17 setembro 2018

[Resenha] O Poder


Sinopse: O que você faria se tivesse o poder em suas mãos?
Em um futuro próximo, as mulheres desenvolvem um estranho poder: elas se tornam capazes de eletrocutar outras pessoas, infligindo dores terríveis... até a morte. De repente, os homens se dão conta de que não estão mais no controle do mundo.
“Um olhar fascinante no que o mundo poderia ter se tornado se o sexismo dos últimos milênios tivesse tomado rumos diferentes. Engenhoso... merece ser lido por todas as mulheres (e, claro, por todos os homens).”
THE TIMES
“O poder é uma leitura explosiva.”
FINANCIAL TIMES

O que eu achei?
Vivemos em uma sociedade que infelizmente ainda dominada em grande parte pelo machismo, como homem não posso falar com muita propriedade sobre o assunto mas é algo de conhecimento geral que as mulheres ainda são tratadas com desigualdade em diversos aspectos e em “O Poder” vemos esse jogo virar de uma forma muito surpreendente.

O livro é uma distopia em que somente as mulheres desenvolvem um poder de criar cargas elétricas que podem ser letais e é a história chega em um determinado momento em que essas mesmas vão se impor agora mais forte do que nunca e vão assumir todo o controle, claramente uma sátira muito bem criada sobre os dias atuais e de uma forma que é impossível não nos fazer refletir.

De cara a história pode ser muito confusa pois são diversos personagens diferentes narrando, com seus ideais diferentes e a primeira vista é muita informação ao mesmo tempo para você processar, mas não é algo ruim, pois com o tempo você vai se acostumando e as coisas vão se encaixando gradativamente. A história é muito bem elaborada e executada, uma distopia que não vai desapontar os que já gostam do gênero.

Mesmo com as mulheres tomando o poder, vemos grandes traços do que a sociedade outrora dos homens deixou em alguns personagens. Temos uma personagem que sofreu abuso sexual, uma que mesmo em um grande cargo político ainda consegue ser subordinada e tantas outras consequências que a antiga sociedade causou na atual.

O livro faz jus a toda aclamação pela crítica. A história é muito bem elaborada e você se prende a cada capítulo com as cenas com olhares diferentes, e poderes diferentes. Com personagens muito bem construídos e uma escrita maleável, O Poder é uma leitura que vai agradar qualquer um. Desde a sua edição maravilhosa em capa dura que a editora Planeta trouxe, ao desfecho surpreendente dessa história.


Por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário