12 outubro 2018

[News] Ouça agora "Christmas Party", primeiro projeto temático do The Monkees

Dedicado às festas de final de ano e primeiro com vocais de Micky Dolez, ao lado de Michael Nesmith e Peter Tork já está disponível em todas as plataformas digitais

The Monkees celebram as festas de final de ano com o primeiro álbum para a temporada, apresentando novos vocais com Micky DolenzMichael Nesmith e Peter Tork. A voz inconfundível do falecido Davy Jones - tirada de gravações antigas - também aparece em duas músicas. O projeto “Christmas Party” está disponível em todas as plataformas digitais.
No “Christmas Party”, The Monkees coloca sua marca vocal inconfundível em uma grande variedade de faixas clássicas de Natal, dos conhecidos R&B de “Merry Christmas, Baby” ao “Wonderful Christmastime” de Paul McCartney e ao clássico de Wizzard “I Wish It Could Be Christmas Every Day”
Depois de dirigir o aclamado álbum de estúdio do The Monkees, “Good Times!”, em 2016, Adam Schlesinger, compositor vencedor das mais aclamadas premiações do cenário fonográfico, o Grammy e o Emmy, reprisa seu papel como produtor no projeto “Christmas Party”. Todas as 13 músicas do álbum foram gravadas este ano, com “Silver Bells” e “Mele Kalikimaka” usando os vocais clássicos de Davy Jones dos arquivos combinados com as músicas recém-gravadas.
Assim como em “Good Times!”, “Christmas Party” traz músicas recém-escritas para a banda por um grupo de compositores talentosos, incluindo Rivers Cuomo do Weezer ("What Would Santa Do") e Andy Partridge, do XTC, ("Unwrap You At Christmas"). Schlesinger e océlebre autor Michael Chabon se uniram para escrever “House Of Broken Gingerbread”. O guitarrista Peter Buck, do R.E.M., e Scott McCaughey, do The Minus 5, tocam em duas faixas - um cover de "Jesus Christ", do Big Star, e a faixa-título do álbum, que eles escreveram juntos.
“Christmas Party” também inclui duas músicas com Michael Nesmith nos vocais, sendo que cada uma das faixas foi produzida por um de seus filhos. A interpretação do músico no clássico “The Christmas Song” foi produzida por Christian Nesmith enquanto “Snowfall” foi dirigida por Jonathan Nesmith.
Ao longo dos anos, os The Monkees acumularam uma dúzia de hits no Top 40, incluindo um trio de faixas que marcaram, inclusive, o 1º lugar. Entre setembro de 1966 e dezembro de 1967, “Last Train To Clarksville”, “I´m A Believer” e “Daydream Believer” ocuparam coletivamente a primeira posição por 12 semanas. As vendas dos LPs da banda foram ainda mais fenomenais: The Monkees ocuparam a posição #1 por 13 semanas consecutivas e “More Of The Monkees”, se manteve por 18 semanas. Tanto “Headquarters and Pisces” quanto“Aquarius” e “Capricorn & Jones Ltd.” também ficaram no topo das paradas, por um feito incrível de 13 meses. A contagem final: 16 milhões de álbuns e 7,5 milhões de singles vendidos em apenas dois anos e meio.

Confira a tacklist completa de “Christmas Party”:
  1.  “Unwrap You At Christmas”
  2. “What Would Santa Do”
  3. “Mele Kalikimaka”
  4. “House Of Broken Gingerbread”
  5. “The Christmas Song”
  6. “Christmas Party”
  7. “Jesus Christ”
  8. “I Wish It Could Be Christmas Every Day”
  9. “Silver Bells”
  10. “Wonderful Christmastime”
  11. “Snowfall”
  12. “Angels We Have Heard On High”
  13. “Merry Christmas, Baby”

Aperte o play e ouça "Christmas Party" na plataforma digital de sua preferência:

Nenhum comentário

Postar um comentário