Books Brasil Books

Novidades

[Programação] Filmes em Destaque no Canal Brasil – 10 a 16 de janeiro

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE JANEIRO

O Segredo de Davi (2018) (118’)
 

Horário: segunda, 10/01, às 19h25
Classificação: 16 anos
Direção: Diego Freitas

Sinopse: Davi (Nicolas Prattes) é um jovem voyeur, que adora filmar os outros sem ser percebido. Um dia conhece Jonatas (André Hendges), mais velho que ele, que está na mesma turma da faculdade por cursá-la como eletiva, para o mestrado. Davi sente um estranho fascínio pelo novo colega e, após uma conversa macabra, decide ele mesmo eliminar pessoas que considera dispensáveis. Sua primeira vítima é uma vizinha (Neusa Maria Faro), que mal fala com as pessoas. Ao matá-la, Davi é surpreendido com o súbito reaparecimento dela, revelando que há algo por trás dos atos do agora serial killer.

TERÇA-FEIRA, 11 DE JANEIRO

Synonymes (2018) (122’) 
 

Horário: terça, 11/01, às 22h
Classificação: 18 anos
Direção: Nadav Lapid

Sinopse: O israelense Yoav chega a Paris esperando que os franceses o salvem da loucura de seu país. Determinado a extinguir suas origens, ele abandona a língua hebraica e se esforça para encontrar uma nova identidade.

QUARTA-FEIRA, 12 DE JANEIRO

Amarelo Manga (2003) (100’)
 

Horário: quarta, 12/01, às 23h25
Classificação: 18 anos
Direção: Claudio Assis

Sinopse: Recife serve de cenário para uma sucessão de curtas histórias: um açougueiro que, apesar de louvar sua mulher evangélica, mantém uma amante; a fascinação de um necrófilo pela dona de um bar; e um homossexual que sonha em conquistar o açougueiro.

QUINTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO

Flores Raras (2013) (118’)
 

Horário: quinta, 13/01, às 20h30
Classificação: 14 anos
Direção: Bruno Barreto

Sinopse: 1951, Nova York. Elizabeth Bishop (Miranda Otto) é uma poetisa insegura e tímida, que apenas se sente à vontade ao narrar seus versos para o amigo Robert Lowell (Treat Williams). Em busca de algo que a motive, ela resolve partir para o Rio de Janeiro e passar uns dias na casa de uma colega de faculdade, Mary (Tracy Middendorf), que vive com a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares (Glória Pires). A princípio Elizabeth e Lota não se dão bem, mas logo se apaixonam uma pela outra. É o início de um romance acompanhado bem de perto por Mary, já que ela aceita a proposta de Lota para que adotem uma filha.

SEXTA-FEIRA, 14 DE JANEIRO

Um Animal Amarelo (2020) (118’)
 

Horário: madrugada de sexta (14/01) para sábado (15/01), à 0h15
Classificação: 14 anos
Direção: Felipe Bragança

Sinopse: Fernando, um cineasta brasileiro falido, mergulha em uma jornada entre Brasil, Portugal e Moçambique, em busca de pistas sobre o passado violento de seu avô. Uma tragicômica fábula tropical.

SÁBADO, 15 DE JANEIRO

Fim de Festa (2020) (100’)
 

Horário: sábado, 15/01, às 22h15
Direção: Hilton Lacerda
Classificação: 16 anos

Sinopse: Os baianos Breno (Gustavo Patriota) e Penha (Amanda Beça) conhecem Ângelo (Leandro Villa) e Indira (Safira Moreira) no carnaval do Recife. A alegria dos cinco dias de festa, no entanto, traz uma má notícia justamente no fim; o pai de Breno (Irandhir Santos), de mesmo nome, é um policial civil responsável por apurar o brutal assassinato de uma turista francesa morta a pauladas nas ruas da capital pernambucana. Além de lidar com os amigos do filho na própria casa, o inspetor se depara com vestígios afetivos enquanto investiga o crime.

DOMINGO, 16 DE JANEIRO

Divino Amor (2019) (101’) 
 

Horário: domingo, 16/01, às 22h15
Classificação: 18 anos
Direção: Gabriel Mascaro

Sinopse: O Brasil vive uma nova era em 2027. O carnaval foi substituído por festas gospel. A tecnologia avançou para possibilitar um estado hi-tech, mas os fins dados ao progresso são temerosos. Agora, scanners são capazes de dizer o estado civil de uma pessoa, existem exames expressos de DNA e igrejas em estilo drive-thru. A burocracia neopentecostal e suas incoerências estão representadas na figura de Joana (Dira Paes), uma funcionária pública que utiliza seu trabalho para convencer casais que desejam o divórcio a continuarem juntos. O casamento com Danilo (Julio Machado) é perfeito, exceto pela falta de um filho que, apesar de diversas tentativas, teima em não vir. A fé de ambos, no entanto, sofre um golpe duro quando o casamento entra em crise e as novas liturgias são questionadas.



Nenhum comentário