradicionais do cinema. O talento de McQueen, porém, não se limitava a atuar: ele foi um grande ícone da moda masculina que influenciou milhões de homens ao longo de décadas.

Realizar uma mostra que reunirá os 26 filmes estrelados por McQueen – com direito a 3 documentários sobre sua vida e obra - é proporcionar ao público a chance de (re)ver, analisar e discutir a importância de Steve McQueen e seu estilo de atuação para o cinema e outras artes. Entre os filmes que serão exibidos estão ‘Sete homens e um destino’, ‘Fugindo do Inferno’, ‘Crown, o magnífico’, ‘Bullit’, ‘Papillon’, ‘Inferno da torre’, entre outros petardos. Os documentários ‘Steve McQueen’ (Steve McQueen: Man on the edge), de Gene Feldman, ‘Eu sou Steve Mcqueen’ (I am Steve Mcqueen), de Jeff Renfroe, e ‘Steve McQueen: A essência do formidável’ (Steve McQueen: The essence of cool), de Mimi Freedman estão na programação. A importância da mostra se mede não só pelo grande público fã de McQueen no mundo, mas também admiradores de cinema em geral, haja vista que o ator foi dirigido por importantes cineastas como Robert Wise, Sam Peckinpah, Peter Yates, Norman Jewison, John Sturges, Don Siegel, entre outros.

Segundo o curador, a mostra Steve McQueen – The king of cool serve tanto ao estudo da arte cênica quanto à análise de um fenômeno da cultura. “O ator faz parte de uma linhagem de nomes que constituem marcos da arte dramática, e é preciso que a sua filmografia seja observada e analisada sob essa perspectiva”, avalia Mário Abbade. Nomes do cinema como Colin Farrell, Kevin Costner, Pierce Brosnan e Bruce Willis o apontam como herói e inspiração para se tornarem atores. A lista de citações sobre McQueen vai longe: inclui longa de Tarantino e muitos outros filmes, livros, a animação “Os Simpsons” e o seriado “House”. O ator tem lugar assegurado em listas das revistas Premiere e Empire como uma das maiores estrelas do cinema de todos os tempos. “McQueen era um ícone tão forte que se sentiu à vontade para dizer não a diretores como Coppola, Spielberg e Milos Forman, recusando convites milionários e papéis com que outros profissionais sonhavam, como os de Apocalypse now e Um estranho no ninho”, diz Abbade.

Proporcionar ao público uma maior proximidade com o ícone Steve McQueen é uma das premissas da mostra que terá as seguintes atividades extras de forma virtual: Debate sobre a vida e a obra do homenageado mediado por Mario Abbade (curador); aula magna com o tema Steve McQueen – O Arquétipo do Anti-Herói de Poucas Palavras, também com o curador Mario Abbade e o ator Eriberto Leão; palestra ministrada pelo Abbade e convidados, com o tema “A narrativa cinematográfica em imagens – O que está por trás de cada cena”; e 2 filmes com recursos de acessibilidade: audiodescrição, legenda descritiva e interpretação em Libras, que serão programados em uma plataforma de streaming. A programação contará também com lives no perfil do CCBB no Instagram e contará também com uma playlist no www.spotify.com com as músicas dos filmes estrelados por McQueen.

O reflexo da influência de Steve McQueen na cultura também pode ser medido no mundo da música. Os Rolling Stones falam dele na música “Star Star”. Sheryl Crow compôs a canção “Steve McQueen” homenageando o ator. Outra letra em tributo ao king of cool, que também leva seu nome, é a da banda Drive-By Truckers, que anuncia o que ele significou para muita gente: “Quando eu era menino, eu queria crescer para ser Steve McQueen”, diz a letra. McQueen também é citado em músicas de artistas consagrados como Leonard Cohen, R.E.M., Beastie Boys, Blur, Boy George e Elton John, entre muitos outros, e deu nome a um disco da banda Prefab Sprout.

