Books Brasil Books

Novidades

[Programação] Filmes em Destaque no Canal Brasil – 17 a 23 de janeiro

SEGUNDA-FEIRA, 17 DE JANEIRO

Fala Comigo (2017) (92’)
 

Horário: segunda, dia 17/01, às 19h45
Classificação: 14 anos
Direção: Felipe Scholl

Sinopse: Diogo (Tom Karabachian) é um jovem de 17 anos que se excita ligando para as pacientes da sua mãe, a psicóloga Clarice (Denise Fraga). Certo dia, ele liga para Ângela (Karine Teles), uma mulher de 43 anos que acaba de enfrentar uma separação traumática, capaz de afunda-la numa crise depressiva. Ansiosa pelo retorno do cônjuge, atende esperançosa e conversa, sem retorno, com o jovem como se fosse o marido. Como encontra retorno do outro lado da linha, Diogo passa a ligar com frequência para Ângela, que logo descobre que ele é o autor das misteriosas chamadas – a revelação da identidade do responsável pelos telefonemas abre espaço para uma série de questionamentos morais sobre a conduta de todos os personagens do filme.


TERÇA-FEIRA, 18 DE JANEIRO

King Kong en Asunción (2019) (91’)
 

Horário: terça, 18/01, às 23h25
Classificação: 16 anos
Direção: Camilo Cavalcante

Sinopse: Um velho matador de aluguel cometeu o seu último assassinato e está escondido na Bolívia. Após meses isolado, ele viaja para o interior do Paraguai para tentar conhecer sua filha.


QUARTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO

Encarcerados (2019) (74’)
 

INÉDITO E EXCLUSIVO

Horário: quarta, 19/01, às 21h
Classificação: 14 anos
Direção: Fernando Grostein Andrade, Pedro Bial e Claudia Calabi

Sinopse: Oito prisões brasileiras e uma realidade que não se lê nas páginas de jornal. O documentário costura entrevistas de funcionários das penitenciárias de SP e seus familiares para retratar a vida no sistema carcerário.


QUINTA-FEIRA, 20 DE JANEIRO

Salve Geral (2009) (120’) 
 
 

Horário: quinta, dia 20/01, às 22h15

Classificação: 16 anos

Direção: Sérgio Rezende

Sinopse: Lúcia é uma professora de piano que vê o filho adolescente ser preso após se envolver num acidente de carro. Atrás das grades, o jovem toma partido de um grupo de presidiários chamado Comando. A mãe, que em suas visitas ao presídio acompanha o cotidiano do filho, logo passa a fazer parte daquele mundo. Com a interferência da advogada do Comando, Lúcia aos poucos se transforma em peça-chave de um jogo perigoso. História inspirada nos ataques orquestrados pela facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) no fim de semana do Dia das Mães, em 2006.


SEXTA-FEIRA, 21 DE JANEIRO

Bicho de Sete Cabeças (2001) (90’)
 

Horário: sexta, 21/01, às 19h25
Classificação: 14 anos
Direção: Laís Bodanzky

Sinopse: O relacionamento entre Wilson e seu filho Neto está cada vez pior. A situação entre os dois está prestes a chegar ao seu limite, quando o pai decide internar o filho em um manicômio, onde o rapaz enfrenta condições terríveis de tratamento.


SÁBADO, 22 DE JANEIRO

Ferrugem (2018) (99’) 
 
 

Horário: sábado, 22/01, às 20h35
Classificação: 14 anos
Direção: Aly Muritiba

Sinopse: Tati (Tifanny Dopke) é uma adolescente comum e, assim como as demais amigas de sua idade, adora compartilhar sua rotina nas redes sociais. Em uma viagem com os colegas da classe, ela começa um flerte com Renet (Giovanni de Lorenzi), um menino reservado, filho de Davi (Enrique Diaz), um dos professores do colégio em que estuda. Após o primeiro e esperado beijo com o rapaz, a jovem percebe ter perdido o celular e, mesmo após esforços coletivos, não o recupera. Alguém, no entanto, encontrou o aparelho e divulgou um vídeo íntimo da jovem gravado com o ex-namorado. Rapidamente, sem qualquer pista de como tudo ocorreu, a protagonista percebe que todos os discentes do lugar assistiram à filmagem, começando uma onda de bullying espalhada com a costumeira velocidade dos conteúdos na grande rede.


DOMINGO, 23 DE JANEIRO

Flores Raras (2013) (118’) 
 

Horário: domingo, 23/01, às 22h30
Classificação: 14 anos
Direção: Bruno Barreto

Sinopse: 1951, Nova York. Elizabeth Bishop (Miranda Otto) é uma poetisa insegura e tímida, que apenas se sente à vontade ao narrar seus versos para o amigo Robert Lowell Treat Williams). Em busca de algo que a motive, ela resolve partir para o Rio de Janeiro e passar uns dias na casa de uma colega de faculdade, Mary (Tracy Middendorf), que vive com a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares (Glória Pires). A princípio Elizabeth e Lota não se dão bem, mas logo se apaixonam uma pela outra. É o início de um romance acompanhado bem de perto por Mary, já que ela aceita a proposta de Lota para que adotem uma filha.




Nenhum comentário