20 setembro 2018

[Crítica] 22 milhas

Sinopse:
Depois de ser auxiliado por uma unidade de comando tático ultrassecreta, um agente da CIA (Mark Wahlberg) tem que transportar um informante da Indonésia do centro da cidade para refúgio em um aeroporto a 22 milhas de distância.

O que eu achei?

James Silva é um homem que perdeu seus pais numa tragédia, diagnosticado com super dotado, durante sua adolescência desenvolveu o hábito de se envolver em brigas causados por surtos de raiva e solidão.Logo James é recrutado pelo exército e se torna notável na arte matar.

Silva é convidado para integrar uma força tarefa chamada OverWatch, uma unidade tática secreta que não vê limites, nem leis para executar uma missão. Quando tudo parece não ter mais jeito para força policial ou política, os agentes são chamados para agir. 
O foco central do filme é transportar Li Noor, um policial corrupto para os EUA. Li tem informações contra o governo de seu país sobre uma carga de material radioativo, mas para entregar a localização exata pedirá asilo político como delator. 

Ao chegar na embaixada americana, Li entrega um hd criptografado que somente ele poderá abrir. O que eles não contavam é que um verdadeiro exército se infiltra na equipe parar tentar matá-lo. A partir daí, James e sua equipe terão que lidar com um prazo pré estipulado por Li para tirá-lo da embaixada, se não o hd se autodestruirá. A distância entre a embaixada e a pista é de exatos 22 milhas que terão que percorrer enfrentando um verdadeiro bang- bang repleto de tiros e explosões.

As cenas de ações são orquestradas com maestria, por uma equipe incrível que coreografa o embate corpo a corpo dos personagens. 
Por diversos momentos o filme fica confuso por não conseguirmos entender o que de fato Li é, que você só irá descobrir nos últimos minutos do longa.
Mark Wahlberg em alguns momentos parece estar perdido, meio descaracterizando seu personagem, mas acredito que no todo ele fez um ótimo trabalho ao interpretar um herói complexo e mentalmente instável.

O filme é curtinho e quando você menos espera acabou, e fica aguardando mais um pouquinho do que de fato foi incrível: cenas coreografadas com maestria.

Nenhum comentário

Postar um comentário