 

Programação: Steve McQueen – The king of cool

CCBB São Paulo 22 de fevereiro a 29 de março

22/02 – segunda-feira 

14h A bolha assassina (The blob). 91 min

16h30 O canhoneiro do Yang-Tsé (The Sand Pebbles). 182 min

19h Atividade on-line Live Instagram com Mario Abbade e Rodrigo Fonseca

                            

23/02 – terça-feira

16h Steve McQueen (Steve McQueen: Man on the edge). 60 min

18h Império de gangster (Never love a stranger). 91 min

 

24/02 – quarta-feira

14h O grande roubo de St. Louis (The great St. Louis Bank robbery). 89 min

16h30 Inferno na torre (The towering inferno). 165 min

 

25/02 – quinta-feira

14h30 Tom Horn, O cowboy (Tom Horn). 98 min

17h20 Sete homens e um destino (The magnificent seven). 128 min

 

26/02 – sexta-feira

15h O inferno é para os heróis (Hell is for heroes) 90 min

17h20 O amante da guerra (The war lover). 105 min

 

27/02 – sábado

19h Atividade on-line Debate no YouTube: Steve McQueen, vida e obra, com Luciana Costa e Célio Silva. Mediação: Mario Abbade

 

01/03 – segunda-feira 

17h30 O preço do prazer (Love with the proper stranger) 102 min

                                                                 

03/03 – quarta-feira

16h O gênio do mal (Baby the rain must fall). 100 min.

19h Atividade on-line Live Instagram com Mario Abbade e Ana Carolina Garcia

 

04/03 – quinta-feira

14h30 As 24 horas de Le Mans. 106 min

17h Papillon. 151 min

 

05/03 – sexta-feira

14h30 O inimigo do povo (An enemy of the people). 103 min

17h20 Os implacáveis (The getaway). 123 min

 

06/03 – sábado

13h – Exibição on-line dos filmes com recursos de acessibilidade. Ficarão disponíveis até às 23h59 do dia 13 de março. Acesso gratuito na plataforma wurlak.com

15h A mesa do diabo (The Cincinnati kid). 102 min

17h20 Nevada Smith. 128 min

 

07/03 – domingo

15h Caçador implacável (The hunter). 97 min

17h20 Bullitt. 114 min

 

08/03 – segunda-feira

17h20 Crown, o magnífico (The Thomas Crown affair). 102 min

 

10/03 – quarta-feira

17h20 Quando explodem as paixões (Never so few). 125 min.

11/03 – quinta-feira 

14h O grande roubo de St. Louis (The great St. Louis Bank robbery. 89 min.

16h30 Fugindo do inferno (The great escape). 172 min.

12/03 – sexta-feira 

14h A bolha assassina (The blob). 91 min.

16h30 Inferno na torre (The towering inferno). 165 min

 

13/03 – sábado

14h Atividade on-line Palestra: A narrativa cinematográfica em imagens – O que está por trás de cada cena. Com Mario Abbade. 60min

15h Império de gangster (Never love a stranger). 91 min

17h20 Sete homens e um destino (The magnificent seven), de John Sturges (EUA, 1960). 128 min

 

14/03 – domingo

15h Os rebeldes (The reivers). 107 min

17h30 Dez segundos de perigo (Junior Bonner). 100 min

 

15/03 – segunda-feira

16h30 O canhoneiro do Yang-Tsé (The Sand Pebbles). 182 min

 

17/03 – quarta-feira

15h Eu sou Steve McQueen (I am Steve McQueen). 90 min

17h20 Bullitt. 114 min

19h Atividade on-line Live Instagram Mario Abbade e Ricardo Largman

 

18/03 – quinta-feira

15h30 Quanto vale um homem (Soldier in the rain). 88 min

18h O inferno é para os heróis (Hell is for heroes. 90 min.

 

19/03 – sexta-feira

15h A mesa do diabo (The Cincinnati kid). 102 min.

17h20 Os implacáveis (The getaway). 123 min

 

20/03 – sábado

14h – Atividade on-line/Aula magna: Steve McQueen – O Arquétipo do Anti-Herói de Poucas Palavras. Com Mario Abbade e Eriberto Leão. 120min

15h Tom Horn, O cowboy (Tom Horn). 98 min.

17h20 Nevada Smith. 128 min.

 

21/03 – domingo

15h O gênio do mal (Baby the rain must fall). 100 min.

17h30 O preço do prazer (Love with the proper stranger) 102 min.

 

22/03 – segunda-feira

15h O amante da guerra (The war lover). 105 min.

17h20 Crown, o magnífico (The Thomas Crown affair). 102 min

 

24/03 – quarta-feira

15h O inimigo do povo (An enemy of the people). 103 min

17h20 Os rebeldes (The reivers). 107 min

 

25/03 – quinta-feira

15h Dez segundos de perigo (Junior Bonner). 100 min

17h20 As 24 horas de Le Mans. 106 min

 

26/03 – sexta-feira

15h A máquina do amor (The honeymoon machine. 87 min

17h20 Caçador implacável (The hunter), de Buzz Kulik (EUA, 1980). 97 min.

 

27/03 – sábado

14h Steve McQueen: A essência do formidável (Steve McQueen: The essence of cool). 87 min

16h30 Fugindo do inferno (The great escape). 172 min.

 

28/03 – domingo

17h30 Quanto vale um homem (Soldier in the rain). 88 min

 

29/03 – segunda-feira

17h Papillon. 151 min

Filmes:

Império de gangster (Never love a stranger), de Robert Stevens  (1958) 91 min


Sinopse: Um órfão criado na fé católica descobre que é judeu e é expulso da comunidade. Irritado e desiludido, ele se volta para o crime e logo se torna o principal chefe de Nova York.


A bolha assassina (The blob), de Irvin S. Yeaworth Jr. e Russell S. Doughten Jr. (1958) 86 min


Sinopse: Quando um enorme meteoro cai na terra, o jovem Steve Andrews resolve ver o que aconteceu e descobre que no local da queda está crescendo uma substância gosmenta e rosa. Logo, pessoas começam a desaparecer e a única explicação possível é a bolha rosada assassina, que está sugando a vida de indivíduos para se alimentar, só que ao relatar o ocorrido ninguém além da namorada de Steve acredita nele.


O grande roubo de St. Louis (The great St. Louis Bank robbery), de Charles Guggenheim e John Stix (1959) 89 min


Sinopse: Gangue planeja um assalto ao banco de St. Louis. Os planos se complicam quando a irmã de um dos ladrões começa a expressar suas suspeitas.


Quando explodem as paixões (Never so few), de John Sturges (1959) 125 min


Sinopse: Em meio a Segunda Guerra Mundial, soldados aliados pretendem organizar nativos asiáticos do Burma contra hordas invasoras japonesas. O rebelde capitão Tom Reynolds destaca-se na batalha, porém é surpreendido quando um grupo que veio em seu apoio, é emboscado por mercenários chineses. Reynolds planeja vingança. Mesmo que seus atos possam levar a uma briga com a China, rival do Japão.


Sete homens e um destino (The magnificent seven), de John Sturges (1960) 128 min


Sinopse: Em um vilarejo mexicano, os habitantes sofrem constantes ataques de um bando de pistoleiros liderados pelo temido Calvera. Cansados de serem saqueados, alguns moradores locais que não têm armas e muito menos temperamento violento viajam até a fronteira, onde encontram Chris e Vin, dois pistoleiros desempregados que estão dispostos, não pelo dinheiro mas pela aventura, a reunir mais cinco outros foras-da-lei, que concordam por motivos diversos, a defendê-los de Calvera. A vitória parecia assegurada, mas Calvera não desiste facilmente e volta ao povoado, obrigando Chris e seus companheiros a lutarem até a morte para salvar os habitantes da pequena cidade.


A máquina do amor (The honeymoon machine) (1961), de Richard Thorpe (1961) 87 min


Sinopse: No navio El Mira há um grande entusiasmo, pois o super computador do navio, que é carinhosamente chamado de Max, previu precisamente quando e em qual lugar uma cápsula espacial iria cair. O tenente Ferguson "Fergie" Howard também fica bem animado, mas por outro motivo: tem a ideia de usar Max para prever os números que vão cair na roleta. O cientista do navio, Jason Eldridge, confirma que isto pode ser feito, se algumas variáveis forem fornecidas para Max. Ele convence Eldridge a participar do plano de estourar a banca do cassino de Veneza, pois o navio passará por lá.


O inferno é para os heróis (Hell is for heroes), de Don Siegel (1962) 90 min


Sinopse: No Outono de 1944, as forças nazistas, aliadas à Siegfried Line, detêm os dados, as fortalezas e o poder de fogo para vencer. E um punhado de recrutas tem pouco mais do que muita ousadia e a ideia genial de convencer os alemães de que eles são membros de uma grande força-tarefa dos Aliados. Será que eles conseguirão resistir até que os esforços cheguem finalmente?


O amante da guerra (The war lover), de Philip Leacock (1962) 105 min


Sinopse: Inglaterra, Segunda Guerra Mundial. Buzz Rickson é o piloto mais ousado e também o mais irresponsável do seu esquadrão. Suas manobras ousadas conquistam o respeito de sua relutante tripulação, porém sua atitude rebelde o afasta de todos, com exceção de seu co-piloto Ed Bolland.


Quanto vale um homem (Soldier in the rain), de Ralph Nelson (1963) 88 min


Sinopse: Dois companheiros do exército, Sargento mestre Maxwell Slaughter, e o sargento Eustis Clay juntam-se como civis em uma empresa privada. Clay se esforça para ser um bom jogador no serviço militar, assim como Slaughter, de quem Clay tem muito a aprender.


Fugindo do inferno (The great escape), de John Sturges (1963) 172 min.


Sinopse: Em 1943 os nazistas decidem transferir os prisioneiros de guerra militares, que têm maior incidência em tentativas de fugas, para o mesmo campo, que foi projetado para impedir qualquer tipo de evasão. Mas isto foi um erro, pois apesar dos prisioneiros gozarem de certos privilégios, cada um era o melhor na sua "especialidade" e não pretendiam ficar presos até o final da guerra. Logo idealizam um audacioso plano de fuga, que previa a construção de três túneis, mas a idéia não era retirar do campo alguns prisioneiros, mas sim duzentos e cinqüenta. "Big X" Bartlett é um soldado britânico que habilmente elabora todo o plano. Ele é auxiliado por Danny Willinski, um polonês que é especialista em fazer trincheiras. Há também dois americanos: Hendley, que tem talento para roubar, e Hilts, que tem um jeito rebelde, além de ter ideias próprias de como fugir e ser um recordista na tentativa de fugas. Há ainda Blythe, um mestre na falsificação. A ideia de fazerem três túneis é que se um deles for descoberto os outros ainda servirão para a evasão. Além da fuga propriamente dita há um esquema para, após saírem do campo, chegarem até a Inglaterra ou qualquer outro país neutro.


O preço do prazer (Love with the proper stranger), de Robert Mulligan (1963) 102 min


Sinopse: Nova York. Um casal italo-americano se reencontra quando Angie Rossini, uma operária, procura um trompetista, Rocky Papasano, para lhe dizer que está grávida e que precisa de sua ajuda para conseguir um médico que faça um aborto. Deste momento em diante os dois vivem uma relação no qual a tensão do momento é o fator predominante.


O gênio do mal (Baby the rain must fall), de Robert Mulligan (1965) 100 min


Sinopse: Henry Thomas é cantor e guitarrista em uma banda e está em liberdade condicional. Sua esposa Georgette e a filha Margaret Rose viajam até o Texas para ficar com ele e tentar reconstruir o relacionamento e a vida juntos. Entretanto, a mãe adotiva de Henry não aceita que seu filho seja cantor e o ameaça com os termos da condicional para que o rapaz cumpra seus desejos.


A mesa do diabo (The Cincinnati kid), de Norman Jewison (1965) 102 min


Sinopse: Nos anos 30, em Nova Orleans, o jovem Cincinnati Kid é um ambicioso e talentoso jogador de pôquer e arrisca tudo que pode nas suas jogadas, almejando a ascensão no mundo do baralho. Ele tem a sua maior oportunidade quando desafia Lancey Howard, ou "The Man", um jogador de elite.


Nevada Smith, de Henry Hathaway (1966) 128 min


Sinopse: Velho Oeste, final do século XIX. Sam Sand e sua mulher, uma índia, são torturados e mortos por três pistoleiros, que acreditam que Sam escondia boa quantidade de ouro. O filho do casal, Max Sand, ficou tão chocado ao ver os corpos dos pais que decidiu que não queria que ninguém mais os visse assim, queimando a casa com os corpos dentro. Max decide se vingar custe o que custar, mas não sabe atirar e nem mesmo escrever e ler. Além disto não sabe o nome dos assassinos, que ele viu apenas uma vez por um breve momento.


O canhoneiro do Yang-Tsé (The Sand Pebbles), de Robert Wise (1966) 182 min


Sinopse: Jake Holman é um engenheiro que chega a uma canhoneira, durante a Revolução Chinesa, em 1926. Seu jeito cínico e arrogante se choca com a cultura chinesa que está a bordo do navio. A embarcação começa a apresentar problemas e os embates entre chineses e estrangeiros crescem durante o salvamento dos embarcados.


