29 maio 2018

[Resenha] O dragão de Sua Majestade

Sinopse: Era napoleônica: Inglaterra e França estão em guerra. O capitão William Laurence, a serviço de Sua Majestade, captura uma fragata francesa, apoderando-se de sua preciosa carga: um ovo de dragão chinês, a mais rara das espécies de dragões. Quando o ovo choca, uma inesperada afinidade surge entre o capitão Laurence e o pequeno dragão, que recebe o nome de Temeraire. Esta relação é capaz de fazer Laurence deixar para trás sua sólida carreira na Marinha Real Britânica para lutar por um futuro incerto no Corpo Aéreo, como cavaleiro de Temeraire. Cabe a ele treinar o dragão em táticas de batalhas aéreas para integrá-lo à força aérea britânica, e prepará-lo para enfrentar as invasões napoleônicas. Após um intenso e exaustivo treinamento, Laurence e Temeraire estão prontos para participar das batalhas contra o exército francês e impedir seu avanço sobre solo britânico. Porém, para evitar que um diabólico plano do imperador francês se realize, capitão e dragão terão de passar por um batismo de fogo, arriscando as próprias vidas para defender a Inglaterra de seus inimigos. O dragão de sua majestade, primeiro romance de Naomi Novik, combina história e fantasia em uma saga épica, dando uma nova e emocionante dimensão aos combates aéreos. Com esta aventura fascinante, que mescla J. R. R. Tolkien e Patrick O'Brian, Novik conquistará leitores de todas as idades.


O que eu achei?
Me tornei fã da Naomi Novik ano passado quando li a obra dela vencedora do Nebula (um dos maiores prêmios de fantasia e ficção científica do mundo) e fui procurar outras obras dela. A série de Temeraire foi a primeira obra dela publicada e consiste em nove volumes dos quais apenas três foram publicados pela Record, infelizmente. Se você quiser ler todos, terá que ler em inglês. 

A história começa no meio das Guerras Napoleônicas (série de guerras no período de 1803-1815 envolvendo vários o) quando um capitão da Royal Navy (a marinha britânica)chamado William Laurence está no meio de uma batalha no Oceano Atlântico quando sua tripulação captura uma fragata francesa e fazem a tripulação refém. Eles encontram um tesouro de valor quase inestimável: um ovo de dragão. E não é um ovo de dragão qualquer, é de uma raça chinesa, a Celestial, a mais rara de todas que produz os mais eficientes dragões na guerra.

A surpresa vem quando o ovo logo choca e um dragonete nasce. Nesse universo, as criaturas já nascem sabendo falar e tem personalidade.Laurence decide batizá-lo de Temeraire e ambos são enviados à um campo de treinamento na Escócia para aprenderem as técnicas de combate. Laurence sempre foi um marinheiro e nunca esteve acostumado com as técnicas de aviação e sente um estranhamento assim que é apresentados aos outros aviadores.

 Acontece que o ovo de Temeraire tinha sido enviado pelos chineses como um presente ao imperador da França e ele não ficou nem um pouco contente quando soube que ele fora parar nas mãos de seus inimigos. Ele envia suas tropas e espiões para tentar interceptar mas é tarde demais porque o dragão já havia criado um elo empático com seu mestre. Aliás, a relação entre o capitão e seu dragão é um dos pontos altos do livro. No final de cada noite, Laurence lê um trecho de um livro para Temeraire já que ele não consegue segurar um livro por causa de suas garras. Chega a um ponto em que ele prefere dormir com seu dragão do que no alojamento junto com os outros oficiais. 

 Por falar nos oficias, os personagens secundários são cativantes. Há uma raça de dragões, os Longwings, que só aceitam serem conduzidos por mulheres. A capitã Harcourt conduz a dragoa Lily e eles apresentam uma choque de realidade para Laurence quando ele percebe que seus hábitos da Marinha são diferentes e que mulheres vestem calças e podem dar ordens se tiverem uma posição hierárquica mais alta do que a dele. 

Mais uma vez, Novik cria um mundo fantástico sensacional, que irá fazer você desejar poder vivenciar as guerras napoleônicas no dorso de dragões.A série foi elogiada por ninguém menos do que Peter Jackson, diretor da trilogia O senhor dos anéis. Se você curte fantasia e relatos históricos, certamente vai gostar.

Uma curiosidade: Naomi é uma das escritoras que começou a fazer sucesso com fanfics. Ela até mesmo criou a Organization for Transformative Works, uma organização sem fins lucrativos destinada a preservar e disseminar obras de ficção.

Nenhum comentário

Postar um comentário