[Crítica Musical] Golden Hour


Kacey Musgraves foi uma descoberta tardia para mim esse ano, mas com certeza foi arrebatadora. Com seu terceiro álbum de estúdio, “Golden Hour”, Kacey entrou para a lista dos melhores álbuns que eu ouvi em 2018 – e nem precisei pensar muito para incluí-lo na lista.
A cantora explora uma sonoridade que vai do country ao folk-rock, molhando os pés no pop aqui e ali. Sua sonoridade é poética e coesa, explorando ao máximo todas as vertentes citadas anteriormente,e unindo-as, fazendo com que coexistam de forma harmoniosa e criem um estilo próprio para Musgraves. O lado country segue um pouco do estilo anos 2000, quando o country ressurgiu ao mainstream; o pop usa, em dados momentos sintetizadores e batidas mais dançantes, como na faixa “High Horse” e “Oh, What a World”. Contudo, é tudo muito comedido, sutilmente adicionados nas faixas, sem os exageros comuns das musicas comerciais.
O que mais me chama atenção nesse álbum são as letras, extremamente sentimentais e poéticas, cheias de poder e um lirismo cativante. Musgraves consegue transformar os sentimentos, por mais confusos e complexos, em letras de extrema sensibilidade, cheias de metáforas e poesia; isso, unido a sua voz doce, funciona quase como uma hipnose. “Slow Burn” é, sem dúvidas, a minha faixa favorita do álbum: para mim é completa em todos os quesitos, onde todas as camadas se conectam e se completam perfeitamente.
O álbum é uma composição que olha para dentro de si mesmo – nesse caso, para dentro da própria Kacey -, e a utilização de instrumentos de corda, acústicos, e uma sonoridade que nos remete a uma intimidade meio bucólica, meio “casa no campo”, faz com que ouvir esse álbum se torna uma experiencia de quase conversa, ou leitura de um diário que nos foi confiado. “Mother” é uma das mais tocantes, e a mais curta do álbum – o que combina com a letra, que passa a ideia de aproveita o tempo enquanto podemos, pois tudo passa rápido, e só nos restará, ao fim, a saudade.
Golden Hour” é um álbum que resgata a simplicidade musical, unindo o melhor das influências musicais das últimas duas décadas para criar um projeto extremamente limpo e coeso, apaixonante e uma sonoridade acústica viciante - o que está raro no cenário moderno e digital atual.
E vale lembrar: "Golden Hour" foi indicado a "Álbum do Ano" e "Melhor Álbum Country" no Grammy Awards 2019.

Tracklist:

  1. Slow Burn
  2. Lonely Weekend
  3. Butterflies
  4. Oh, What a World
  5. Mother
  6. Love Is a Wild Thing
  7. Space Cowboy
  8. Happy & Sad
  9. Velvet Elvis
  10. Wonder Woman
  11. High Horse
  12. Golden Hour
  13. Rainbow
Kacey Musgraves - Butterflies (Official Music Video)

Music video by Kacey Musgraves performing Butterflies. 
© 2018 UMG Recordings, Inc.

Postar um comentário

0 Comentários