Crown, o magnífico (The Thomas Crown affair), de Norman Jewison (1968) 102 min


Sinopse: Sendo chefiados por Thomas Crown, um próspero homem de negócios que eles não conhecem, quatro homens cometem um ousado assalto em um banco, roubando durante o dia dois milhões e seiscentos mil dólares e colocando todo o dinheiro em um carro. O motorista, por sua vez, coloca todo o dinheiro roubado em uma lata de lixo do cemitério e, enquanto os ladrões fogem separadamente, Thomas recolhe o produto do roubo. Mas Vickie Anderson, uma investigadora de uma agência de seguros, tem certeza de que Thomas organizou o golpe, apesar de não precisar do dinheiro. Ela receberá 10% da quantia recuperada, mas paralelamente entre Vickie e Thomas surge uma forte atração e, mesmo ele sabendo que ela espera uma falha dele, os dois não deixam de se encontrar, com seu relacionamento se tornando um jogo no qual um tem que perder.


Bullitt, de Peter Yates (1968) 114 min.


Sinopse: Em São Francisco Frank Bullitt, um detetive da polícia, é escolhido por Walter Chalmers, um promotor público, para proteger da "Organização" por um fim-de-semana Johnny Ross, uma testemunha-chave que deporá em audiência na segunda-feira perante uma Subcomissão do Senado. Carl Stanton, um detetive que auxiliava na proteção, é gravemente baleado na perna e Ross é morto por assassinos profissionais, que pareciam saber onde Ross se escondia. Bullitt procura pelos assassinos e quer saber como a informação do esconderijo vazou, mas Bullitt tenta esconder a morte de Ross (que só realmente faleceu após uma cirurgia) para poder pegar os mandantes do crime. Paralelamente, Chalmers não tem nenhum interesse no policial ferido ou nos assassinos, mas nas audiências que poderão projetá-lo politicamente diante da opinião pública. Mas as investigações vão revelar uma grande surpresa.


Os Rebeldes (The reivers), de Mark Rydell (1969) 107 min


Sinopse: Um audacioso trio composto por um garoto de 13 anos, um adulto rude e um negro astuto toma emprestado o carro do Patrão e parte em viagem a fim de três dias de prazer ilícito.


As 24 horas de Le Mans (Le Mans), de Lee H. Katzin (1971) 106 min


Sinopse: Michael Delaney é um americano que é piloto de corridas. Ele retorna ao circuito de Le Mans, na França, determinado a vencer, a despeito de ter quase morrido um ano atrás. Lá sente-se atraído por Lisa Belgetti, a viúva de um piloto que morreu no mesmo acidente, sendo que há uma grande possibilidade de Delaney ter sido causador do trágico acidente.


Junior Bonner – Dez segundos de perigo (Junior Bonner), de Sam Peckinpah (1972) 100 min


Sinopse: Quando o peão de rodeio Junior Bonner volta para sua cidade natal para enfrentar o touro que um dia o derrotou na arena, percebe que há outras pendências a serem resolvidas, especialmente com sua família.


Os implacáveis (The getaway), de Sam Peckinpah (1972) 123 min


Sinopse: Numa penitenciária do Texas, Carter "Doc" McCoy cumpre pena de 10 anos por assalto a mão armada. Após cumprir 4 anos ele entra com um pedido de liberdade condicional, que lhe é negado. Isto o deixa desesperado, assim quando recebe a visita de sua mulher, Carol Ainsley McCoy, pede que ela procure Jack Beynon, um dos membros da junta de liberdade condicional, e diga-lhe que "Doc" está à venda pelo preço que ele estipular. Carol garante a liberdade de "Doc", com a condição que Carter faça um "trabalho" para Jack. Rapidamente a junta altera sua decisão. "Doc" é libertado e logo se encontra com Jack, que diz que ele roubará um pequeno banco em Beacon City, Texas, mas renderá US$ 500 mil, pois uma companhia petrolífera faz lá seus depósitos.


Papillon, de Franklin J. Schaffner (1973) 151 min


Sinopse: Na década de 30, Papillon foi acusado de assassinato e mandado para cumprir prisão perpétua na Guiana Francesa. As regras da prisão são claras: Qualquer um que tentar fugir ganhará como punição dois anos de solitária. Isso não é o bastante para assustar Papillon, que vai tentar fugir de qualquer maneira com a ajuda de Louis Dega. Em uma das vezes ele quase consegue e vai parar incialmente em uma colônia de hansenianos e depois em uma tribo de índios caribenhos, até chegar na Ilha do Diabo.


