31 maio 2018

[Crítica] Os estranhos 2-Caçada Noturna

Sinopse:Seguindo os acontecimentos do primeiro filme, uma nova família receberá a terrível visita de três psicopatas - que têm como único objetivo transformar suas vidas em um inferno na Terra.

   O que eu achei ?
O filme original de 2008 com Liv Tyler (a elfa Arwen de O senhor dos anéis) e Scott Speedman (da franquia Anjos da noite) fazia um jogo interessante com a sensação de claustrofobia do casal fugindo de um grupo de maníacos mascarados tentando entrar em sua casa. O x da questão era que não havia para onde correr e nem muito o que fazer além de tentar sobreviver.

Nessa nova versão, um casal, Cindy (Christina Hendricks de Mad Men)e Mike (Martin Henderson de O chamado) mora com os filhos Kinsey (Bailee Madison de A hora do espanto e Once upon a time) e Luke (Lewis Pullman de A guerra dos sexos) em um acampamento de trailers.

 Um dia, uma garota aparentemente perdida em meio ao temporal, bate na porta procurando por uma tal de Tamara. Mike e Cindy dizem que não há ninguém com aquele nome ali e a garota vai embora mas volta alguns minutos depois fazendo a mesma pergunta. Eles oferecem a ela o telefone mas ela declina a oferta. Pouco tempo depois, o casal vê pela janela um homem mascarado armado com uma machadinha. A partir daí, eles sofrem com os ataques de três figuras misteriosas tentando matá-los a todo custo apenas para o bel-prazer de suas mentes doentias.

O maior medo do ser humano é o desconhecido e no filme original esse ponto era explorado ao máximo- os assassinos eram totalmente mudos e em hora nenhuma revelavam suas identidades. Nessa continuação, eles falam algumas palavras e há uma cena em que Kinsey consegue tirar a máscara de uma das mascaradas e quando indagada sobre os motivos que a teria levado a cometer tal maldade, ela simplesmente responde: e por quê não ?

O resultado acabou se tornando um clichê dos filmes de slasher, ecoando clássicos como Sexta-feira 13 e O massacre da serra elétrica. Há algumas cenas bem inverossímeis como a da perseguição à Kinsey em um carro em chamas. O final deixado em aberto faz com o espectador decida o destino da personagem. Deixou a desejar.

                         Trailer:


Nenhum comentário

Postar um comentário