Novidades

[News] "Axé 90 Graus", o melhor do Axé Music

Três grandes nomes da Axé Music se reúnem num dos maiores projetos musicais do Brasil: o "Axé 90 Graus". Com direito a uma turnê de um ano, que passará pelo Brasil inteiro, o novo projeto será comandado por Tatau, que ficou à frente do Araketu por mais de 24 anos, Reinaldinho, a voz do Terra Samba por quase duas décadas, e Ninha, que emprestou sua voz e talento por mais de 15 anos ao Timbalada.
O 'Axé 90 Graus' tem como principal objetivo resgatar valores do axé music, uma das grandes febres musicais nacionais entre os anos de 1990 e 2000, e levar, para todo país, as vozes incomparáveis de três reis do carnaval baiano. O projeto vem em um momento especial ao ritmo, já que, nos últimos anos, o axé passou a ser novamente muito adorado e encher as casas noturnas do Brasil.
As apresentações do projeto serão especiais e repletas de hits dos três cantores. Não faltarão sucessos como "Amantes", "Tá na cara", "Pipoca" e "Cobertor", de Tatau, "Carrinho de mão", "Na manteiga" e "Liberar Geral", de Reinaldinho, "Beija Flor", "Água Mineral" e "Mimar Você", do Timbalada. E o maior diferencial do 'Axé 90 Graus' é que os artistas tocarão as músicas mais famosas, cantarão juntos e farão versões novas para grandes clássicos.
Os cantores: A visibilidade de Tatau, à frente da banda Araketu, lhe rendeu diversos prêmios. Foram cerca de 24 anos comandando o grupo em micaretas, shows internacionais, programas de televisão. Com seu nome já consolidado, o cantor seguiu para carreira solo e continua compondo, cantando, animando apresentações e firmando mais parcerias com artistas consagrados. Com muitas influências da música tipicamente baiana, o cantor aposta também no estilo romântico, e leva aos palcos muita alegria e energia positiva.
Na década de 90, o pagode baiano ganhava projeção nacional, com músicas de coreografia ensaiada e, neste cenário, o nome Reinaldinho se destacava cada vez mais. Ao lado dos companheiros da banda Terra Samba, o cantor lançou sucessos como “Carrinho de Mão” e “Na Manteiga” e ficou no topo das paradas, colaborando para a marca de três milhões de discos vendidos.
Com um timbre vocal inconfundível, Ninha atuou por 15 anos na Timbalada, também se apresentando em todo o território nacional e em vários países do exterior. Após sua saída, em 2006, formou e liderou a Banda Tribahia, projeto que existiu apenas por um ano, mas que fez grande sucesso por onde passou. Atualmente é líder da Banda Trem de Pouso, uma proposta musical que mistura ritmos baianos, africanos e latino-americanos.
Por Leonardo Alves

Nenhum comentário