Inferno na torre (The towering inferno), de John Guillermin (1974) 165 min


Sinopse: Em São Francisco, Doug Roberts, um arquiteto, retorna de longas férias e encontra quase terminado o arranha-céu que projetou. Na verdade, se trata do maior edifício do mundo, com 138 andares de escritórios e residências, além de ter um restaurante de luxo e um heliporto na cobertura. No dia da festa de inauguração, descobre que as especificações da instalação elétrica não foram seguidas e que o prédio está sujeito a curtos-circuitos. E o pior acontece quando um incêndio começa deixando vários convidados presos no andar de cima, sendo esta a principal preocupação de Michael O'Hallorhan, o chefe dos bombeiros, pois além da coragem da sua equipe não existe equipamento contra incêndio que consiga atingir os andares mais altos desta colossal construção e, se o fogo não estiver logo controlado, o número de vítimas será imenso. Além disto, alguns convidados se apavoram, dificultando o resgate.


O inimigo do povo (An enemy of the people), de George Schaefer (1978) 103 min


Sinopse: Um cientista fica contra uma cidade inteira quando ele descobre que o spa medicinal deles, uma grande fonte de turismo, está poluído.


Tom Horn, O cowboy (1980), de William Wiard (1980) 98 min


Sinopse: Coble estava com problemas de roubo de gado e propõe a Tom, apoiado por outros rancheiros da "Associação" e pelo delegado Joe Belle, que ele persiga os ladrões, matando-os ou expulsando-os da região.


O caçador implacável (The hunter), de Buzz Kulik (1980) 97 min


Sinopse: A trajetória de Ralph "Papa" Thorson, um moderno caçador de recompensas que teve uma excitante vida viajando de uma cidade até outra, tentando encontrar a pista de fugitivos e continuamente arriscando sua vida neste processo.


Documentários:


Steve McQueen (Steve McQueen: Man on the edge), de Gene Feldman e Suzette Winter (1990) 60 min


Sinopse: Abandonado por seu pai, Steve foi educado em um reformatório. Juntou-se aos fuzileiros navais, mas nunca ficou longe de problemas. Então, ele descobriu na arte de atuar e na mulher que estaria com ele em toda sua carreira meteórica, a alegria de viver. Steve McQueen, um dos mais difíceis, mais rebelde, e quando ele quisesse mais charmoso astro de Hollywood.


Eu sou Steve Mcqueen (I am Steve Mcqueen), de Jeff Renfroe (2014) 90 min


Sinopse: Conta a história fascinante de uma das maiores estrelas que Hollywood já viu. Percorrendo um caminho improvável do reformatório para o Lee Strasberg Actors Studio, McQueen se tornou o ator mais bem pago de sua geração. Pela primeira vez, o público agora tem a oportunidade de conhecer seu mundo com Gary Oldman, Pierce Brosnan, Ali MacGraw, Marisa Miller e narrado por Robert Downey Jr.


Steve McQueen: A essência do formidável (Steve McQueen: The essence of cool), de Mimi Freedman (2005) 87 min


Sinopse: A vida do ator Steve McQueen, no 75º aniversário de seu nascimento.


Serviço:

Mostra Steve McQueen – The king of cool

Local: Centro Cultural Banco do Brasil - Cinema


Datas: De 22 de fevereiro a 29 de março de 2021


Ingressos: Evento Gratuito – Ingresso pelo site ou app Eventim


Classificação indicativa de acordo com cada filme


Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico, Triângulo SP, São Paulo–SP


Em fevereiro: Aberto de segunda à sexta, das 10h às 18h. Fechado nos fins de semana.


Acesso ao calçadão pela estação São Bento do Metrô


Informações: (11) 4297-0600


Estacionamento conveniado: Rua da Consolação, 228 (R$ 14 por seis horas, necessário validar ticket na bilheteria). Uma van faz o traslado gratuito entre o estacionamento e o CCBB. No trajeto de volta, tem parada no Metrô República. 


bb.com.br/cultura | twitter.com/ccbb_sp | facebook.com/ccbbsp | instagram.com/ccbbsp |  ccbbsp@bb.com.br




Nenhum comentário